O governador Cabral se complica na reeeleição

Tem dito tanta bobagem (ou melhor seria usar a palavra apropriada, BESTEIRA?)que é repreendido até por Picciani, presidente da Alerj. O quadro aqui ficou tumultuado e “evasivo”. Por enquanto só existe vitória na pesquisa.

Segundo turno

Certo mesmo é que ninguém vença imediatamente, precisaria haver nova manifestação do eleitorado. E que este se decida livre e autorizadamente, lembrando que nada, democraticamente, é mais importante do que o voto e a urna.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *