O homem morre uma vez só, mas seu espírito imortal jamais morre

José Reis Chaves
O Tempo

Hebreus 9: 27 é frequentemente repetido por nossos irmãos evangélicos como se ele fosse contrário à reencarnação. Mas seu autor, ao escrevê-lo, nem pensava em reencarnação. Ele apenas fala de sacrifícios e que, assim como o homem do pó morre uma vez só, Jesus, em seu sacrifício na cruz, morreu também uma vez só. É o que demonstra a leitura, na íntegra, desse texto.

Vamos demonstrar, pois, o significado verdadeiro de Hebreus 9: 27, lembrando que Paulo nos adverte para que não façamos interpretações literais da Bíblia. De fato, ela deve ser lida com uma visão crítica e racional. “O qual nos habilitou para sermos ministros de uma nova aliança não da letra, mas do espírito, porque a letra mata, mas o espírito vivifica” (2 Coríntios 3: 6).

Aliás, Kardec nos dá também instrução semelhante a essa paulina, recomendando-nos que a nossa fé seja raciocinada.

ENTRE OS JUDEUS

Uma parte do judaísmo, a dos saduceus, não acreditava na imortalidade do espírito após a morte do corpo. E não criam também em ressurreição, anjos e espíritos (Atos 23: 8).

Os judeus que admitiam a vida espiritual não sabiam o que era espírito ou alma, confundindo o corpo com o espírito e ignorando qual dos dois ressuscitava. Daí que Paulo dedica um texto grande para explicar o que é a ressurreição, e ensina que ela é do espírito ou corpo espiritual e não do corpo físico (1 Coríntios 15: 44). E se orientou pelo ensino de Jesus, que demonstra também que ela é do espírito. “O espírito é o que vivifica; a carne para nada aproveita” (João 6: 63). “Porque na ressurreição nem casam, nem se dão em casamento; são, porém, como os anjos nos céus” (Mateus 22: 30). Realmente, os anjos (mensageiros) não têm corpo.

Como se vê, o que ressurge, surge de novo ou ressuscita é sempre o espírito, e não o corpo que veio do pó e volta para o pó. “E o pó volte à terra, como o era, e o espírito volte a Deus que o deu” (Eclesiastes 12: 7; e Gêneses 3: 19). Ao desencarnar, o espírito é julgado no tribunal de Cristo, recebendo a sentença do seu carma do bem e do mal praticados durante a vida (2 Coríntios 5: 10). Mas não é o fim, pois o espírito continua o seu ciclo de reencarnações, daí que existe também o juízo final.

NA ÉPOCA DE JESUS

Na visão antropológica semítica da época de Jesus e dos apóstolos, o homem era visto de modo meio materialista, principalmente pelos saduceus, como já dissemos, os quais acreditavam só no chamado “homem exterior” de são Paulo. Mas como Paulo era espiritualista, ele admitia também, é claro, o “homem interior” ou espírito imortal que dá vida ao “homem exterior”, material e mortal (2 Coríntios 4: 16).

Assim, quando Hebreus 9:27 fala que o homem morre uma vez só, é óbvio que ele se refere exclusivamente ao “homem exterior” carnal, e jamais ao “homem interior”, ou espírito do homem, espírito esse que apenas sai do homem que morre e volta para o mundo espiritual donde ele veio para reencarnar, vivificando outro “homem exterior”, que, quando morre, morre mesmo bem morrido e, pois, uma vez só, já que volta definitivamente à natureza de seu pó que ele é em sua essência.

E é sempre o espírito ou “homem interior” que ressuscita, ressurge, surge de novo ou reencarna noutro “homem exterior” mortal que nasce, quando se repete, então, a ressurreição do espírito “na carne”, e não “da carne”!

7 thoughts on “O homem morre uma vez só, mas seu espírito imortal jamais morre

  1. Sr. Carlos Newton,
    Peço permissão, mais uma vez, para reaparecer em seu BLOG. Não tenho a menor intenção de convencer ninguém nem doutrinar. Os 60 mil Infernos descritos nos Sutras Budistas comportam a todos que o queiram. A minha função na Terra como BODHISATTVA DA TERRA do Verdadeiro Budismo é destruir a Escuridão Fundamental de toda a humanidade. Daí, o meu BLOG. A Doutrina Verdadeira no Budismo, somente foi descrita nos últimos oito anos do Buda: Sutras Muryogui(introdutória), SUTRA DE LÓTUS(principal), Nirvana e Fuguem(epílogo), quase desconhecidas no Ocidente. CONFÚCIO declarou “que não haviam eruditos ou sábios em seu país(China), mas que na terra do ocidente(Índia) havia alguém chamado BUDA , que seria sábio” – (GoshoZenshu).
    O Sr. JOSÉ REIS CHAVES está equivocado sobre a Lei do Renascimento e Morte. O Buda NICHREN DAISHONIN afirmou que já tivemos mais pais e mães do que o grãos de areia do Rio Ganges(Gosho Zenshu). E vamos continuar renascendo até atingirmos à ILUMINAÇÃO, nem que para isso leve um quatrilhão de Kalpas. O articulista parece desconhecer os Seis Céus do Mundo Tríplice(para onde vão as almas, egos ou espíritos – “salvos”; Céus do Mundo da Forma(Deuses) e NIRVANA(Budas). Dessas Verdades seu Ensino nada sabe, mas a culpa não é dele. As Doutrinas TAOÍSMO, CONFUCIONISMO, BRAMANISMO, BUDISMO PROVISÓRIO(Hinayana/Mahayana), CRISTIANISMO( de qualquer facção), ISLAMISMO, entre todas, SÃO ENSINOS PROVISÓRIOS, e só conhecem os SEIS BAIXOS MUNDOS DA EXISTÊNCIA. Os CÉUS TUSHITA( só para Deuses e NIRVANA(só para BUDAS), aquelas Doutrinas nada sabem, por conhecerem, somente, até o MUNDO TRÍPLICE. O Corpo é o cascão da alma(ego ou espírito); o espírito(alma ou ego) é o cascão da mente e a mente é o cascão do CORPO DO DHARMA. Na hierarquia Cósmica, temos: ESTADO DE DEMÔNIO, ESTADO DE NÃO HUMANO, ESTADO DE HUMANO, ESTADO DE SANTO E APÓSTOLO, ESTADO DE DEUS e ESTADO DE BUDA. Essa é a hierarquia correta! Jesus era um Apóstolo. Os ocidentais só conhecem, praticamente, a Bíblia e ficam dizendo que Jesus é Deus, é o Senhor, é o Criador do céu e da Terra, é o Todo Poderoso, é o Rei dos Reis, é o Altíssimo, etc. Entretanto, segundo sua própria Doutrina, quando Jesus foi preso e interrogado por HERODES – NEGOU QUE ERA DEUS!. Esses são os ensinos do BUDA. Acredite ou recuse, mas não calunie! Segundo os Sutras, todo aquele que hostilizar os Ensinos do Buda cairá no Inferno após a morte. Quem morrer, verá!

  2. No âmbito dos Estudos Literários consideramos, respeitosamente, os Livros Sagrados de todas as Religiões como Obras de Arte Literárias, então, por exemplo, posso ler a Bíblia como um Romance, os Hinos do Rig Veda do Brahmanismo como Poesias, os Sutras Budistas como fruto da Literatura Oral etc.

    Repito Respeitosamente Reverenciando o Sagrado em suas Diferentes “formas e conteúdos” para citar outro conceito que aprendemos nas Faculdades de Letras.

    Deste modo, citando Lutero: “todo homem tem o Direito de interpretar a Bíblia”, digamos foi o Reformador Alemão quem “descobriu” a Hermenêutica – Ciência das Interpretações.

    Em tempo: na qualidade de budista, aceito o Renascimento que no Ocidente muitos chamam de Reencarnação, inclusive alguns livros do Dalai Lama consta o termo “reencarnação” e o filme O Pequeno Buda idem…

  3. Sr. José Reis, o “homem, realmente só morre uma vez, pois, como matéria, está sujeito a suas leis, mas, a “alma” criada por DEUS, é “IMORTAL”, dá a vida à matéria biológica, e a “USA” em seu caminhar na estrada do “Progresso”, até chegar ao “poder do raciocínio”, e a ALMA RECEBE O TITULO DE ESPÍRITO, PORTANTO À ESSÊNCIA DIVINA, PASSA A TER “CONSCIÊNCIA E LIVRE ARBÍTRIO” E RESPONDE POR SUAS AÇÕES NO BEM OU NO MAL, AÍ ESTÁ O “FENÔMENO” DA REENCARNAÇÃO, DESCRITA POR JESUS, DE FORMA CLARA E CONTUNDENTE, NA CONVERSA COM O DR. DA LEI NICODEMOS, e os ensinos a “Cada um segundo suas obras e Pagarás até o ultimo ceitil” e “nenhuma ovelha de meu Pai se perderá”, esclarecem os enigmas da vida, bastando não ter preconceito, usando o raciocínio, a razão e a lógica.
    Sr. Reis, aqui no BLOG, foi publicado, uma frase de GANDHI, que reconhece JESUS, como o MAIOR BENFEITOR DA HUMANIDADE, mas que seus seguidores, não vivem seus ensinos, Gandhi, Hinduista, dá prova sobre Jesus, e vive seus ensinos de “Amor fraterno” para a humanidade, enquanto, a verdade que ele declara, é VERDADEIRA: “Materializaram os ENSINOS DE JESUS, O CRISTO, após, o Pacto do Concilio de Niceia nos anos 300, enterrando as VERDADES DO ESPÍRITO ENSINADAS NAS PARÁBOLAS DE SEU EVANGELHO, QUE NOS FALA DE UM PAI MISERICORDIOSO, QUE NOS DÁ A REENCARNAÇÃO, PARA SERMOS OS FILHOS PRÓDIGOS A CADA PATERNA.
    DEUS É PAI, JESUS, NOSSO IRMÃO MAIOR, QUE JÁ ALCANÇOU A CASA PATERNA, E VEIO NOS MOSTRAR O “CAMINHO”, QUE TEMOS DESPREZADO, E O RESULTADO AÍ ESTÁ, DESFRATERNIDADE, E ADORAÇÃO À MATÉRIA PERECÍVEL.
    JESUS, EU SOU O CAMINHO, A VERDADE E A VIDA, E NINGUÉM VAI AO PAI A NÃO SER POR MIM, ELE NOS DEU O CÓDIGO DA VIDA, O EVANGELHO DE AMOR, E TEMOS DESPREZADO ATRAVÉS DOS SÉCULOS, O DEUS MISERICORDIOSO VIVENDO O VELHO TESTAMENTO DE UMA DEUS RANCOROSO E PARCIAL.
    Conforme Gandhi, estudar o Evangelho de Jesus, e exemplificá-lo, é o Caminho de nossa Redenção Espiritual.
    Os condutores de almas, que pregam à mentira, estão assumindo as trevas para suas almas, e futuras reencarnações com muito sofrimento e DOR, pelos desvios dessas almas em caminhar à passos largos, para à REDENÇÃO ESPIRITUAL.
    ‘EU NÃO VIM DESTRUIR À LEI, MAS CUMPRI-LA”, REFERIA-SE A LEI RECEBIDA POR MOISÉS NO MONTE SINAI, REFERENDANDO-A, E MAIS NADA DO VT, POIS, SEUS ENSINOS E EXEMPLOS, CONTRARIAM UM “UM DEUS DE AMOR PARA NÓS.

  4. Após a morte segue-se o juízo!
    Com todo respeito a religião espirita. Mas lembre-se quando saul foi consulta uma médio a fim que essa entra-se em contato com o profeta Samuel. E Deus permitiu que um demônio se passa-se por Samuel ir fala-se com ele. Lembre-se são bilhões de demônios que acompanham todos os seres humanos , por isso eles sabem do nosso dia e se passam pelos nossos entes queridos que já faleceram. Tudo e decidido aqui em vida. Lembrem das palavras de jesus : Aquele que crer será salvo ,aquele que não crer já está condenado. Um abraço!

    • Caro amigo, Espiritismo não é Religião, é Filosofia e Ciência, e sua parte MORAL é fundamentada na MORAL e INFORMAÇÕES, DE JESUS, O CRISTO, DE SEU EVANGELHO, COMO CÓDIGO DA VIDA, COMO BÚSSOLA, A APONTAR O NORTE:DEUS, E NÃO UMA RELIGIÃO CRIADA PELOS HOMENS, MAS…SE QUISERMOS CHAMAR ASSIM, TUDO BEM, MAS DOS ESPÍRITOS DOS CHAMADOS MORTOS, TANTO QUE SUA “PEDRA FUNDAMENTAL É O”LIVRO DOS ESPÍRITOS”, ISTO É: AS INFORMAÇÕES CIENTÍFICAS É DELES E A PARTE MORAL É DE JESUS, PORTANTO UMA FILOSOFIA E CIÊNCIA CRISTÃ, QUE RECOMENDA RESPEITAR O PRÓXIMO FRATERNALMENTE.
      A RELIGIÃO que prega e exemplifica o amor fraternal, e busca moralizar a vida de relação entre as criaturas, merece de todos o “devido respeito e consideração”, pois, cada um tem seu poder de compreensão.
      A época do “CRER OU MORRER”, já morreu, pela evolução MORAL do homem.
      Nós do chamado Mundo Cristão, temos que estudar o Evangelho de Jesus, com sua parábolas informativas de um DEUS JUSTO E MISERICORDIOSO, é o Código da vida.
      Que DEUS se apiede de nossa Humanidade, que em seu NOME, destroem à VIDA.

  5. É inacreditável que homens supostamente cultos, vivendo em pleno século XXI, percam seu tempo debatendo textos escritos há milênios e direcionados para outras realidades que não a atual, discutindo sobre qual deus é mais bonito, qual o espírito que encarna mais vezes, quais as doutrinas mais verdadeiras e por aí afora, como se já não bastassem os problemas sérios que temos que enfrentar na dita “vida terrena”.

    Religiões, quando encaradas dessa maneira, longe de serem caminhos para uma vida melhor, não passam de rotas de fuga da realidade, com o agravante da visível disputa pela primazia só levar a desentendimentos cada vez mais acentuados entre os homens, que parecem que não aprenderam nada com a História da Humanidade.

  6. Se o Buda Nischren Daishonin, que pelo nome nao se perca, garante que tive mais pais e maes do que graos de areias do Rio Ganges, entao ao longo dos seculos tive mais filhos que os conhecidos do Chico Anysio e do Martinho da Vila juntos, incluindo o mulheril de todas as cores, de varias idades, de muitos amores e atrevidas deste ultimo. Nao deixa de ser um consolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *