O Internacional ganhou a Libertadores, foi eliminado do título internacional

Helio Fernandes

No sábado, quando o campeão africano (Mazembe, do Congo) derrotou o Pachuca, do México, franco favorito, escrevi aqui: “O Internacional torceu para os africanos vencerem os mexicanos, já se arrependeu”. Vi o jogo do Mazembe, era muito melhor.

Pois hoje esse Mazembe eliminou o time gaúcho, sem muita dificuldade. Os locutores diziam: “É a maior zebra da competição em toda a história”. Não devem ter visto o jogo anterior dos africanos.

Com 26 minutos do segundo tempo, fizeram 1 a 0, o Internacional precisava de um gol para a prorrogação. Aos 40, o Internacional só ia para a prorrogação com 2 gols.

O jogo acabou e o time do Rio Grande do Sul não fez gol algum. O técnico Celso Roth, desesperado, não sabia se pedia demissão em Abu Dhabi, ou viajava 21 horas para ser demitido em Porto Alegre.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *