O Lava-Bife lulôôooo!!!

Foto

Com o fim da ditadura Vargas, Washington Luiz volta do exílio

Sebastião Nery

Com o fim da ditadura de Vargas em 1945, o ex-Presidente Washington Luiz voltou do longo exílio. Veio de navio, foi recebido na Praça Mauá por uma multidão emocionada. Saudou-o o general Euclides de Figueiredo, da Revolução Constitucionalista de São Paulo, pai do escritor Guilherme de Figueiredo e do general João Baptista de Figueiredo.

Depois do discurso, Washington Luiz entrou em um carro aberto e saiu desfilando pela Avenida Rio Branco, lotada de gente. A seu lado, o general Alcio Souto, Chefe da Casa Militar do então Presidente Dutra.

Na esquina da Presidente Vargas, o jovem líder estudantil e jornalista baiano Nilson de Oliva César, o “Pixoxó”, do “Diário Trabalhista”, totalmente de porre, pulou no carro de Washington Luiz e começou a gritar:

– Viva! Vivôôô!!! Viva!!! Vivôôô!!!

O velhinho ex-presidente, a barba toda branca e o terno preto, sorria manso e passava a mão na cabeça de Nilson. De repente, outras pessoas começaram a subir também no carro aberto. E Nilson gritando:

– Vivaaa!!! Vivôôôô!!! Vivôôoo!!!

Na esquina de Almirante Barroso, o carro não resistiu ao peso e parou. O general Alcio Souto mandou os caronas todos saírem:

– Desce todo mundo, exceto o neto.

O falso ‘neto’ era Nilson, de porre, gritando Vivôôôô!

FRIBOI

Como no brinquedo “Chicotinho Queimado”, está esquentando o escândalo do BNDES com a “Friboi”. Quem levantou a lebre foi o Tribunal de Contas, que pediu ao BNDES informações sobre o empréstimo de 7 bilhões e meio à “Friboi”. O BNDES, atrevidamente, respondeu que nada tinha a responder porque o “sigilo bancário” o obrigava ao segredo.

O BNDES, como o Banco do Brasil, a Caixa, o Banco do Nordeste, são públicos, submetidos à fiscalização do Tribunal de Contas, Polícia Federal, Procuradoria da Republica, Controladoria da União. Convocado, o ministro Fux, do Supremo, determinou que o BNDES entregasse tudo.

Essa história da Friboi com o BNDES é uma Lulada, uma Frilula, uma Frilulinha. Está apenas começando. Vem aí uma CPI, uma Lava-Bife.

MARSHALL

Leio um texto como sempre brilhante e lúcido do economista e professor Helio Duque, baiano-paranaense, três vezes deputado federal, sobre o ultimo relatório da Petrobrás, que começa a sair do abismo do PT.

O Plano Marshall, programa implantado na Europa depois da II Guerra Mundial, de 1945 até 1951, sob o comando do general americano George Marshall, para salvar a Europa estraçalhada pelos bombardeios, teve o custo de 13 bilhões de dólares. Atualizando aqueles valores para os dias atuais, equivaleria a 110 bilhões de dólares, dois terços investidos na reconstrução da infraestrutura da Alemanha Ocidental, ancorados em reforma monetária estabilizadora, executada pelo notável economista Ludwig Erhard, ministro da Economia e criador da economia de mercado social, foi base fundamental para o reerguimento da Alemanha, até hoje.

PETROBRÁS

  1. – No balanço, a Petrobrás registrou dívida líquida de 332 bilhões de reais. Em dólares, equivale ao montante dos recursos aplicados pelo Plano Marshall na reconstrução europeia. No “Relatório da Administração e Demonstrações Contábeis Auditadas” de 2014, os números são impressionantes. Os ativos imobilizados têm valor de 580 bilhões de reais.
  2. – Os financiamentos para amortização do endividamento têm escala variável de 1 a 5 anos, sendo aproximadamente 80% em dólar. Os investimentos temerários são citados, dentre outros o das refinarias Premium I (no Maranhão) e Premium II (no Ceará), projetos desativados por serem inviáveis, representando prejuízo de 2.825 bilhões.
  3. – No Japão, a refinaria de Okinawa, comprada na gestão Gabrielli, com capacidade para processar 100 mil barris/dia, vai ter suas atividades encerradas por inviabilidade econômica. A refinaria de Passadena no Texas, não merece considerações. Outros investimentos desastrosos são mencionados, destacadamente as investigações na operação da lava jato.
  4. – O relatório destaca: “Ao longo de 61 anos, construímos uma trajetória de superação de desafios, tornando-nos líderes mundiais em tecnologia para exploração e produção em águas profundas e ultraprofundas onde estão cerca de 90% das nossas reservas”.

PETISMO

A indiscutível competência técnica dos profissionais de carreira é responsável e construtora dessa Petrobras que orgulha os brasileiros, infelizmente levada a viver o inferno astral que estamos assistindo.A sua ressurreição ocorrerá nos anos próximos, se a interferência descabida e incompetente do governo Dilma não atrapalhar,impedindo o aparelhamento da estrutura administrativa como empreguismo terceirizado.

A nova diretoria descobriu estarrecida que o setor de comunicação, dirigido por 12 anos pelo sindicalista Wilson Santarosa (já demitido), tinha 1.146 funcionários contratados. No Banco do Brasil, o setor tem 105 servidores; na Vale, são 46.É o retrato do empreguismo irresponsável.

17 thoughts on “O Lava-Bife lulôôooo!!!

  1. Só com propina o prejuízo contabilizado foi de R$6,194 bilhões (contabilizados como baixa de gastos adicionais capitalizados indevidamente).

    Mais R$44,636 bilhões de baixa de ativos (impairment) decorrente da capitalização indevida de ativo imobilizado oriunda do esquema de pagamentos indevidos, ou seja, superfaturamento.

    Ainda temos, baixas dos valores relacionados à construção das refinarias Premium I e II (R$ 2,825 bilhões), provisão para abandono de áreas (R$ 1,128 bilhão) e provisão para abandono de áreas (R$ 1,128 bilhão). Estes decorrentes, também, de má gestão, ou gestão temerária.

    A empresa está extremamente endividada e 82,3% do montante da dívida é em moeda externa o que implica dizer que a desvalorização cambial do momento é prejudicial à empresa.

    O endividamento líquido da Petrobras segundo o último balança trimestral de 2015 em reais aumentou 18% em relação a 31.12.2014, em decorrência do impacto da depreciação cambial de 20,8%.

    Além do mais a capacidade de gerar receita e, consequentemente lucro, encontra-se abaixo do ponto de equilíbrio do fluxo de caixa que fechou 2014 negativo em R$24,967 bilhões, dada a necessidade de manutenção dos investimentos necessários para a exploração do pré-sal.

    A empresa, até agora, está se mantendo em pé por conta dos financiamentos obtidos e não com as próprias pernas.

    Só que o nível de endividamento está caminhando célere para um quadro de insolvência. É questão de pouco tempo, talvez até o final da gestão de Dilma.

    Para sair desse quadro a solução, talvez, seja mesmo a transferência de recursos do Tesouro para a empresa.

    Mas… e o necessário ajuste fiscal com a necessidade de diminuir o endividamento público. Como fica?

    Divisão do endividamento por moedas:

    MOEDA……………………………………VALOR (bilhões)
    ————————————————————————
    Reais……………………………………..R$63,223
    Dólar……………………………………..R$299,087
    Euro………………………………………R$26,853
    Outras moedas………………………R$11,270
    ————————————————————————-
    Total……………………………………..R$400,433

    Previsão de desembolsos com o endividamento:

    ANO……………………………………….VALOR (bilhões)
    ———————————————————————–
    2015……………………………………..R$29,967
    2016……………………………………..R$38,797
    2017……………………………………..R$37,078
    2018……………………………………..R$54,508
    2019……………………………………..R$75,348
    2020 em diante……………………..R$164,735
    ———————————————————————-
    Total……………………………………..R$400,433

    Fonte: Demonstrações financeiras da Petrobras.

    Ps.: O detalhe, como já disse, é que esse fluxo de desembolsos com a dívida supera a capacidade de gerar lucro da empresa e, por conseguinte, torna o fluxo de caixa negativo, forçando a empresa a ir buscar mais empréstimos para girar a dívida.

      • Pois é, não é à toa que a população está fugindo da poupança. É que que a inflação tornou desvantajoso manter dinheiro na caderneta uma vez que o rendimento previsto para a poupança (7,17%) será inferior ao efeito de corrosão da moeda ocasionado pela inflação (8,39%).

        Desse modo, quem deixar o dinheiro na poupança durante 2015 perderá: [(1,0717/1,0839) – 1 x100 = -1,13% do valor do montante aplicado.

        Melhor retirar o dinheiro e adiantar prestações e ou compras necessárias com abatimento à vista.

    • Amigo WEagner
      Só por este episódio, valeria o pedido de IMPEACHMENT. Claro que precisaríamos contar com um congresso nacional sério, competente e nacionalista.
      Tem dias que me nego a ler matérias, escutar comentários e fazer algum que diga respeito ao que acontece no PODRE PAÍS onde ainda tenho de morar.
      E ainda temos de sustentar a atual classe política!
      Um grande abraço.

    • Pois é, Wagner, quando o fluxo de desembolsos de uma empresa com a sua dívida supera a sua capacidade de gerar lucros e o acionista majoritário não tem recursos próprios para colocar dinheiro na empresa, e não pode conseguir dinheiro emprestado a juros menores para amortizar e diminuir o montante da dívida até que o seu serviço fique compatível com a capacidade de geração de lucros da empresa, a empresa simplesmente… quebrou.
      Pode, no máximo, vender seu patrimônio para tentar cobrir seus débitos.
      O governo brasileiro, acionista majoritário e controlador, quebrou a Petrobrás, patrimônio nacional, e depois tem a caradura de dizer que os que não concordam com ele é que estão querendo prejudicar a empresa.
      E, parafraseando o Professor Raimundo do Chico Anísio, os acionistas minoritários e o povo brasileiro…ó!

      • Pois é, prezado Wilson, tomemos apenas este ano. O lucro anualizado este ano deverá ficar em torno de R$20,0 bilhões.

        Veja que só o desembolso com o endividamento em 2015 é de R$29,967 bilhões. Insuficiente, portanto, a entrada de caixa.

        Veja que não estamos considerando muitos desembolsos, como por exemplo, os desembolsos com os investimentos necessários para a continuidade de extração das reservas do pré-sal e que estão fazendo crescer o passivo exigível da empresa!

        Parece ser que não haverá outra alternativa senão o Tesouro Nacional fazer aporte de capital substancial na empresa.

        Vamos acompanhar os próximos capítulos, já que não nos resta fazer mais nada, mesmo.

        Grande abraço!

  2. Premiada do Marin ???
    ” A ação, até pela reação de Marco Polo Del Nero no episódio, que abandonou o ex-presidente, sem assessoria jurídica nem pessoal, banindo-o (inclusive com retirada do nome da sede) da CBF, será ainda mais facilitada, sem improváveis (mas, antes do ocorrido, possíveis) amarras morais e de lealdade.

    Se confirmada, a delação premiada de Marin (repetimos: sua única alternativa), certamente, terá muito mais eficácia do que a CPI da CBF, que, por mais boa vontade que o Senador Romário e seus aliados possam ter, ainda é um instrumento político, sujeito a interferências, ocultações e inesperados resultados.

    Vale lembrar que Marco Polo Del Nero (principal investigado), sócio de um dos principais líderes do partido do Governo, o Deputado Vicente Cândido, receberia apoio de muitos parlamentares e senadores que, com dinheiro da CBF, ajudou a manter na vida política, e até de alguns inimigos, entre os quais o ex-presidente do Corinthians, Andres Sanches, obviamente desinteressado de possível êxito nas investigações, que podem atingir a interesses maiores do que os do mundo do futebol.
    ( Blog do Paulinho )

    • Poi é… olha o absurdo que ficamos sabendo por esta reportagem trazida pelo Sr. Vergílio, o BNDES está emprestando dinheiro para a República Dominicana para “exportar serviços” de uma empreiteira nacional cobrando uma taxa de 2,3% a.a. + a Taxa Libor que hoje é de 0,74970% a.a.

      Ou seja, a taxa de empréstimo é de 3,07% a.a., utilizando-se de recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), assim como do Tesouro Nacional.

      Só para se ter uma ideia do prejuízo, o brasileiro está pagando 19,3% a.a. de juros sobre a dívida pública. E isto, para emprestar a um país que é considerado um dos quatro países mais corruptos da AL.

      Isso mostra que o banco de fomento está totalmente aparelhado pelo PT e sendo utilizado para expandir relações e defender os interesses ideológicos do grupo que nos governa que é o braço executor da organização criminosa que está tomando conta da América Latina chamado FORO DE SÃO PAULO.

      Não há qualquer defesa de interesse econômico brasileiro nesta relação. Pelo contrário, o banco e seus recursos estão sendo usados como ferramental para dar sustentação econômica aos governos de países que seguem as diretrizes do Foro.

      Às custas do sangue e do suor do trabalhador brasileiro.

      Em outras palavras: pro inferno com o sangue e o suor desse povo sofrido, é apenas massa de manobra para a conquista e a manutenção da hegemonia comunista na região.

      E reelegeram esses marginais!? Tem solução para o país?!

          • É verdade. Em abril foi para 6%.

            E eu fiz o cálculo em cima da taxa nominal anterior, isto é, de 5,5% a.a.

            Mas aí é questão de estarmos discutindo a taxa nominal.

            Se a taxa nominal é de 6% ao ano, então, ao mês ela será de 6/12 = 0,5% a.m.

            A nova taxa efetiva anual, então, será obtida pelas capitalizações mensais, ou seja, [(1,005^12)] -1 x 100 = 6,17%.

            Ou seja, maior, ainda que os 5,64% anteriores, computados até março, como bem nos corrigiu o Sr. Newton.

  3. O fim de uma era ???
    ” Levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas realizado no Distrito Federal aponta Aécio Neves como favorito para as próximas eleições presidenciais. O tucano aparece na liderança com 40,3% do votos contra 24,7% de Marina Silva e apenas 17,6% do ex-presidente Lula e 3,4% do presidente da Câmara, Eduardo Cunha.

    De acordo com o resulta, essa seria a primeira vez desde o fim da ditadura que uma eleição para presidente iria para o 2º turno sem a presença de um candidato do PT. Vale lembrar que as duas vitórias do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso aconteceram sem a necessidade de 2º turno.

    Ao substituir Aécio pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, a situação muda drasticamente e aponta Marina Silva na liderança com 40,6%, enquanto Lula e Alckmin aparecem em empate técnico com 18,8% e 18,6%, respectivamente. Já Eduardo Cunha melhora seu desempenho, mas ainda aparece em quarto com apenas 5,1%.

    O Instituto Paraná ouviu 1.280 eleitores entre os dias 25 e 28 de maio em todo o Distrito Federal. A checagem simultânea das respostas foi feita em 19,77% das pesquisas que tem margem de erro de 3% para mais ou menos.

    • Sr. Virgílio, para ter validade, qualquer pesquisa de inferência eleitoral deve estar registrada no TSE.

      Descubra se esta que citou é registrada ou não.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *