O mistério e a incógnita Sarney, o insubmergível

Helio Fernandes

Exatamente há 25 anos, depois de servir intensa e subservientemente à ditadura, o maranhense ganhava também da ditadura, o cargo de vice-presidente da República. Lógico, indiretamente.

A posse seria em 15 de março desse 1985, mas o presidente Tancredo Neves estava no hospital, o vice indireto passou a presidente interino. Como o presidente efetivo, Tancredo Neves, morreu sem sair do hospital, Sarney só deixou a vice para ser proclamado presidente, até o fim do mandato.

Sarney é o vice em todo o mundo, que “herdou” o maior tempo da Presidência: T-O-D-O O MANDATO, os 5 anos.

 ***

PS – Agora, 25 anos depois, sobrevivente da História, Sarney dá posse à presidente eleita, Dilma Rousseff.

PS2 – E embora não seja muito esperançoso, Sarney mantém, pelo menos teoricamente, a possibilidade de assumir a Presidência. É o terceiro na linha da sucessão. O primeiro é o vice-presidente, o segundo o presidente da Câmara, o terceiro ele, o insubmergível presidente do Senado.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *