O Nazismo ainda vivo entre nós

Mauro Santayana
Hoje em Dia

Nos últimos tempos fez fama na internet a imagem de uma suástica no fundo de uma piscina, no quintal de uma casa de Pomerode. Seu proprietário foi identificado, posteriormente, como o professor Wandercy Pugliese, que dá aulas em “cursinhos” na região, e já teve vasta coleção de objetos de inspiração nazista apreendidos pela polícia em sua casa, na década de 1990.

Agora, surge a informação de que um Comandante do Batalhão de Choque da Polícia Militar do Rio de Janeiro foi exonerado de seu cargo pelo Secretário de Segurança José Beltrame, por trocar mensagens de cunho nazista com outros oficiais e subordinados pelo What’ s Up e defender, jocosamente, o assassinato de manifestantes.

Resgatando o Sigma, símbolo do Integralismo, existe uma página, no Facebook, do “Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Brasileiros”, tradução literal do “Nationalsozialistische Deutsche Arbeiterpartei,” o Partido Nazista alemão de Adolf Hitler.

O mesmo Sigma pode ser encontrado em sites integralistas, como o do Movimento Integralista e Linearista Brasileiro, ou da SENE – Sociedade de Estudos do Nacionalismo Espiritualista, e no peito do Galo Tupã, “mascote” da doutrina, pisando o verme “comunista-liberal” que ameaça o Brasil.

INTEGRALISMO

Filhote do fascismo e semelhante ao nazismo, a Ação Integralista Brasileira, chefiada por Plínio Salgado, a exemplo das doutrinas que a inspiraram, não se dizia, malandramente, nem como de “direita”, nem de “esquerda”.

Com “Deus, Pátria, Família”, como slogan, ela chegou a contar com dezenas de milhares de simpatizantes no Brasil, até uma frustrada tentativa de golpe contra Getúlio Vargas, em 10 de maio de 1938, quando foi proibida e colocada na clandestinidade.

Hoje, os integralistas tentam reviver, a partir da internet, por meio da FIB – Frente Integralista Brasileira, que organiza congressos e palestras, e também de outros grupos, sites e fóruns como os que já citamos antes.

O nazismo tupiniquim, tão ridículo quanto absurdo, quando defendido e praticado em uma das nações mais miscigenadas e universais do mundo, está presente também nos bandos de skinheads que agridem verbal e fisicamente, judeus, nordestinos, negros e homossexuais, principalmente em São Paulo e na Região Sul do país.

OVOS DA SERPENTE

Em tempos de ressurreição do discurso anticomunista, que insiste em colocar comunismo e nazismo no mesmo saco, embora o primeiro nunca tenha construído câmaras de gás e fornos crematórios, ou perseguido alguém por critérios raciais, e tenha combatido e derrotado implacavelmente o segundo, da memorável Batalha de Stalingrado até o suicídio de Hitler em seu bunker, para não ser capturado e julgado pelos soviéticos em 1945, nunca é demais lembrar que o nazismo deve ser combatido sempre que apontar a cabeça para fora do esgoto da História.

Mesmo quando apenas simbólicos, os ovos da serpente devem ser esmagados ainda no ninho, para que não possam germinar nem eclodir.

21 thoughts on “O Nazismo ainda vivo entre nós

  1. E qual a diferença em termos práticos entre um nazista e um comunista, Santayana, se a cor do sangue que eles tiram das suas vítimas é igual, sendo que a “litragem” comunista, por sinal, é bem maior?

      • Comunismo, nazismo e fascismo têm em comum a falácia ou demagogia do socialismo. Diferem pouquíssima coisa entre si. Em comum têm a tirania do estado totalitário em que o cidadão não tem direito a opinião. Caso o faça, é condenado à morte. E por aí vai.
        Cuba e Coreia do Norte ainda estão aí para mostrar o que é o comunismo, que santayana apoia incondicionalmente.

        Mais alguma coisa?

  2. Como escreve bobagens. Somente no grande expurgo stalinista foram mortas mais de 3 milhões de pessoas. Os Campos de Concentração foram substituídos pelos Gullags. É só trocar a raça ariana pelo proletariado, passar a régua e fechar a conta.

  3. Quanto mais eu vejo os petistas tentarem esconder as roubalheiras, atrás do biombo do relincho ‘ideológico’ mais eu me divirto. Só faltam falar que foi o neto do Hitler que roubou a Petrobras, a Eletrobras, os Fundos de Pensão, etc…. Hilário !

  4. Mas a história está aí para confirmar que, depois da II Guerra quem sempre apoiou terrorismo no mundo, foi o comunismo. Na URSS se treinava e fornecia armamento para quem quisesse praticar o terror contra o ocidente democrático.
    Um bom exemplo de marxismo-leninismo com o islamismo, juntos, é Carlos, o Chacal, que cumpre prisão perpétua na França.

  5. Mudando de assunto. Depois que o Eduardo Cunha propôs uma CPI para apurar a Lava Jato, inclusive a sua alegada participação, aquele policial federal sumiuuuuuuuuuuuuu….

  6. Já a ‘nova’ CGU está dando verdadeiras demonstrações que ‘quer apurar tudo “, conforme falou a comediante czarina…
    “Integrantes da força-tarefa do Ministério Público Federal encarregada da Operação Lava Jato rechaçaram uma sugestão feita pela Controladoria-Geral da União (CGU) de limitar a punição às empreiteiras envolvidas em esquema de fraude na Petrobras. A CGU defendeu que as empresas tivessem como punição máxima o pagamento de multa e não fossem declaradas inidôneas, condição que as impediria de fechar novos contratos com o governo. A informação é do jornal O Globo.
    De acordo com a reportagem de Jailton de Oliveira, os investigadores recusaram a proposta, considerada uma tentativa de salvar as empreiteiras que tocam as principais obras do país. Os procuradores alegam que não é possível restringir a punição às empresas, que ainda resistem em colaborar com as investigações. O secretário-executivo da CGU, Carlos Higino, disse que a declaração de inidoneidade provoca grande possibilidade de fechar a empresa. Segundo ele, é melhor aplicar multa agora do que esperar o curso natural dos processos penais e administrativos. “A ideia é evitar uma vitória de Pirro: quebra-se a empresa e não se recupera um tostão para o serviço público”, disse Higino ao Globo.

    Na conversa que tiveram com a força-tarefa da Lava Jato em dezembro, representantes da CGU alegaram que, sem a possibilidade de continuar contratando com o governo, empreiteiras poderiam fechar, não ter dinheiro para ressarcir os prejuízos e contaminar até o sistema financeiro, relata a reportagem. Os casos seriam negociados individualmente. Embora a CGU possa fazer acordo diretamente com as empresas, a chancela do Ministério Público é importante para evitar futuras contestações judiciais depois.

    As empreiteiras envolvidas na Lava Jato já propuseram pagar R$ 1 bilhão em conjunto para abrandar a pena. Mas a proposta foi rechaçada pelo Ministério Público Federal, que cobra a colaboração dos executivos dessas empresas nas investigações sobre desvio de recursos na Petrobras”.
    ( O Globo ).

  7. É um absurdo imbecilizante a imprensa ” vem para a Caixa você também ‘ do PT. Um Gêniu solta uma matéria todos os blogs chapa branca ‘repicam’ a mesma bobagem ! Não tem nem ‘individualidade dobre a besteira’. Parecem um batalhão de maritacas esclerosadas, todas com o mesmo ‘canto’ !

  8. Tenha a paciência, sr. Santayana! O senhor está sendo lido por pessoas com neurônios e cujas orelhas não arrastam no chão. O comunismo matou em toda sua existência (URSS, China de Mao, Cortina de Ferro, Camboja, Cuba, Coreia do Norte etc.) mais que o nazismo. Mas pelo que li, mortes violentas só são consideradas pelo senhor se forem em campos de concentração (gás e crematório). Teria vergonha de escrever algo parecido…

  9. Esse senhor Santayna deve ser um velho teimoso e irascível. Já sabemos tratar-se de um enfezado antiamericanista, cuja doença grassa entre a patota lulo-petista. Vou provocar um pouquinho: conheço bem a Fortaleza de Santa Cruz, seus paredões inacessíveis, suas masmorras, suas praças, seus canhões históricos, sua praça de enforcamento, enfim, sua história. Alguém citado por ele esteve passando uns dias de férias, forçadas por alí, Plínio Salgado que deixou o seguinte tesouro literário para a posteridade, aplacando, pela poesia, seu radicalismo político. Falando da Fortaleza:

    ¨¨Agora o mar calou. As ondas recuaram para essas regiões insondáveis e misteriosas do Atlântico
    onde moram os mágicos maestros
    que ensaiam, perenemente, as baladas da primavera,
    As barcarolas das noites serenas,
    As marchas fúnebres e os noturnos de Chopin,
    As fugas de Bach, ao esplendor sideral,
    As sinfonias de Beethoven, os prelúdios de Carlos Gomes.¨¨

    Um bom lugar para a vilegiatura dos esquerdistas.

  10. Só queria saber se a liberdade de expressão existe ou não existe? Porque defender causa gay, liberação da maconha, etc. pode. Mas ser integralista, comunista, nazista, ou qq outro “ista” não pode?

  11. Os comunistas continuam querendo reescrever a história, e qualquer ato terrorista praticado o nazismo é apontado como culpado ou, então, é porque está ressurgindo.
    Evidente que existe o neonazismo na Europa, com os mesmos preconceitos que o original, e igual truculência, mas comparar os doze anos que o nazismo perdurou na Alemanha (1.933-1945) com os mais de oitenta anos de horror por onde o comunismo foi implantado, vai uma distância imensurável.
    Que os campos de concentração erguidos para liquidar com prisioneiros judeus, ciganos, intelectuais, poetas, homossexuais, demonstraram que a bestualidade humana não tem limites, os gulags soviéticos não ficavam para trás em crueldade, da mesma forma que os pogroms, que dizimavam aldeias inteiras de judeus na Rússia.
    Independente desses atos explícitos de preconceitos religioso e racial, o comunismo através de Stalin matou vinte milhões de soviéticos!
    E quantos países invadidos pelos comunistas?
    E a divisão da Alemanha, com o Muro de Berlim?
    Tchecoslováquia, Hungria … os países da Cortina de Ferro?
    E Cuba?
    Quantas milhões de pessoas foram chacinadas em nome de um sistema que alegava ser “justo” para com o povo?!
    Igualitário?!
    A única igualdade ficava entre os mortos!
    Evidente que temos de ficar atentos com movimentos radicais, mas o comunismo ainda é uma chaga no mundo, solerte, insidioso, que ainda cativa incultos e incautos, pobres e miseráveis, e para permanecerem piores que estavam depois que o comunismo foi adotado.
    Impressionante é ler este tipo de artigo e constatar como esta gente parou no tempo, resgatando episódios históricos que os contradizem, inclusive, mas o caradurismo é tanto que não pensam no que escrevem.

  12. NAZISMO, STALINISMO, O ESCAMBAU. NADA DISSO SIGNIFICA PORRA NENHUMA. O QUE O POVO PRECISA É DE UM SISTEMA ONDE UM GOVERNANTE QUE TENHA BOM SENSO ORIENTE E PUNA COM MÃO DE FERRO UM POVO QUE TENHA EDUCAÇÃO COMPULSÓRIA EM TEMPO INTEGRAL, UM EMPREGO DIGNO QUE LHE AUFIRA AS NECESSIDADES E LIBERDADE RESPONSÁVEL (NÃO COMO DESTE EXECRÁVEL “CHARLIE HEBDO” QUE NÃO RESPEITA NINGUÉM). AS RELIGIÕES NEM DEVERIAM EXISTIR. O IMPORTANTE É A ÉTICA. NO ENTANTO, NADA ME DÁ O DIREITO DE ESCRACHAR COM MAOMÉ OU JESUS CRISTO OU SEJA LÁ QUEM FOR.
    OS ASSASSINOS ESTÃO ERRADOS E MERECIAM MORRER. MAS ISSO NÃO EXCLUI O CRIME DOS CHARGISTAS DO CHARLIE. ELES SÃO UNS PULHAS. SE O MUNDO, EM ALGUNS ANOS, SE TORNAR TOTALMENTE ISLÂMICO, A CULPA SERÁ DOS OCIDENTAIS EXTREMISTAS.

  13. Antônio Corrêa Filho,
    “SE O MUNDO, EM ALGUNS ANOS, SE TORNAR TOTALMENTE ISLÂMICO, A CULPA SERÁ DOS OCIDENTAIS EXTREMISTAS.”
    Frase perfeita. Conclusão óbvia, a continuar este preconceito religioso escancarado e também dissimulado contra valores e princípios alheios.
    Acrescenta-se a esta sopa mais alguns ingredientes:
    Corrupção e desonestidade dos governos ocidentais;
    Crises econômicas permanentes;
    Aumento da pobreza na Europa;
    A luta constante entre esquerda e direita, incompetentes em solucionar as questões básicas de populações de vários países do Ocidente;
    Preconceitos religiosos, culturais, sociais, religiosos e raciais.
    A falta de sensibilidade para detectar as razões que levam milhões de pessoas, principalmente os jovens, a adotarem o Islamismo, tem sido irresponsavelmente deixado de lado, sem que se investiguem as razões pelas quais procuram exatamente o contrário daquilo que reivindicam: Liberdade!
    Se o Islã é asutero, radical, pune com a morte quem desobedece seus preceitos, por que atrai tantos rapazes considerados rebeldes em seus países de origem?
    Ou, então, a questão mesmo é incentivar o ódio ao Islamismo e haver o confronto final, de modo que o Oriente Médio tenha seu espólio repartido entre os “vencedores” após a dizimação dos árabes.
    Um detalhe:
    Rússia e China ficarão impassíveis diante desta possibilidade cada vez mais visível e real?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *