O olímpico João Havelange e os três patetas pretensiosos: Cabral, Paes e Artur Nuzman

O Globo distribui todo ano, o que chama de “Prêmio Faz Diferença”. Premiar é sempre uma obrigação e um prazer, principalmente tendo como personagem do ano, um homem como João Havelange.

Quando o Rio foi escolhido como sede da Olimpíada de 2016, Cabral, Nuzman e Eduardo Paes, tentaram “vender” à opinião pública, a ideia de que foram os grandes vencedores da conquista.

Desmascarei os três, mostrei que o presidente de Honra da Fifa (e 24 anos presidente) foi o artífice de tudo. Agora O Globo faz justiça, SILENCIA para sempre os três enganadores.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *