O palanque de Ciro

O ex-governador e ex-ministro não surpreendeu ninguém. Deu entrevista, chamando o PMDB de “partido sem ética e não-republicano, é um bando de assaltantes”. Isso é o começo.

Não deixem de ler amanhã, análise deste repórter sobre Ciro, “conturbado, pertubado, desprezado, abandonado, revoltado“. Terão uma ideia do estado de espírito dele, e até onde pode chegar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *