O poeta Carlos Pena Filho ensina, em versos, como se pode fazer um soneto

Resultado de imagem para carlos pena filho frasesPaulo Peres
Poemas & Canções


O advogado, jornalista e poeta Carlos Souto Pena Filho (1929-1960), é considerado um dos mais importantes poetas pernambucanos da segunda metade do século XX, ao lado de João Cabral de Melo Neto. Formado em Direito pela Faculdade de Direito do Recife, em frente à qual hoje se encontra o busto do poeta. Neste poema, ele nos mostra os ingredientes  “Para Fazer um Soneto”.

PARA FAZER UM SONETO
Carlos Pena Filho

Tome um pouco de azul, se a tarde é clara,
e espere um instante ocasional
neste curto intervalo Deus prepara
e lhe oferta a palavra inicial

Aí, adote uma atitude avara
se você preferir a cor local
não use mais que o sol da sua cara
e um pedaço de fundo de quintal

Se não procure o cinza e esta vagueza
das lembranças da infância, e não se apresse
antes, deixe levá-lo a correnteza

Mas ao chegar ao ponto em que se tece
dentro da escuridão a vã certeza
ponha tudo de lado e então comece.

2 thoughts on “O poeta Carlos Pena Filho ensina, em versos, como se pode fazer um soneto

  1. Um sonho, um prazer

    Ah que beijo gostoso, que faces macias…
    Assim mato o tempo em loucas fantasias.
    Se me visses diria que sou louco, sonhando por puro prazer,
    Mas de louco tenho pouco – é que só nos sonhos te posso ter!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *