O PPS não foi sucessor do PCB (Partidão). Em 1945, solto depois de 9 anos, Prestes botou 150 mil pessoas, num comício no estádio do Vasco, que hoje não serve para joguinhos de 20 mil pessoas.

Helio Fernandes

Roberto Freire sempre foi comunista, pública e ostensivamente. Mas não ligado ao PCB (não tinha idade) nem ao PCdoB (não era carreirista para tanto). Mas fez uma vida política interessante.

Freire: uma carreira limpa

Não teve relacionamento com Prestes, este era muito mais velho e viveu praticamente na ilegalidade, aqui ou no exterior. Uma exceção de 1945 a 1948. Na primeira se elegeu senador, na segunda teve o registro cassado, ele e os 14 deputados “desapareceram”, alguns, como ele, voltaram em 1980. Depois da anistia “ampla, geral e irrestrita”, que serviu para “absolver”, sem julgamento, todos os ditadores-perseguidores-torturadores.

SURGEM ROBERTO
FREIRE E O PPS

Foi um partido democrático, de 1982 até agora, Freire disputou tudo no voto, por diversos domicílios eleitorais. Começou por Pernambuco, deputado federal, se destacou logo. Mais duas eleições, e aproveitando circunstâncias, se elege senador. Surpresa total, aproveitou muito bem o mandato, estava quase todo dia na tribuna, incomodando e divulgando ideias.

Cumprida a primeira metade do mandato de senador (4 anos), se lançou candidato a presidente da República. Só com o seu PPS, sem acordos dúbios, duvidosos ou destruidores de reputação. Mas fez uma campanha tão efetiva e positiva, que muita gente dizia e eu publicava: “Gosto muito do Roberto Freire, se ele não fosse comunista, votava nele”.

Fez campanha ótima, nenhuma acusação (até hoje), acordos espúrios, cargos em troca de posições complacentes ou omissões sempre duvidosas. Se elege sempre deputado, atuando sem qualquer desvio. Mas longe do Partidão ou de Prestes.

BNDES FINANCIANDO
EIKE BATISTA

Surgiu inesperadamente, dominou quase todos os órgãos de comunicação, repetia de forma incessante: “Dentro de alguns anos serei o homem mais rico do Brasil, e em um ano, o mais rico do mundo”. Surpresa total, porque entre os 100 mais ricos do mundo (revista Forbes, especializada), ninguém, mas ninguém mesmo, apregoa a própria fortuna.

Não perguntaram de onde veio o dinheiro original, embora se saiba que a “”fortuna” começou com o “mapa-da-mina-mineral”. Não é o mais rico do Brasil ou do mundo, vive financiado por bancos do governo. O BNDES cobra dele juros de 4 por cento. Como no mercado esse dinheiro vale 7,25%, Eike já acorda com lucro de 3,25%, mesmo que não faça nada. Que República.

O EVANGÉLICO
FELICIANO

Para ficar revoltado com ele, não precisa ser negro, gay, pastor, inculto ou insensível como ele. Basta não entender que um pastor exija do “fiel” uma contribuição com o cartão bancário e a senha. Tudo isso é muito. Para piorar, textual dele: “Antes de mim, Satanás presidia a Comissão”. Insustentável.

Mas para protestar contra sua permanência nessa importante Comissão, basta ser contra a corrupção e se lembrar que ele está sendo processado no Supremo por estelionato.

DOIS GRANDES MOMENTOS
DE SÃO JANUÁRIO

São históricos e inesquecíveis. Um puramente esportivo, o outrro, político, cívico, também histórico, por mais que a palavra esteja gasta. Assisti os dois. 1939, eu tinha 19 anos. Seleção brasileira X Seleção argentina. Surpreendente, mas está no placar que teve desdobramentos. A Argentina venceu por incríveis 5 a 1.

Era a disputa da Copa Roca. Grandalhões da Polícia Especial da ditadura (com aquele quepe vermelho) bateram para valer nos “hermanos”, a Copa Roca ficou interrompida por anos.

Um grande momento de Prestes. Depois de 9 anos preso (de 1936 a 1939, preso e torturado), em 1945, já na penitenciária da Frei Caneca, mais “humana”, foi solto e apoiou a “Constituinte com Vargas”. Fez um comício colossal no Estádio do Vasco, mais de 150 mil pessoas em pé, no gramado ou nas arquibancadas.

Com a sinceridade de sempre (como quando recusou a chefia da Revolução de 30, “queria que ela fosse comunista”, criticou duramente a multidão que o idolatrava: Textual: “Vocês estão se aburguesando, só querem saber de geladeira nova, de um rádio maior, não pensam nas convicções”. (Ainda não existia televisão, os rádios eram enormes). Muita gente saiu chorando. 33 dias depois haveria a Constituinte, Prestes se elegeu senador e deputado pelo Distrito Federal. O Estádio do Vasco, hoje, não pode sediar nem joguinhos de 20 mil pessoas.

LULA DECIDE QUEM SERÁ GOVERNADOR
DE SP. ALCKMIN PREOCUPADO

Sem ter desembarcado definitivamente da sucessão presidencial, depende do tempo e dos fatos até abril de 2014 (desincompatibilização para alguns), Lula pensa (?) em que poste vai amarrar o futuro governador de São Paulo.

Já decidiu: Mercadante e Dona Marta, de jeito algum. Segundo ele, não têm carisma e já foram derrotados. (Ela, duas vezes para prefeito, uma delas no cargo). Alckmin, que pretende a reeleição, acompanha os movimentos do ex-presidente. Quase não dorme, angustiado e anestesiado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *