O preconceito da Folha, estampado em manchete

Helio Fernandes

Manchete, constrangida, sabendo que não era jornalística, difícil de superar: “Pais está MENOS branco”. Como o fato era indiscutível, garantido pelo IBGE, a forma deveria ser respeitada e não atropelada.

O que deveria ser colocado: “O Brasil está mais NEGRO”. E o sofrimento, constrangimento, lamento? Com esta segunda frase, o leitor não precisaria interpretar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *