O problema não é propriamente Jair Bolsonaro, mas quem vota nele

Resultado de imagem para volta dos militares  charges

Charge do Junião (Arquivo Google)

Clóvis Rossi
Folha

O problema não é Jair Bolsonaro. O problema são os que se dispõem a votar nele e que constituem, segundo o mais recente Datafolha, um terço dos eleitores (no segundo turno). Ou, mais corretamente, o problema é o sinal enviado por essa parcela do eleitorado. Por que o problema não é Bolsonaro? Porque, conforme ensinam os especialistas em sociologia e política, a liquidação da democracia não se dá mais, hoje em dia, pelos tanques e canhões, mas pela erosão lenta, gradual e segura promovida por quem chega ao poder, de farda ou de terno, pelo voto popular.

Venezuela e Nicarágua são os dois exemplos do momento na América Latina. Há outros até na Europa ultracivilizada.

IMPROVÁVEL – Parece altamente improvável, primeiro, que Bolsonaro se eleja, conforme mostraram as simulações de segundo turno no Datafolha. E, se ganhar, é mais improvável ainda que consiga levar adiante o trabalho de demolição da democracia.

Não digo que não queira. É, visivelmente, um autoritário empedernido. O problema é que não terá a colaboração da maioria do Congresso, da maioria dos governadores, da maioria dos partidos e, acima de tudo, enfrentará uma sociedade civil razoavelmente articulada.

Dividida, é verdade, mas naturalmente pouco inclinada a ceder os espaços de liberdade e de participação que foi conquistando. Democracia é oxigênio para a sociedade civil.

EXORCISMO – Mesmo os militares, salvo alguns alucinados, não têm em tese incentivo para estrangular a democracia. O fantasma do comunismo, usado como pretexto para o golpe de 1964, já foi exorcizado.

As elites, que conspiram contra a democracia sempre que sentem seus interesses ameaçados, não têm com que se preocupar. Até o PT deixou de ser aquele partido cuja vitória, em 1989, levaria 800 mil empresários a deixar o país, na famosa frase de Mario Amato, então presidente da Fiesp.

Lula acabou ganhando 13 anos depois e, em seu governo, os empresários nunca ganharam tanto dinheiro, segundo o próprio Lula diria mil e uma vezes. Os 13 anos e algo de governos petistas não tocaram em um só fio de cabelo das elites.

NÃO CONVENCE – O problema, do meu ponto de vista de militante pela democracia, é que ela, nesses seus 33 anos de vigência no Brasil, não conseguiu convencer um terço do eleitorado de que é o pior dos regimes, fora todos os outros, para citar Winston Churchill.

Há uma parcela nada desprezível de brasileiros que prefere o pior dos regimes, uma ditadura, resgatada, pela primeira vez nas oito eleições democráticas, das catacumbas a que havia sido felizmente condenada.

ÀS ESCÂNCARAS – Posso até ver algo de positivo nesse ressurgimento: é melhor que os viúvos e viúvas da ditadura trabalhem à luz do dia, no processo eleitoral, do que conspirem nas sombras, como fizeram nos anos 60, até derrubar o governo e impor 21 anos de trevas.

Mas é importante que os que rejeitam o autoritarismo que Bolsonaro simboliza tomem consciência de que a eleição de 2018 é uma demonstração de que a democracia está capengando. Uma muleta —rejeitar o autoritarismo— não vai bastar. É preciso restabelecer a confiança no modelo democrático, sob pena de que, em algum próximo assalto, ele vá a nocaute.

51 thoughts on “O problema não é propriamente Jair Bolsonaro, mas quem vota nele

  1. *O meu candidato*
    O meu candidato incomoda ativistas de esquerda que defendem aborto, liberação das drogas, erotização precoce de crianças.
    O meu candidato incomoda traficantes, bandidos, assassinos, pedófilos e estupradores.
    O meu candidato incomoda a Globo, incomoda defensores de bandido e políticos corruptos.
    Mas o meu candidato NÃO incomoda o cidadão de bem, a mãe e o pai de família.
    O meu candidato não é a favor de cotas raciais, é a favor de cotas para “pobres”, já que existem brancos e negros vivendo a mesma situação de dificuldade.
    O meu candidato nunca foi contra o homossexualismo, ele é contra a erotização (homo e hétero) de crianças.
    Ele também é contra a ideologia de gênero, que quer que aceitemos que ninguém nasce homem ou mulher, ou seja, nós descobrimos nossa sexualidade ao longo da vida.
    Você que está grávida não pode dizer se seu bebê é menino ou menina, é um ser humano que irá “se descobrir” homem ou mulher ainda…
    O meu candidato não é contra mulheres, ele não acha que mulher deve ganhar menos que homem, ele é a favor de que o salário seja de acordo com a produtividade, independente do gênero.
    O meu candidato não vai sair por aí distribuindo armas como alguns pensam.
    Primeiro porque ele defende a posse (ter arma em casa), e não o porte (sair com ela na rua).
    E além do mais, existe todo um processo para conseguir adquirir.
    O que não pode acontecer é continuarmos sendo reféns de bandidos muito bem armados e não termos chance de nos defender.
    O meu candidato não vai ter pena de bandido que mata pai de família, que mata um estudante por causa de um celular.
    Vai dar “carta branca” pro policial combater esses vagabundos que nos oprimem dia após dia.
    O meu candidato só tem 8 segundos de televisão no horário eleitoral, e o “comercial” dele na TV é tão simples que parece que foi feito no Paint.
    Mas sabe por que?
    Porque ele não fez alianças com 300 partidos para ganhar mais tempo de televisão para depois ficar com rabo preso devendo um monte de favores, como indicação de ministérios para pessoas incompetentes.
    O comercial é feio sim, sem musiquinhas e novelinhas emotivas que só faltam nos fazer chorar, mas porque ele também não aceitou dinheiro para investir em campanha eleitoral.
    O meu candidato é igual massa de bolo, quanto mais batem, mais ele cresce.
    Adivinhem?
    Estou falando de Jair Messias Bolsonaro!
    Não acredito e nunca acreditei que ele seja a salvação do Brasil.
    Acho até injusto cobrar isso de um homem, mero mortal, mas no momento de calamidade que estamos vivendo em nosso País, eu acredito muito que ele seja o único capaz de “arrumar a casa”, para que possamos começar a ver alguma melhora daqui alguns anos.
    Ele tem independência política para indicar bons ministros por competência pois não deve favores a ninguém!
    Ele tem a humildade e, vale dizer, a CORAGEM de assumir que não sabe tudo!
    Mas que está disposto a colocar pessoas capacitadas para trabalhar ao seu lado.
    Afinal, que homem ou mulher tem pleno conhecimento e capacidade para governar uma nação do porte do Brasil sozinho?
    E o principal de tudo… em 27 anos de vida política não acharam sequer UM envolvimento com corrupção.
    Ou você não acha que vasculharam a vida dele desde o jardim de infância pra descobrir se ele não roubou a borracha do coleguinha?
    Não existe candidato PERFEITO.
    Nunca teremos um candidato 100% ideal.
    Vamos pesquisar, vamos colocar na balança o que precisamos agora pro momento do nosso País.
    Não quero mais os mesmos… quero ao menos tentar algo novo.
    E Bolsonaro me devolveu uma pontinha de esperança e alegria de sair de casa pra votar.
    Então deixo aqui as minhas razões para votar Bolsonaro 17.
    (Autor desconhecido)

    • Essa Folha está intragável. Agora ficam catucando o Bolsonaro enquanto um criminoso ladrão sem vergonha avacalha o sistema eleitoral de dentro da cadeia.
      Haddad, sinônimo de incompetência e irresponsabilidade, como mostrou sua atuação como ministro e prefeito, tem cobertura preferencial de seus articulistas. Não dá, cara, não dá mais para suportar essa vulgaridade e desrespeito ao povo.

  2. As pesquisas de 10 Setembro denominaram eleitores do Bocal sendo do Sul e tendo renda mínima de 5 salários mínimos.
    Qual a percentagem de brasileiros com renda acima de 5 salários mínimos?
    Tem tanta gente assim ganhando acima de R$4800,00 mensais?

    Se 150 milhões de brasileiros votarem em Setembro, haveriam 45 milhões de brasileiros (30%) com renda acima de R$4800,00 para votar no fascista?
    Ganhar dinheiro no Brasil emburra?

    Sei que ganhar um bom dinheiro no Brasil imbeciliza completamente, e só notar os valores sociais adotados por brasileiros nas grandes cidades.
    Agora,o brasileiro que luta para sair da pobreza, penando pra pagar contas de sua família com 5 mil reais por mes, como vai cair no conto do vigário desse guardinha oco com tendência a ditador?

    Tem coisa muito errada com essas pesquisas….

    A ver a próxima maquiagem que o fascista esta programando pra colher os votos das mulheres, única saída que ele tem para permanecer no topo das pesquisas.

    Falou-se tanto em quem estaria por trás do ataque do Bispo ‘Rosário’ mas nada sobre quem estaria por trás do Bozonaldio. |
    O povo brasileiro? MENTIRA!

    Lembre-se da mentira do ataque as Torres Gemeas, nunca foi provado absolutamente nada quanto ao verdadeiro culpado!
    O que havia: um presidente totalmente impopular, que usou o 9.11 como artifício para obter apoio popular e impor uma política rasteira…
    Os empregos criados nos Estados Unidos na gestão do Bucha foram única e exclusivamente colocar óculos escuros num bando de gentalha ignorante classe media-baixa (ultra manipuláveis) e torná-los todos agentes de Seguranca Nacional…

    Votar no Bolzonaldo vai ser a mesma coisa, dar mais poder a essa classe de segurancas particulares, voltar a prepotencia dos soldados e policiais fardados, dividir a populacao entre gente de farda e povelho…
    Para que? DINHEIRO
    Nada mais facil que impor uma falsa lei e tomar o patrimonio e a liberdade de um povo preso ao cabresto.

    Nada pior que reprimir privilegiar minorias e nada produzir de riquezas. Nada pior que deixar os bancos como estao, e mais 4 anos de governo fazendo vista grossa porque se beneficia disso taxando juros e sumindo com a grana para aumentar riqueza de corruptos…

    Faça a conta de 29 anos de salário do Bozonaldo, tente deduzir como isso vira milhões de Reais de patrimônio…

    De toda balburdia e confusão que se apresenta nesta eleição, a apuração dos fatos do que aconteceu até agora deveria gerar um dado que esta faltando nas pesquisas:

    Qual a possibilidade de tudo dar MUITO errado se um desses candidatos ganhar a eleição?

    Resposta, Bolzonaldio fica com 70%
    O farsante é a maior ameaça real de retrocesso, vencendo até a meleca petista…

    TUDO DOMINADO
    segue o seco…

  3. Fazendo pouco caso do blog, do Moderador e dos usuários, continua o ignorante postando ataques pessoais após a volta da moderação:

    http://tribunadainternet.com.br/bolsonaro-ciro-e-haddad-aparecem-em-alta-no-datafolha-pos-facada/#comment-584665

    jorge
    setembro 11, 2018 at 7:12 pm

    Pessoal,liga não.
    Esse Andrébr e um fake de vários codinomes.
    Mas na verdade ele é o André Bunda Rachada ou André Bunda Rampeira.
    Tremenda bibona,ele não vai morrer,vai virar purpurina.
    Vai André Bunda Rachada.

  4. SENTA QUE O LEÃO É MANSO
    ENTÃO, O FANTASMA DO COMUNISMO JÁ FOI EXORCIZADO?
    CONTA OUTRA, CAMARADA
    O FANTASMA NÃO É MAIS FANTASMA, ESTÁ AÍ À LUZ DO DIA E DE CARNE E OSSO e esfaqueando os “inimigos”
    Comunista amigo da democracia é uma graça === que democracia? A “democracia popular” das extintas Hungria e Bulgária?

  5. Não entendo como que essas pitonisas que sabem como Bolsonaro governará o país não acertam os números da Mega Sena!

    Os radicais contrários ao deputado por falta de maiores argumentos, voltam-se contra seus eleitores, como se os que haviam votado no PT, que nos deixaram nesta situação, fossem agora inocentes!

    E isto que Lula, ladrão e genocida, foi presidente por oito anos, e sua sucessora mais seis!

    Bolsonaro sequer foi eleito ainda, e já afirmam o mal que praticará no Planalto!

    Um dos males da mídia atualmente no Brasil é a sua tendenciosidade e parcialidade.
    Não que o jornalista não deva ter a sua opinião, mas atacar eleitores de um candidato e responsabilizá-los é irresponsabilidade!

    Bolosonaro não cometeu nenhum crime porque ainda não foi eleito, repito, logo, Clóvis Rossi, caso fosse um bom jornalista, deveria ter mencionado como fundamento então à sua conclusão, os eleitores do PT, e lembrando que aqueles que votarão em Bolsonaro que poderão cometer o mesmo erro.

    Mas não desta forma como escreveu, culpando milhões de pessoas por supostas situações, haja vista que não se pode dizer como será o governo de Bolsonaro, a menos que a sua bola de cristal seja mesmo encantada ou seus neurônios estão desregulados!

  6. Newton, Clóvis Rossi conhece nossa história; não é um analfabeto político. Fala o que todos os brasileiros precesam ouvir: A verdade. Ouvindo a verdade o cidadão vota em quem quiser. Ganhou levou, seja quem seja. Não devemos escutar babozeiras de um general que aventa a hipótese de Temer dar um auto-golpe apoiado pelas Forças Armadas. Isso é uma ameaça gigantesca. Os 200.000.000 de brasileiros ficariam de braços cruzados vendo um golpe liderarado por um dos mais corruptos politicos e ainda com o apoio das FA? Acho que este general devia ler a história de Mussolini que morreu de cabeça para baixo. Lendo ele vai refletir que com povo não se brinca.

    • É, logo podemos pendurar o Lula de cabeça para baixo, também. O que define o Clovis Rossi é que ele não acha nada estranho um bandido, condenado e preso ser candidato a presidente, mas um militar é um horror. Então, conhecimento mal usado é pior que jornal em banheiro de rodoviária. Se for a Folha, pelo menos pode ser usada para limpar a bunda.

      • Esse Aquino poderia lembrar que o povo elegeu Lula e Dilma e esses vagabundinhos da mídia nunca fizeram uma crítica contra isso.
        Aliás, esse Aquino, depois que Brizola morreu mudou de cor e até apoiou o PT.
        Esse Aquino……bem, deixa pra lá. Nem vale a pena.

  7. Já foi exorcizado? A Venezuela está aqui do lado e seus efeitos em todo continente é são miragem ou fruto de alucinação por ácido. Este país precisa desesperadamente de gente lúcida e não de alucinados que apontam bruxas e fantasmas, toda vez que alguém lhe diz “não”. Bolsonaro é fruto da imensa indulgência com os seus e da infâmia com os verdadeiros adversários, é fruto do total descrédito com as instituições, totalmente loteadas politicamente. Bolsonaro é fruto do que mostrou, a todo planeta Terra, a Lava Jato que só foi possível por gente que subiu por seus méritos como o Juiz Moro e os procuradores, junto a PF e MP. Bolsonaro é fruto do que fizeram até hoje e foi escancarado no governo do PT, a classe política, seus seguidores e apoiadores até hoje, mostrando que nem de brasileiros mereciam ser chamados. Bolsonaro é fruto do “empoderamento” absoluto da esquerda no país, dizendo ao povo, nos podemos, os contrários, não.

  8. Não dá outra, de tudo que falo da nossa mídia: é semi-analfabeta e isso não surpreende pois é brasileira e por isso ainda muito vulnerável a credos do “bem” contra o “mal” , mais precisamente o socialista.

    É isso aí:
    “os judeus não prestam” Hitler
    “Os negros não prestam” KU KLux Klan
    “Os brancos não prestam” Malcon X

    Enfim: “todos que não compartilham de nossas taras ideológicas, não prestam” Clóvis Rossi

    É isso aí…que mídia…..que país

  9. “O problema dessa gente que atrapalha a implantação do paraíso socialista aqui na terra é fácil de resolver”:
    Lenin, Stalin, Mao, Fidel, Che, Pol Pot, Kin Jong …..Maduro e Ortega

  10. “O problema não é Jair Bolsonaro. O problema são os que se dispõem a votar nele …”
    ”ensinam os especialistas em sociologia e política…”
    ”Venezuela e Nicarágua são os dois exemplos do momento na América Latina.”
    “…enfrentará uma sociedade civil razoavelmente articulada.”
    “As elites, que conspiram contra a democracia…”
    “Lula acabou ganhando 13 anos depois e, em seu governo, os empresários nunca ganharam tanto dinheiro…”
    “…é melhor que os viúvos e viúvas da ditadura trabalhem à luz do dia, no processo eleitoral, do que conspirem nas sombras, como fizeram nos anos 60, até derrubar o governo e impor 21 anos de trevas.”

    -Pela incoerência e pela ALIENAÇÃO da realidade, o texto deve ter sido feito pela DILMA depois de tomar FENOBARBITAL para que o Clóvis Rossi publicasse no nome dele.

  11. Está na moda esse tipo de análise, de que a democracia está ameaçada por tipos “deploráveis” que votam a favor de Bolsonaro, Trump, Maduro, Ortega, Obrador, Putin, Brexit, secessão da Catalunha…
    A solução seria então dissolver o povo e eleger um outro, como sugeriu certa vez Bertolt Brecht?
    Em princípio, numa democracia os eleitores podem votar em quem quiserem, mesmo num candidato de extrema esquerda ou extrema direita. Se alguém acha que os eleitores tem obrigação de seguir os conselhos ou New York Times, ou da Folha de S. Paulo, seria melhor logo o poder a esses sábios e dispensar a plebe do aborrecimento de comparecer aos locais de votação.

    • Não, Pedro.

      A solução seria, de acordo com o pensamento do autor do artigo, DELEGAR a vontade popular para CONSELHOS formados por ESPECIALISTAS escolhidos pelo PT, como, por exemplo, conselhos comunitários, conselhos políticos, conselhos de segurança, conselhos da família, MST, conselho da educação, etc…

      Assim todos os eleitores, por não saberem o que é melhor para si, deixariam as decisões mais importantes do país para os especialistas petistas fazerem. Só eles, donos da razão, sabem o caminho da nossa salvação por serem guiados pelo Bessias…

      A situação estava indo nesse pé quando a Dilma Rousseff resolveu sair para ir ao toilette acabar o que começara na cadeira presidencial. Tomara que os mineiros sejam inteligentes!

  12. Tudo a ver com a charge.
    Do livro “História indiscreta da ditadura e da abertura – Brasil: 1964 – 1985”, de Ronaldo Costa Couto, página 67:
    “ Houve muita arbitrariedade e despreparo. Um exemplo pitoresco é a invasão da casa do poeta Ferreira Gullar no início de 1965, no Rio de Janeiro. Militares fortemente armados vasculharam tudo à procura de indícios e provas de militância comunista. De repente, o oficial-comandante descobriu uma pasta recheada de textos novos, em cuja capa estava escrito à mão: “Do cubismo à arte neoconcreta”. Chama um soldado: “Vamos levar isto”. Perplexo, o poeta explica que os textos tratam exclusivamente de arte contemporânea. Nada a ver com política. Mas o oficial, ar superior, encerra o assunto: “Pensa que me enrola, não é?”. Além de indignado, Gullar ficou intrigado. Mas depois matou a charada. Lógico: para o militar, cubismo só podia ser coisa de Cuba.”
    O que é Cubismo? É um movimento artístico vanguardista europeu, que surgiu no começo do século XX e se caracteriza pela utilização de formas geométricas para retratar a natureza. O cubismo foi fundado em Paris, através do renomado artista espanhol Pablo Picasso e do francês Georges Braque.
    Ferreira Gullar morreu em 04 de dezembro de 2016.

  13. O Brasil é o país da enganação :
    Aboliu -se os escravos , mas , não acabou a escravidão .
    Foi proclamada a independência , mas , continuamos sendo colonizados .
    Somos o eterno país do futuro , mas , eternamente subdesenvolvido .
    Se diz um país democrático , mas , vivemos uma ditadura velada , implantada pelas elites , com tutela dos capitães do mato ( Judiciário , Executivo , Legislativo, Exército e etc… ) .
    O golpe militar de 64 , arquitetado , financiado e comandado pelo USA e com subserviência do Exército , teve como pano de fundo , a colonização do país , em detrimento das suas grandes corporações e capital . Colonizaram nossos pensamento , nossos costumes e até mesmo , nosso vocabulário . Hoje , o povo brasileiro , na sua maioria , é um povo sem identidade , sem objetivos mais elevados e sem ideologia .

  14. Essa é a versão brasileira dos “deploráveis”, quando a hillary clinton acusou os eleitores de Trump de deploráveis.

    Cansados de difamar o candidato, agora partem para cima dos seus eleitores.

  15. Jornalistas que escrevem com “posição ideológica definida” e “raiva do candidato contrário a sua ideologia”, JAMAIS vão entender o crescimento de Bolsonaro. Analisar o próprio candidato ou seus eleitores não é uma tarefa difícil. Difícil mesmo é escrever que o Lula de 2002 já não era mais o Lula da década de 80 e que tanto quem é de Esquerda e quem não é nada, viu um “Lulopetismo-capitalista-ganancioso por poder” destruir o país e em pleno 2018, ainda estamos discutindo uma das principais pautas do PT nas eleições da década de 90: corrupção.

  16. Que comentário mais imbecil este, mas também pudera é de colunista da Foice, então não poderia ser outro que não este. O colunista acredita que todos os eleitores do capitão são antidemocráticos, fascistas de carteirinha e fãs da tal “intervenção militar”. Ele mente e sabe que mente porque os eleitores do capitão não querem mais no Governo gente ligada à esquerda, esquerdopatas que dividiram a sociedade com o discurso do “nós ou eles”, agora vivemos um clima de ódios, coisa que não ajuda ninguém. O colunista com certeza se convenceu de que todos os eleitores do capitão pertencem à elite e assim sendo são antidemocráticos. Antidemocrático é ele que não quer que o País mude.

  17. -Depende! Qual é a quantidade de melanócitos por milímetro quadrado de pele de quem disse a frase?
    -De acordo com os esquerdistas,
    no país onde o poste mija no cachorro, SÓ OS BRANCOS podem ser racistas.

  18. Sr. Rossi;
    A direita mais radical, só reapareceu agora, porque o centro esquerda mais a esquerda levaram o Brasil para uma crise financeira igual à de 1983 ( esta de 1983, provocou o fim do Regime Militar).

  19. Gostaria de saber deste alienado e quem votou no: Pezão, Crivela, Tiririca, Dilma, Maluf, Renan, Brabalho, Eunçio Oliveira, Aécio, Ciro, Marina, Moron, Quaquá, e todos os petistas, etc. São O quê?

  20. No Brasil , pelo que se vê , o caminho mais fácil para ser predileto nas pesquisas de intenções de voto , não é seu programa de governo , seu conhecimento , sua experiência , entre outros requisitos exigido , para se realizar uma boa administração . Basta sofrer um atentado . Então , que todos candidatos tramem seus próprios atentado . Pergunto ; Onde esta escrita a regra , que o voto deve ser procedente de comoções ou emoções ? Onde esta escrita a regra , que comoções , devem superar a razão ?

  21. Não acreditas em Deus, mas o culpas em razão da situação brasileira pelo passado, presente e futuro?!

    Obrigado.

    Pensei que os responsáveis pela caos atual fossem os eleitores e seus representantes no Legislativo, onde eu estaria incluso.

  22. O problema não é o Clóvis Rossi e sim os que leêm suas colunas e acreditam em tudo.
    Os lulistas fizeram a cabeça do rapaz, não tem pensamento original nos seus textos. Em marketing isto é chamado de posicionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *