O PT contra a Polícia Federal e o ministro Cardozo

https://ivanlucasblog.files.wordpress.com/2014/08/pf.jpg

O PT não gosta da PF, e a PF não gosta do PT…

Bernardo Mello Franco
Folha

O PT convocou o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, para um depoimento a portas fechadas. O objetivo é cobrá-lo sobre as últimas operações da Polícia Federal, que têm tirado o sono do governo e de dirigentes do partido.

Em resolução aprovada na semana passada, os petistas batem duro na Lava Jato e acusam “setores” da polícia, da Justiça e do Ministério Público de atuarem de forma “ilegal, antidemocrática e seletiva”. Como não há exemplos concretos, a queixa parece refletir apenas a irritação com as prisões de companheiros.

O texto também sustenta que há um “estado de exceção sendo gerado, em afronta à Constituição”. Em outra passagem, defende as empreiteiras do petrolão e diz que “é preciso apressar os acordos de leniência” e “impedir a quebra das empresas”.

MUITAS CRÍTICAS

O documento omitiu o nome de Cardozo, mas os petistas não têm poupado adjetivos para criticá-lo. Reservadamente, dizem que ele “não controla a PF” e deveria agir em defesa dos colegas de partido em apuros. Se as queixas estiverem corretas, o ministro merece elogios por respeitar a autonomia da polícia e a impessoalidade de suas investigações.

Desde o início do ano, Dilma Rousseff já citou a PF em ao menos cinco discursos. Na posse, em 1º de janeiro, exaltou sua “absoluta autonomia” como “instituição de Estado”. Em 16 de março, afirmou que o Brasil é “um país em que o Executivo assegura absoluta liberdade de ação à Polícia Federal”. Dois dias depois, disse que fortaleceu o órgão e garantiu “sua absoluta autonomia e isenção para investigar”.

Se os petistas divergem dessas ideias, deveriam convocar a presidente, não seu subordinado, para dar explicações ao partido.

###
PS
Ressuscitada de forma oportunista, a bandeira do parlamentarismo pode servir a muitos fins. Entre eles, o de entregar o poder a quem não o alcançaria pelo voto popular.

5 thoughts on “O PT contra a Polícia Federal e o ministro Cardozo

  1. “Não há exemplos concretos”?
    Daqui mais uns anos, irão desenterrar o projeto de lei do ex-deputado P Maluf, a chamada “Lei da mordaça”. Pelo projeto, as autoridades (PF e MP) que efetuarem acusações apenas baseadas em suposições, indícios, probabilidades, circunstâncias, manchetes e editorias da imprensa, etc… O tempo passa nenhuma prova concreta é encontrada e daí? O cidadão já está completamente condenado pela opinião pública, pelos vazamentos seletivos, fornecido durante a investigação e o processo. Tais procedimentos estão sendo usados diariamente, não sei mais em quem confiar.

    • José Luiz, até agora não apareceu um, apenas um que foi teve o nome divulgado que não estivesse envolvido até o pescoço. Se vão ser condenados, aí sim a história é outra, porque a justiça brasileira gosta muito de livrar bandido de colarinho-branco. E falando na lei da mordaça do Maluff, como bom pestista esqueceste que o PT também quer a mesma coisa.

  2. O PT-LULA está DESESPERADO.
    Uma onda fascista se apodera da opinião das esquerdas oportunistas.
    Agora o tema é se não for por bem será por mal.
    Sarajevo à vista!
    Junto com a falta de tudo ( água, saneamento, escola, hospital, rua, ônibus, segurança, poste, comida, emprego…) o caos está se aprofundando.
    Chega de distorcer os desejos da maioria….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *