O que deseja Lula, ao insistir tanto em regulamentar a mídia, que ele mistura com a internet?

Lula ameaça regulamentar a mídiaPedro Doria
O Globo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou nesta semana ao debate sobre “regular a mídia”. Entrou no assunto, como de praxe, de forma ambígua, confusa, misturando temas. Lula é também o favorito a chegar ao segundo turno contra o atual presidente, Jair Bolsonaro. Como Bolsonaro é golpista e quer ver a democracia pelas costas, faria bem ao Brasil que Lula esclarecesse quais são seus planos, suas ideias, o que quer dizer exatamente por “regular a mídia”.

Na quarta-feira, em discurso no Rio Grande do Norte, deixou claro que essa regulação é uma de suas prioridades. Numa entrevista ao Jornal da Bahia, afirmou que deseja o modelo britânico, não o cubano ou o chinês. Tanto melhor — Cuba e China são ditaduras.

DEU EXEMPLOS – “Vocês estão vendo o que fazem na internet? Espalham mentiras, receitam remédio para Covid que não funciona”, afirmou no Twitter, a modo de exemplificar onde há problema. Em São Luís, no Maranhão, deu outro exemplo: “Vi como a imprensa destruía o Chávez”.

Em 2012, fui observador internacional da última eleição de Hugo Chávez, a convite do Sindicato dos Jornalistas Venezuelanos. Em Petare, a maior favela de Caracas, assisti, numa seção eleitoral após a outra, aos fiscais do PSUV, partido do governo, orientarem os eleitores dentro da cabine de votação. Aqui chamamos de voto de cabresto. Estava no TSE de lá quando Henrique Capriles e Chávez disputavam voto a voto a contagem, e a luz do prédio simplesmente caiu. Quando voltou, mais de uma hora depois, Chávez abria folga.

O sindicato dos jornalistas não chamou observadores de todo o continente à toa — tinham medo. Medo dos motoqueiros milicianos de camisa vermelha, medo dos jornais tradicionais que já se desmantelavam sob constante ataque econômico e policial do Estado, da sombra da censura que se aproximava. Foi há dez anos.

AO CONTRÁRIO – Que fique claro: nem Lula nem Dilma Rousseff jamais tentaram fazer no Brasil o que Chávez fez na Venezuela. Bolsonaro é o chavista aqui. De direita, mas sua visão de democracia é a mesma.

Não faz sentido Lula trazer Chávez para uma conversa sobre imprensa se diz que deseja o modelo britânico. O modelo britânico para imprensa é a autorregulação. Jornais como Guardian, Financial Times e Independent escolheram que preferem não ser observados pelo órgão financiado pelo governo para observar a imprensa. É a isso que Lula se refere?

Por certo, não deve ser. A imprensa britânica, principalmente a sensacionalista, é conhecida internacionalmente por sua selvageria. Casos extraconjugais de políticos são divulgados nos mínimos detalhes, celebridades são perseguidas nas ruas por fotógrafos, há casos da captação de áudios privados por repórteres. No Brasil, não há nada sequer parecido com isso.

MÍDIA OU INTERNET? – Mas, afinal, Lula quer regular a imprensa ou quer regular a internet? Porque são coisas muito diferentes. No tuíte, ele cita o uso do modelo britânico para evitar que na internet se divulguem remédios falsos para Covid-19.

O modelo britânico não resolve esse problema — ninguém conseguiu ainda resolver o problema da informação falsa na internet. A primeira vez em que ficou claro no mundo todo o impacto das fake news nas urnas foi justamente no Reino Unido, em 2016, no plebiscito do Brexit.

A censura prévia à imprensa é proibida em cláusula pétrea na Constituição. Se Lula chegar ao segundo turno contra Bolsonaro em 2022, não haverá escolha para quem deseja viver numa democracia liberal. Isso quer dizer que Lula levará o voto de muitos que rejeitam suas ideias. Não há democracia sem uma imprensa com total liberdade de apontar corrupção crassa em governos como o dele. É hora de o ex-presidente ser claro a respeito do que deseja. Porque, até agora, ele está misturando vários temas distintos sem produzir sentido.

10 thoughts on “O que deseja Lula, ao insistir tanto em regulamentar a mídia, que ele mistura com a internet?

  1. Tudo tem que ter limites. A mentira mais ainda.
    A imprensa de um modo geral já tem limites porém muito lentos e por isso ineficaz. Escrevem uma mentira hoje e poderá levar um ano ou mais para ser desfeita. Este é o problema da mídia em geral.
    O problema das redes sociais é o anonimato.
    Deveria ser obrigatório a identidade do autor bem como do remetente.
    Número do celular, endereço IP, nome, dia, local, tudo.

    • Sr. Francês..,

      Ele é a alma mais honesta que existe neste Universo, segundo ele proprio,
      Ninguém é mais honesto do que ele, pode ser igual, mais, ele duvida.
      eu pobre mortal que pago centenas de milhares de impostos sou o maior desonesto que existe neste Planeta….

      Veja o que disse em video este morfético lazarento duma figa…

      Se tem uma coisa que eu me orgulho neste Páis, e não baixo a cabeça pra ninguém, é que, não tem neste Páis, uma viva alma mais honesta do que eu, nem dentro da Polícia Federal, nem dentro do Ministério Público, nem dentro da Igreja Católica, nem dentro da Igreja Evangélica, nem dentro do sindicado, nem no meio de vocês, pode ter igual, mais eu duvido.”””…

      https://www.youtube.com/watch?v=Qtpl_vbawcg

  2. Como diz o campeiro: Cachorro que come ovelha só matando
    Pois não é que o filho fenômeno nos negócios ataca outra vez???
    É o LULINHA, aquele ajuntador de merda que ficou milionário orgulhando enormemente o pai, voltou com toda forca.
    Agora, o filhinho prodígio ataca em outras áreas.
    Provavelmente com o ganho de seus negócios com uma produtora de eventos, apesar da pouca idade, LULINHA, é gênio agora no ramo imobiliário.
    Conseguiu encontrar um corretos de imóveis, meio quebrado, que mora numa área popular de Brasília, que comprasse uma mansão de 800 m2, na área mais valorizada de Brasília, por míseros 3.600.000 (preço de um terreno num condomínio aqui no RS) com apenas 50 mil de entrada.
    Ai este corretor lembrou-se que é muito, mas muito fácil, para qualquer brasiliense (nem precisa ser filho do presidente) conseguir empréstimos por 30 anos no BRB, com esta entradinha e juros de 3,5% ao ano. Foi lá e conseguis em pouquíssimo tempo.
    Ai, este mesmo corretor, achou que podia fazer o negócio de sua vida.
    Alugou esta mansão, para o LULINHA, por apenas 7.500 reais (preço justo para um apto de 100 mts em Porto Alegre) . Ah! Era uma mansão de 800 m2 no lago sul de Brasília?????
    Tranquilo afinal a prestação do empréstimo também e baixa, só 15.000
    Enquanto o negócio se desenrola nos próximos 30 anos, ele vai vivendo em sua casa modesta na periferia.

    LULINHA, claro, não tem nada com isso. Negócios são negócios, cada um que encontre o seu corretor.
    Realmente alguma coisa tem que mudar neste Brasil.
    Este negócios maravilhosos, não podem ficar restritos a apenas aos filhos gênios do Larapio.
    Por que só LULINHA, pode fazer isso?
    Pela justa distribuição dos bons negócios para todos.
    Chega deste monopólio de LULINHA e seus irmãos.

    AH, os filhos do mito também são gênios nos negócios?
    Sim tem aquela loja que rende mais que toda a Cacau Show, a Nestle e Kopenhagen juntas???

    Fofoca de comunistras que querem deixar a genialidade apaneas para o LULINHA.
    Para Ministro da Fazenda…… LULINHA o rei dos negocios

  3. A Globo falando de regulação da mídia é mais que suspeito.
    Como um traficante comentando o abuso em drogas.
    O Presidente posta e diz o que vai fazer quando quiser,e sua plataforma de governo.
    Se há pessoas que acham o tema pertinente,essas votam nele.
    Simples,isso chama-se democracia.
    Quem não achar pertinente que não vote.
    Não vai adiantar nada, a Jararaca ganha no primeiro turno.
    Jornada do herói faz parte do inconsciente coletivo

  4. A media mainstream está adorando esta prometida regulação porque está tomando de lavada para os blogs e sites independentes como este. As redes sociais estão cravando os últimos pregos nos caixões dos jornalões. E das TVs também. As eleições serão decididas nas redes sociais, quem for melhor, mais ativo e convincente leva a próxima eleição. Como a primazia da esquerda nas redes sociais acabou e não deixou saudades, o Luladrão sabe que se retornar ao trono do Palácio do Planalto a coisa é ressuscitar a mídia convencional, fazer as almas parvas que ainda veem o JN e, incrivelmente acreditam nele.

  5. É hora de Lula voltar para a cadeia e pagar por toda a roubalheira que sua organização criminosa efetuou no país, durante o seu mandato como Presidente. Fala sério!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *