O que pretendem os militares? Eles querem que os brasileiros não elejam Lula nem Bolsonaro

[38% dos eleitores não querem nem Bolsonaro nem Lula em 2022]

Pesquisa Exame/Ideia: 38% não querem nem um nem outro

Carlos Newton

Com a notícia de que não foi necessário fazer nova cirurgia de emergência, sabe-se que o presidente Jair Bolsonaro já não corre risco e pode se recuperar de uma maneira menos traumática. Assim, o tema mais importante do momento político voltou a ser a preocupação com o posicionamento dos militares da ativa em relação ao derretimento do governo, que parece um fenômeno sem retorno.

O mais curioso nisso tudo têm sido as análises dos jornalistas e cientistas políticos, que não conseguem se entender e estão batendo cabeça, como se dizia antigamente, levando ao desespero o respeitável público, que tenta obter alguma informação confiável sobre a tendência dos militares.

SEM VAZAMENTO – Esse problema ocorre por um motivo muito simples – em momentos de crise, não há vazamento de informações sobre o Alto Comando do Exército, a instituição que fala mais alto na hora da verdade, digamos assim.

Essa falta de conhecimento específico leva os jornalistas e cientistas políticos às mais diferentes posições. Se para uns a possibilidade de golpe militar está totalmente afastada, para outros essa hipótese não pode ser descartada, de forma alguma.

São duas posturas antagônicas – uma invalida a outra. Curiosamente, porém, as duas possibilidades realmente existem, porque os militares, a princípio, não querem nem pretendem participar de um golpe militar. No entanto, dependendo da evolução dos acontecimentos, eles podem até apoiar essa hipótese. Tudo depende do que vem pela frente.

FATOS CONCRETOS – Por formação, os militares são instruídos a raciocinar sobre fatos concretos. O primeiro deles é que jamais fariam uma intervenção institucional para manter Jair Bolsonaro no poder. Para o Alto Comando do Exército, Bolsonaro é uma enorme decepção. Assim, está certo quem diz que os militares não querem dar golpe de Estado.

O segundo fato concreto é que os generais consideraram um desrespeito ao país e uma afronta à democracia o procedimento do Supremo, que desde 2019 vem manobrando em benefício de Lula da Silva e dos corruptos civis e militares flagrados pela Lava Jato.

Os militares não gostaram nada da manipulação para tornar o Brasil o único país-membro da ONU (são 194) que não prende réus após esgotada a análise do mérito na segunda instância. E gostaram menos ainda quando o Supremo inventou a incompetência territorial absoluta, situação jurídica que não existe em nenhum outro país, e assim conseguiu anular as condenações de Lula e possibilitar a candidatura dele.

MANIPULAÇÃO DAS LEIS – Portanto, os membros do Alto Comando do Exército sabem que o Supremo, com a maior desfaçatez, manipulou as leis com objetivo político de libertar e eleger um criminoso vulgar como Lula.

Em tradução simultânea, os militares não aceitam a volta de Lula ao poder.  E isso hoje nada tem a ver com Bolsonaro, porque os generais agradecem muito os aumentos salariais, a previdência etc. e tal, mas também querem distância de Bolsonaro, acham que ele esgotou sua cota de erros desde de que organizou um protesto diante do Forte Apache, em abril de 2020, desrespeitando o Quartel-General do Exército.

E o que pretendem os militares? Bem, eles apenas querem que os brasileiros tenham juízo, não elejam Lula nem Bolsonaro e procurem um candidato mais qualificado para a função, que na Tribuna da Internet a gente costuma chamar de terceira via.

###
P.S.
Não importa agora quem será o candidato da terceira via. Quando estiver mais perto da eleição, o pretendente que estiver melhor colocado nas pesquisas deve ficar com a cabeça de chapa, o que estiver logo atrás será seu vice. Os demais serão candidatos a governador em seus estados, com apoio de todos os partidos que participarem dessa estratégica coalizão, que nos livrará de três problemas simultaneamente – de Lula, de Bolsonaro e de um golpe militar. (C.N.)

21 thoughts on “O que pretendem os militares? Eles querem que os brasileiros não elejam Lula nem Bolsonaro

  1. Aceitar a tutela de militares, “normalizar” isso em nossas cabeças, é pensar pequeno.

    Se em 1964, mesmo com quadros infinitamente melhor preparados que os atuais, os milicos “deram com os burros n’água”, imagine agora…

    A onda miliciana se alastrou até os milicos. Bem como o neo-pentecostalismo. Deixar essas duas vertentes fora das análises sociopolíticas é fazer análise capenga.

  2. Militares são um poder da República? Não. E não podemos achar que é normal eles aceitarem tal e tal governo e precisarmos da sua licença para ratificarem a escolha do povo.

    É como admitir uma ditadura e não uma democracia que, embora seus defeitos, ainda é a melhor forma de governo.

  3. 1) A Terceira Via já está sendo chamada de Via Nova, Via Atual, Via Contemporânea, Via Realista etc… ouvi alhures…

    2) Vem devagar… e por isso alguns já estão tremendo…

    3) Espero que vença esta Via do Meio…

  4. Então estou com os militares, porque o mito mostrou que só tem compromisso com os interesses da famiglia dele, dos donos de igreja e com a turma da velha política, o Centrão. E as preocupações do Luladrão todo mundo já sabe quais são.

    • militares não veem como uma família também… Trocar uma pela outra???
      Lembre-se do primeiro ato depois do golpe de 64 não foi pelo interesse público. Aumentaram em 100% os soldos dos militares…

  5. Não adianta Newton, a terceira via não vai vingar. O povo quer o sapo barbudo, que é uma barbada, só vc não vê. Vai ser como Vargas em 50, nos braços do povo. Na remota hipótese de haver eleições normais e limpas ele leva no primeiro turno, pra sua alegria.

  6. Não há outro em experiência, capacidade de gestão, honestidade …
    Ciro – a solução definitiva com seu Projeto Nacional de Desenvolvimento

  7. Carlosn newton, envergonha a profissão de jornalista…

    Ridículos seus panfletos a favor da natimorta terceira via.

    Agride o Lula a todo instante. Lula, q deixou o governo com 87 por cento de aprovação. Fez da China nosso parceiro comercial(deixando o E U A em segundo); pegou o salário mínimo em 80 dolares e deixou em 300 dolares.
    Governo q mais fez universidades e escola técnicas no país. etc etc

    Esta múmia q sobrevive graças ao capin monetário da caterva da direita, envergonha a imprensa tupiniquim.

    Por estas q o grande Helio Fernandes, se afastou dele.

  8. Bom noite , leitores (as):

    Senhor Carlos Newton nesse quesito ” os sucessivos desrespeito ao país suas leis e afronta à democracia o procedimento ” CRIMINOSOS ” dos ministros/juízes do Supremo, que desde 2019 vem ” SUBVERTENDO ” e manobrando em benefício de Lula da Silva e dos corruptos civis e militares flagrados pela Lava Jato , sou á favor que se afaste esses maus juízes e os punam até mesmo com prisão , pois são os maiores fomentadores e responsáveis pela criminalidade política/jurídica institucional no país, e punir todos os ex-juízes do STF que de alguma forma contribuíram p/a criminalidade no Brasil .
    No Brasil não faltam profissionais decentes e honrados p/ocupar os lugares dos atuais juízes do STF .

  9. Essas análises da Tribuna virou papo de criança. Eleitor de Bolsonaro não muda voto e nem os voto de Lula também mudam. Portanto essa terceira via vai pro espaço. Tire isso do repertório, terceira via é inviável.

  10. Senhor Leão da Montanha a informação:” Os militares brasileiros sempre bateram continência aos norte-americanos” não é verdadeira, não se esqueça que no governo Geisel o governo brasileiro contrariou interesses americanos prosseguindo com o desenvolvimento do programa nuclear, impedindo a inspeção americana e adquirindo as centrais nucleares da Alemanha. Eles cometeram erros, mas não esse.

  11. Com a rejeição alta do Lula e do Bolsonaro, sem contar com o derretimento do Bolsonaro nas pesquisas, a terceira via é viável. A análise do Carlos Newton é muito interessante e tem todo o sentido. Ambos dependem um do outro para poderem radicalizar seus discursos e assim afastar a terceira via, da qual eles têm muito medo.

Deixe um comentário para Jacques Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *