O que será que os generais pensam da venda de estatal altamente lucrativa como a TAG?

Resultado de imagem para generais charges

Charge do Ivan Cabral (ivancabral.com)

Carlos Newton

Com a liberação da venda das subsidiárias das estatais, em decisão da maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal, lá se vai uma das joias da coroa – a Transportadora Associada de Gás (TAG). E não mais que de repente, diria o “comunista” Vinicius de Moraes, um lucrativo e valiosíssimo monopólio estatal é transformado num monopólio privado e de capital estrangeiro, cujos lucros serão reinvestidos “lá fora”, onde o ministro Paulo Guedes ameaça ir morar.

Em abril, o consórcio formado pelo grupo francês Engie e o fundo canadense Caisse de Dépôt et Placement du Québec (CDPQ) apresentou a melhor proposta e está levando 90% da TAG, com os 10% restantes ficando de consolação para a Petrobras, que teve todo o trabalho de construir os gasodutos.

Foi um péssimo negócio para o Brasil. A transação só devolverá à Petrobras um valor total estimado de US$ 8,6 bilhões, a uma taxa de câmbio de R$ 3,85, o que equivale a R$ 33 bilhões.

LUCRATIVA – Acontece que, além de ser monopolista na área que atende, a TAG é altamente lucrativa. Em 2016, por exemplo, ofereceu aos acionistas um lucro de R$ 7 bilhões, ou seja, quase 20% do total a ser pago agora à Petrobras pelos geniais neoliberalistas, que os portugueses chamariam de “bestiais”.

Com a transação, a estrutura societária da TAG ficará da seguinte forma: Engie, 29,5%; Engie Brasil Energia (EBE), 29,5%; CDPQ, 31,5%; e Petrobras, 9,5%. Detalhe: a Petrobras terá de continuar operando os gasodutos da Transportadora Associada de Gás (TAG) durante três anos. Somente depois desse prazo é que a operação da malha será feita pelo grupo francês.

“É um período suficiente para que nós possamos juntar esforços com a Transpetro e discutir a forma de transferência dessa operação”, disse ao Valor um executivo da estatal. E a Petrobras informou ainda que a conclusão da operação estará sujeita à aprovação pelos órgãos de governança da Petrobras e de defesa da concorrência.

EOLSONARO APLAUDE… – O presidente Jair Bolsonaro, aquele que diz nada entender de economia, parabenizou nesta sexta-feira (dia 7) o Supremo Tribunal Federal por liberar a venda de subsidiárias de estatais sem aval do Congresso.

“As empresas-mãe, segundo o Supremo, passam pelo Parlamento”, lamentou o presidente, ressalvando: “Não deixou de ser um avanço. Meus cumprimentos, parabéns ao Supremo Tribunal, que agiu com patriotismo, contrário à política anterior que havia no Brasil nessas questões econômicas. O viés ideológico para se fazer negócio vai deixando de existir no Brasil. Meus parabéns ao Supremo Tribunal Federal”, disse Bolsonaro.

Em sua ignorância, ao invés de deplorar a venda de uma lucrativa estatal estratégica e a criação de um monopólio estrangeiro, o presidente aplaude a transação e ainda fala em “patriotismo” do Supremo. Sinceramente…

###
P.S. –
É claro que um homem despreparado como Bolsonaro não tem alcance para perceber o que realmente significa a venda de uma empresa como a TAG (do Rio ao Ceará) por 30 dinheiros, digo, 33 bilhões de reais. Antes, a Petrobras tinha vendido a NTS (Sudeste) para a canadense Brookfield. Mas e os generais que estão no Planalto e no Ministério de Minas e Energia? Será que também aplaudem a venda de valiosíssimo patrimônio público criado por outros militares que os antecederam no governo? Na dúvida, é preciso relembrar a velha dúvida de Francelino Pereira: “Que país é esse?”. E realmente ninguém sabe. (C.N.)

23 thoughts on “O que será que os generais pensam da venda de estatal altamente lucrativa como a TAG?

  1. Bom dia…

    O que eu sei, de ciência certa, é que a minha consciência está tranquila por NÃO ter votado nesse senhor e, portanto, nessa ENTREGA, como nas outras e nas que ainda estão por vir, NÃO estão as minhas digitais!!!

    Que vergonha!

    Onde estão os ” nacionalistas ” que defendiam essa turma que está no Planalto?

    Que horror!!!!

  2. Quanto a esses militares, a nação está, também, coberta de VERGONHA!!!

    Depois da atuação forte e decidida de um GEISEL, defendendo o Brasil, assistimos a essa plêiade de verde-olivas que nos decepcionam e enfurecem!

    Mas é evidente que o VERDADEIRO E ÚNICO DONO DO BRASIL, SEU POVO, VAI SE LEVANTAR CONTRA TUDO ISSO!!!

    Não tenham a menor dúvida!!!

    ” Ou ficar a Pátria LIVRE ou morrer pelo Brasil”

    • Militar não se mete em economia.
      Os funcionarios da Petrobras estao calados porque viram de camarote a roubalheira introduzidavpor lula e dilma.
      Pare de bobeira e preste atenção no que vimos ate aqui.
      A roubalheira cessou e tu não percebes?

  3. Bolsonaro, no seu desconhecimento do que é uma nação, ao se declarar patriota, acha que patriotismo é ser subserviente aos EUA, é vender empresas estratégicas e monopólios lucrativos às multinacionais.
    Com a Reforma da Previdência almejada pelo Paulo Guedes e a venda do patrimônio público, o Brasil caminha a passos largos para perder sua soberania, sua altodeterminação e se tornar uma verdadeira República de bananas.
    O Brasil está precisando de alguém que de um novo grito de Independência, ou Morte.

    • Vc tá aí no bem bom, ganhando uma nota preta, morando a orla, nunca teve dificuldade e vem com esse papinho de bobinho patriota.

      acorda, temos 30 milhões de desempregados e vc insiste nesse caminho ingênuo de que patriotismo só acontece a partir do estado.
      Os EUA sim, lá tem patriotismo, em que o estado não interfere na atividade privada e esta sei, traz progresso, traz emprego, traz bem estar.

      Vc só pensa em vc mesmo. nesses seus caprichinhos de menino mimado.
      Pra cima de mim?

  4. Existem várias empresas interessadas na compra da TAG, inclusive a holding Itaúsa. O preço é subsidiado em cima de avaliações de empresas especializadas. Petrobrás tem que focar em descobertas e exploração de petróleo, não no seu transporte. TAG é mais uma invenção para aumentar a carga da empresa e mais boquitas para alimentar. Realmente, 33 bilhões é pouco dinheiro (poucas empresas no Brasil tem este valor de mercado), afinal a esquerdalha sucateou a Petrobras em 500 bilhões.

      • O processo de compra ainda está no CADE e a Itaúsa se interessou pela compra. Procure se informar melhor. Então ocorreu licitação, não entregaram por poucos dinheiros? Tem que rir.

          • Descobriu a mina de ouro. Então, estar no Cade é exigência legal. A Itaúsa não ofereceu oferta porque achou o preço elevado, mas se interessou pela TAG. Então o Cade não pode barrar o processo? Realmente vc é bem informado.

          • Não é isso. Toda negociação que envolva monopólio tem de ser aprovada pelo Cade. O interessa da Itaúsa nada tem a ver com o assunto. Ela participou da licitação.

            CN

  5. E ainda vem com o papo de patrimônio público quando sabemos para que servem as Estatais. A Internet foi a maior invenção para o povo, afinal está ficando difícil as falácias dos esquerdopatas nacionalistas de meia tigela.

  6. A nosso ver é injusta a crítica aos Nacionalistas Generais das FFAA, especialmente os que estão no Governo Bolsonaro/Mourão com relação a venda de Ativos da Petrobrás SA, no caso TAG.

    A Petrobrás SA é uma Companhia petroleira integrada para ter mais estabilidade que atua em todos os campos da Indústria Petroleira, prospecção, produção petróleo/gás, Transporte, Refino, Distribuição e Revenda, Petroquímica, etc.
    Desde 1997 perdeu o Monopólio de atuar em todos os setores. A nosso ver, a perda do Monopólio ė que foi grave, para nós Nacionalistas.

    Quem são os Donos da Petrobrás SA hoje:
    Em números redondos:
    O Governo Federal CONTROLA via 51% das Ações Ordinárias que dão direito a Voto e mais 15% das Ações Preferenciais, o que dá um total de 38% da Petrobrás SA.
    Demais Empresas e Pessoas Físicas Brasileiras e FGTS controlam 22%.
    Investidores Estrangeiros via Bolsa de Valores de Nova York controlam 40%.
    Vejam que hoje, 40% do Lucro da Petrobrás SA vai para o Exterior.

    A exploração de petróleo/gás envolve Investimentos gigantescos e prazo de maturação de média 10 anos. Com a confirmação do Pré-Sal em 2005, para acelerar a exploração em 2010 a Petrobrás SA efetuou a maior Capitalização na Bolsa de Nova York de US $ 72,8 Bi. Além disso contratou uma Dívida de US $ 88 Bi. Que em 2017 representava uma Alavancagem de 3,2 ( Dívida em relação a geração de Caixa EBIDTA, hoje fim de 2018 essa Alavancagem já caiu para 2,5 ( Dívida em relação a geração de Caixa EBIDTA, ainda alta para uma Cia Petroleira que é de 1,5.
    daí a necessidade de vender Ativos.
    O que se deveria era vender Ativos preferencialmente para Empresas com Matriz no Brasil.

    A Petrobrás SA teve prejuízos em 2014, 2015, 2016 e 2017, só voltando a ter Lucro agora em 2018 ( R$ 26 Bj).

    Vemos que os Generais das FFAA fundamentais na criação da Petrobrás SA, seus Administradores até ontem, e criadores de quase toda nossa Indústria de Base, Siderurgia, Eletricidade, Petroquímica, etc, e os Nacionalistas em geral, não podemos fazer muita coisa numa Petrobrás SA que hoje é uma Cia Mista e cuja participação do Capital Internacional é de 40%.
    Mas era isso, ou levar 50 anos de atraso na exploração do petróleo/gás do Pré- Sal.

  7. Jornalista Carlos Newton,

    Seu texto, cuja parte em questão abaixo reproduzo, pela importância histórica e relevância que julgo ter, merece a seguinte revisão:

    O Lucro em 2016 não foi de R$ 7 milhões, mas sim de R$ 7 bilhões.

    “…
    LUCRATIVA – Acontece que, além de ser monopolista na área que atende, a TAG é altamente lucrativa. Em 2016, por exemplo, ofereceu aos acionistas um lucro de R$ 7 milhões, ou seja, quase 20% do total a ser pago agora à Petrobras pelos geniais neoliberalistas, que os portugueses chamariam de “bestiais”.
    …”

    Perdão, se ouso na revisão do texto.

    Um abraço fraternal.

  8. Para se ter uma idéia de valores, a Braskem vale hoje no mercado 35 bilhões e ainda falam que 33 bilhões é dinheiro de merenda. Realmente, a esquerda não tem limites para tentar ludibriar o povo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *