O ministro Paulo Guedes não perdoa Sérgio Moro, que tem atacado a política econômica

Offshore de Guedes

Charge do Duke (domtotal.com)

Vicente Nunes
Correio Braziliense

O ministro da Economia, Paulo Guedes, não economiza nas críticas ao ex-juiz Sergio Moro, que vem, sistematicamente, atacando a política econômica do governo. O Posto Ipiranga de Jair Bolsonaro sempre bateu no peito ao dizer que foi ele quem levou Moro para a equipe do então presidente eleito.

Antes mesmo de Bolsonaro sair vitorioso das urnas, Moro se reuniu com Guedes. Na ocasião, Guedes apresentou ao então juiz a proposta de transformar a pasta da Justiça em um superministério, agregando diferentes áreas do governo. Moro aceitou o convite em novembro de 2018 e abandonou a carreira da magistratura.

PASTORE, O RIVAL – Guedes está especialmente mordido com o fato de Moro ter escolhido como seu principal conselheiro econômico Affonso Celso Pastore, ex-presidente do Banco Central.

Um dos mais respeitados economistas da atualidade, Pastore é o maior crítico do ministro, que chamou o desafeto de “velho” e insinuou que ele deveria estar calado num asilo.

Auxiliares de Moro garantem que ele não tem nada de pessoal contra Guedes, mas, sim, contra a política econômica que maltrata, principalmente, os mais pobres.

PONTO MAIS FRACO – A inflação está em mais de 10% ao ano e nada está sendo feito de concreto para reverter esse quadro dramático, que conjuga, ainda, desemprego elevado e economia caminhando para a recessão.

Moro, por sinal, sabe que, hoje, a economia é o ponto mais fraco de Bolsonaro. E vai “botar o dedo na ferida” para tentar atrair o maior número possível de votos. Portanto, Guedes pode se preparar. Ele não será poupado dos ataques do ex-juiz, que se filiou ao Podemos e está disposto a ir para o segundo turno das eleições com Lula.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Como todos sabem, recordar é viver. E o colunista Vicente Nunes, um dos principais jornalistas de Brasília, vem nos lembrar que foi Paulo Guedes que atraiu o então juiz Sérgio Moro para a armadilha, prometendo apoio integral do governo para as 10 Medidas contra a Corrupção. Guedes não podia ter prometido nada, pois o resultado todos sabem: o presidente Bolsonaro e o grupo palaciano traíram Moro e apoiaram leis que hoje garantem a impunidade dos corruptos. Se Moro tivesse continuado como juiz, dificilmente o Supremo teria a mesma facilidade para “interpretar” as leis e cancelar as condenações de Lula, pois o magistrado teria direito de se pronunciar e demonstrar que a 13ª Vara de Curitiba era competente para julgar o chefe do esquema de corrupção que o PT instalou na Petrobras. Recordar é viver, não há dúvida. (C.N.)     

13 thoughts on “O ministro Paulo Guedes não perdoa Sérgio Moro, que tem atacado a política econômica

  1. Acabei de voltar do supermercado e não sei de onde o IBGE tira esses índices de inflação… 10% ao ano é uma piada. Como diz o nosso editor “e la nave va” felllinianamente para o buraco. O Chicago Boy Paulo Guedes é de uma incompetência abissal. Só espero chegar nas eleições de 2022 sem o caos social de passeatas com panelas vazias batendo. Sempre me pergunto: Se os Chicago Boys são tão bons, por que os EUA nunca nomearam um deles na área econômica?

    • Aqui no Brasil se o ginecologista é muito bom, já querem fazê-lo Presidente da República.
      Moro, continuando juiz, teria contribuído e muito para o fortalecimento do quadro institucional brasileiro.

  2. Em tempo: O Chicago Boy Paulo Guedes é incompetente em uma política que consiga gerar renda para a base da pirâmide, agora quando a visão é o oposto a sua competência é avassaladora. Hoje vi algo que nunca tinha vista nos meus 65 anos de idade, embalagens com ossos “de primeira” sendo vendidas a R$ 9,00 o quilo em geladeiras de supermercado e “de segunda” a R$ 5,00. Caos.

    • Desculpe discordar
      Mas o Paulinho Pirata é muito competente.
      È só ver o que ele faz com seu dinheiro.
      Aplicar “seu” (meu) dinheiro na Caixa Econômica Federal, nem pensar.
      Melhor os Bancos Piratas nas Ilhas Piratas de Tucanamayans..

  3. Sr. Eliel,sou obrigado a concordar com vos mercê.

    Celso Pastore, é um Malufista de carteirinha,entreguista,em1979 “quebrou”paulopetro.

    O interessante, são todos amiguinhos do “empresário Alberto Yuossef.

    PS: 1.está bem, não gostam do CIRO GOMES,que é anti establishment..

    PS: 2. Mas pra falar mal do governo Bolsanaro,tem que ter idoneidade,conduta ilibada…
    Marreco e Ovelha,ambos com culpa no cartório..

  4. Estão pouco se lixando para o povo
    Os comunopata adoram surfar no dinheiro público, enquanto comem Lagosta, Caviar e bebem vinhos e champagne francesa á garrafas 80 mil euros, dão pão com mortadela e tubaína para o povão…..
    O resto é conversa fiada em boteco de 5a categoria.

    Após UOL noticiar, prefeito de SP cancela gasto com carros em viagem a NY…

    https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2021/11/30/ricardo-nunes-nova-york-prefeito-sp-viagem-seguranca-gasto.htm?cmpid=copiaecola

  5. Agora entendi o motivo que o Sardinha está descendo a lenha no MoroDória….
    È por causa da última pesquisa da Data-Lixo onde o MoroDória pegou o 3o. Lugar do Sardinha….

    O negócio vai ficar bom demais….
    São tantas emoções, como diria Roberto Carlos….

    eh!eh!eh

  6. Insistir que alguém minimamente esclarecido foi enganado por um cabrón que passou quase 30 anos na câmara dos deputados mostrando sem disfarces toda a sua vilania, vamos é convenhamos, é muito mais que forçar a barra.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *