O trêfego Bolsonaro teve a ilusão de que poderia destruir um cidadão exemplar como Moro

As charges censuradas de Bolsonaro

Charge reproduzida do Arquivo Google

Carlos Newton

É realmente inacreditável a imaturidade e a falta de preparo de Jair Bolsonaro, um oficial do Exército que passou 28 anos na Câmara Federal, mas nada conseguiu aprender de política. Pelo contrário, dedicou seus sucessivos mandatos a uma suposta defesa dos salários e dos direitos dos militares, bombeiros e PMs. E criou uma curiosa grife política e tem elegido pai e três filhos, além da primeira mulher e do sargento Helio Negrão, que disputou a eleição com o codinome de Helio Bolsonaro e foi o mais votado no Rio de Janeiro.

Neste ano, Bolsonaro completa 33 anos de política, desde a primeira eleição para vereador, em 1988. Pode não ser um grande líder, mas maneja como poucos o marketing eleitoral e tem uma precisa noção de oportunidade, que o levou à Presidência da República na maré de antipetismo que varreu o país nas eleições de 2018.

A GRANDE SURPRESA – O que ninguém esperava é que Bolsonaro fosse meter os pés pelas mãos no Planalto, ao permitir que os filhos interviessem na política como príncipes regentes. Ninguém imagina também que o presidente, ao invés de ouvir seus colegas militares, fosse se aconselhar junto a um estranho guru virginiano, que foi capaz de ser astrólogo e defender o terraplanismo.   

Desde o início, Bolsonaro foi uma no cravo e uma na ferradura. Colocou no Ministério figuras notáveis, como o general Augusto Heleno, o juiz Sérgio Moro e o engenheiro militar Tarcísio Freitas, mas nomeou também personalidades caricatas como Ernesto Araújo, Damares Alves e Abraham Weintraub, criando um escalão do tipo chiclete com banana.

Nada se esperava do novo presidente, exceto não roubar nem deixar roubar, como dizia Ulysses Guimaraes. Era o suficiente para garantir-lhe a reeleição, mas Bolsonaro foi traído pela própria família.

RACHADINHAS E FANTASMAS – Uma das lições políticas de Bolsonaro aos filhos foram as rachadinhas e os funcionários fantasmas, que Flávio e Carlos aprenderam rapidamente. E logo surgiram as investigações contra os dois, que envolvem até a primeira-dama Michelle.

O pacto celebrado no ano passado com os presidentes do Congresso e do Supremo praticamente paralisou os inquéritos, mas a ameaça permanece e se robusteceu com a CPI e com o inquérito no Supremo que investigam as fake news, com envolvimentos dos três filhos.

A briga com Moro derivou daí. Como presidente, Bolsonaro achou que poderia obter informações sobre as investigações na Polícia Federal sobre as fake news, como se fosse possível corromper um homem como Sérgio Moro.

DEU TUDO ERRADO –O ministro Moro se demitiu dia 24 e disse os motivos. Se Bolsonaro tivesse permanecido calado, em 15 dias o assunto sumiria. Mas o presidente é movido pela ira, tem uma noção totalmente errada sobre o que significa ser presidente e mandou o procurador-geral Augusto Aras apresentar queixa-crime contra Moro, acusando-o de denunciação caluniosa e outros seis crimes. O resultado aí está.

Como seria de se esperar, deu tudo errado, já está provado que o presidente da República queria “afinidade” com a Polícia Federal para evitar perseguições à “minha família e meus amigos”, segundo suas próprias palavras.

Não é preciso dizer mais nada.  Assim, em breve vamos agradecer ao juiz Moro por ter nos livrado de Bolsonaro e deixado o governo com um outro militar mais preparado e que tem jeito de estadista.

###
P.S. –
Neste imbróglio todo a grande decepção é a postura dos generais Eduardo Ramos e Braga Netto, que apoiaram Bolsonaro contra Moro, mesmo sabendo que o ministro tinha toda razão. Também o  general Augusto Heleno deixou a desejar. Na reunião ministerial do dia 22, Heleno teve a coragem de defender a posição de Moro, os outros dois ficaram calados. No depoimento desta terça-feira, Heleno disse que não se recorda da cena e que precisa assistir novamente à fita. Foi decepcionante esse comportamento de um chefe militar do gabarito de Augusto Heleno. Mas a vida é assim mesmo, a gente se decepciona todos os dias. (C.N.)  

39 thoughts on “O trêfego Bolsonaro teve a ilusão de que poderia destruir um cidadão exemplar como Moro

  1. Os três generais são exemplos de caráter. Conheço-os muito bem.
    Melhor que a maioria deste blog.
    Falam a verdade, por princípio.
    Decepcionante foi o Moro, gravando, antes, todas as conversas, e pelas ligações com o PMDB.

  2. Lembro-me muito bem de que nos primeiros meses de governo Bolsonaro o Carlos Newton já dizia frequentemente, nesta Tribuna, que Moro estava insatisfeito ou que estava se arrependendo de ter trocado a magistratura pelo ministério,

    Eu, Francisco Bendl e outros comentaristas dizíamos que não era bem assim, que Moro saberia sair do governo, se julgasse necessário, dentre outras coisas nesse sentido.

    Pois agora concluo que o Carlos Newton estava certo desde o início. A insatisfação do Moro foi crescendo sem parar, mês a mês, a cada traição que recebia de Bolsonaro.

    Como se não bastasse, Bolsonaro foi começando a forçar o Moro para que este cruzasse as linhas da legalidade e da moralidade.

    Afinal o presidente é um criminoso contumaz, que inseriu toda a sua família em armações criminosas dversas. Portanto para ele cruzar as tais linhas é algo natural e necessário.

    E foi aí que a realidade desabou sobra cabeça do ex-juiz: seria impossível continuar no ministério sem se sujar; ou mesmo sem se tornar um cúmplice!

    Moro pede então demissão no momento mais adequado (ou perfeito), munido de informações importantíssimas e avassaladoras sobre crimes do presidente.

    E de agora em diante vamos ver como as nossas instituições da república agirão. Milhões de apoiadores do presidente já desembarcaram dessa canoa furada, porque a realidade se lhes tornou inegável.

    O fim da linha para Bolsonaro está chegando, graças ao excelente trabalho do Moro.

  3. Assim é se assim lhe parece.
    Bolsonaro já está morto de morte matada.
    Nunca tantos deveram tanto a tão poucos, a Imprensa deve entrar para o Panteão dos Heróis da Pátria.
    Ele, o defunto, e os outros generais vão purgar suas melenas no mármore mais quente do Inferno de Dante, sem remissão, já que na entrada do Inferno está o dístico, ” Vós que entrais, deixai aqui fora todas as vossas esperanças”.
    Uma medalha especial pelo feito ao senhor Carlos Newton, o Ultimo dos Moicanos.

  4. Realmente a surpresa foi o senhor Heleno.
    Sr.Heleno,muito antes de participar desse governo,sempre concedeu entrevistas pro jornal Correio do Povo, Rádio Guaíba.
    Sempre demonstrou preocupação com os nossos problemas,(corrupção,toma lá da cá,pessoas mentindo pra ficar no poder, sucateamento do parque industrial,esses financiamento para o exterior em detrimento dos nossos,etc..),e por servir a ONU seus conhecimentos eram relevantes,ao ponto,EU,ter sugerido, a concorrer a Presidente.
    Está escrito aqui nos anais dessa tribuna.

    Em,relação aos outros patetas,nenhuma surpresa, estão defendendo as boquinhas.
    Ficou claro,quem são os interesseiros, todos da mesma laia do PT.
    O centrão que o diga, né Bob Jeff…

  5. Eu disse aqui que, os ministros generais iam dar
    uma mãozinha ao bozo .Não deu outra!

    Dizer que Valeixo está do lado do Bozo, é uma tremenda falta de conhecimento de causa.

  6. CN, você continua querendo distorcer a verdade. Assume que errou! O Moro fez um grande trabalho na lava jato e pronto. Como ministro passou invisível aos olhos da nação e segurou várias ações da PF. Os próprios policiais não estavam satisfeitos com ele. O Valeixo deixou ele na mão, pois não compactuou com as mentiras ditas por ele. Os generais relataram os fatos reais e ficou ainda pior para ele. Já disse aqui nesse espaço, quando o moro percebeu que o golpe orquestrado por Botafogo, suíno, entreguista, alegre e alguns da pocilga STF, tratou de tirar seu time de campo. Não quis esperar 2026. A mosca azul do poder tirou-le a devida paciência. Como o próprio Moro falou, trata de proteger sua historia CN, para de barrigada. Você é melhor que isso.

  7. Opinião é opinião, a ninguém o possa negar. Daí a tratar o cidadão(ex-juiz) de exemplar… Mesmo numa análise menos aprofundada – o caso Banestado já revela o odor do seu “caráter”.
    .
    Escolhidos que foram a dedos e mãos manchados de sangue e de saques do ex-oficial de baixa patente e rasteira mora – expulso por uma “reforma brasuca -, não vejo nesse governico um único integrante que seja honesto ou que tenha um mínimo de compromisso com os interesses da maioria absoluta do país… que dirá do próprio país.
    .
    Quem (sobre)viver, verá.
    .
    PS. Creio ser ingenuidade se decepcionar com qualquer uma dessas figuras acima citadas.

  8. Decepcionante foi o papel do general Heleno, para defender o chefe sujou a própria biografia, coisa imperdoável num homem tão respeitado mas, nada como um dia depois do outro. Agora o governo caminha para o ocaso, o dólar vai lá para as alturas, viveremos tempos como os do governo Sarney e Dilma, um dia depois do outro. E já estará ótimo.

  9. Oi CN, isso preparaste para antes da apresentação do video. Sujeito acorda, já passaram 2 dias e no video não tem nada contra Bolsonaro. Para de mentir, você não deve ser jornalista, porém seja uma pessoa de bem, escreva verdade e não destile ódio ou frustração. Vivemos em democracia, assim o Presidente foi eleito no voto da maioria dos brasileiros e agora deixe governar. Não te conheço, porém não deves ser uma pessoa de bem. Só mentira, distorção dos fatos e para que? Criar o caos no Brasil? Qual é a tua? Sonso, não conseguiras porque o povo não é idiota e quanto mais os inimigos da pátria ficam contra Bolsonaro ele fica mais forte e firme no governo. A esperar mais dois anos e provavelmente também a reeleição. A esperar até o 2028!!!

    • Todos os Presidentes eleitos foram votados pela maioria….ocorre que nós eleitores criamos expectativas em cima do nosso candidato.
      No caso do Bolsonaro, em quem eu também votei, foi o Combate a Corrupção. Porém, nao preciso relatar o que ele tem feito, nao condiz com o que prometeu em sua candidatura.
      Infelizmente cometemos erros e nao vejo problema e assumir os meus. Como já disse anteriormente aqui no blog, votei no PT e nao voto mais, votei no Bolsonaro e nao voto mais, pelo simples fato de ver as atitudes dele…que nao condiz com a fala.
      E que cada um enxergue e aceite o que quiser!
      Mas ter um pouco de senso crítico nao faz mal a ninguém…acho até importante para nos impormos e definirmos espaço no mundo.

  10. O Grupo Orcrim da Corrupção; fez um trabalho magnífico.
    Inicialmente foram para o enfrentamento, mas, o povo respondeu apoiando a lava jato e O Grupo percebeu que não era por aí.
    Se recolheram, gatos angorás para um lado, Eliseu’s Patrilhas para outro e começaram a procurar o melhor caminho e eis que ele aparece, pois sempre tem um melhor caminho além do da
    honestidade de pensamento e atos no trato da Coisa Pública.
    O Moro infantilmente aceitou ser Ministro do coiso, provavelmente sem ao menos ter analisado minuciosamente a vida parlamentar do coiso.
    Se tivesse feito isso, ele não teria entrado na arapuca que o destino preparou.
    O coiso, prometeu mundos e fundos para cooptar o Moro e ele “achou”? que iria ter prosseguimento a moralização do Brasil, com leis rigorosas contra o Crime Hediondo da Corrupção.
    Mandou um pacote “supimpa” para o congresso e o mesmo ” ….. e andou” para o mesmo e fez mais, desvirtuou e tratou de eliminar qualquer risco de um deles ser preso novamente.
    Criaram e aprovaram a Lei de Abuso de Autoridade, mandaram o coaf para o Ministério da Fazenda, lei liberando prisão só após “transito em julgado” tudo respaldado pela pocilga do stf.
    Moral da estória: O juiz, policial, procurador entre outros no exercício de suas funções, podem ser processados por abuso de autoridade o que mesmo sendo inocentado mais tarde, vai dar “um trabalhão danado” para o incauto que não sabia com “quem estava se metendo”.
    O corrupto solo ou a ORCRIM, só tem que ter uma preocupação: Desviar $ o suficiente para pagar uma boa banca de advogados e sobrar algum para “curtir” com a família nas Ilhas Maldivas ou Cancúm, pois ninguém é de ferro.
    Bom dia a todos e Deus nos Proteja.

  11. Chantagearam o “coiso” com o evento do queiroz, das rachadinhas entre outros e o mesmo “rasgou” as bandeiras de campanha e foi negociar “pacto de não sei o que” e depois deste pacto, não vetou nada do que veio do congresso para proteger os hediondos genocidas da corrupção.

  12. Fico impressionado com os comunistas e, provavelmente, ateístas a começar com o Sr. CN. Quando as mentiras sobre o Presidente não avançam ficam desesperados. Os comunistas acreditavam que o depoimento do Sr.Valeixo seria bomba atômica no colo do Bolsonaro. Prevaleceu a verdade. Valeixo falou a pura verdade e a bomba foi pro colo daqueles que torcem desesperadamente pra saída a ponta pé do Bolsonaro na rampa do Planalto. Os maus brasileiros agora distorcem a realidade e dizem que Valeixo está do lado do Bolsonaro. Romeu Tuma Junior nos diz o significado dessa artimanha dos comunistas na capa do seu livro: “Assassinos de Reputação”. Sim, agora querem desonrar o delegado da PF Valeixo só porque falou a verdade. Uma coisa digo, a verdade sempre prevalecerá sobre a mentira, ainda que possa retardar por um tempo. O consolo de vocês é: aceitar a verdade (raramente comunistas/esquerdistas aceitam isso). Seria uma atitude nobre ou desconversar (neste caso pra esquerdistas/comunistas é mais palatável). Não leitores, nem uma nem outra. Melhor pra essa turma mesmo é desonrar a pessoa que atrapalha seus planos nada republicano.

  13. Fico impressionado com os comunistas e, provavelmente, ateístas a começar com o Sr. CN. Quando as mentiras sobre o Presidente não avançam ficam desesperados. Os comunistas acreditavam que o depoimento do Sr.Valeixo seria bomba atômica no colo do Bolsonaro. Prevaleceu a verdade. Valeixo falou a pura verdade e a bomba foi pro colo daqueles que torcem desesperadamente pra saída a ponta pé do Bolsonaro na rampa do Planalto. Os maus brasileiros agora distorcem a realidade e dizem que Valeixo está do lado do Bolsonaro. Romeu Tuma Junior nos diz o significado dessa artimanha dos comunistas na capa do seu livro: “Assassinos de Reputação”. Sim, agora querem desonrar o delegado da PF Valeixo só porque falou a verdade. Uma coisa digo, a verdade sempre prevalecerá sobre a mentira, ainda que possa retardar por um tempo. O consolo de vocês é: aceitar a verdade (raramente comunistas/esquerdistas aceitam isso). Seria uma atitude nobre ou desconversar (neste caso pra esquerdistas/comunistas é mais palatável). Não leitores, nem uma nem outra. Melhor pra essa turma mesmo é desonrar a pessoa que atrapalha seus planos nada republicano e enaltecer os maus brasileiros que jogam no seu time ou enaltecer todos aqueles que possam ajudá-los nessa utopia de “quanto pior, melhor”.

  14. Para esse pessoal, evolução é ganhar 14 salários limpinhos enquanto “fica em casa”, ou ser promovido para diretor de unidade com o dobro de privilégios.

    PS: O cumulo da revolta, é os professores estarem bravos (mesmo recebendo os privilégios em dia), por não poderem fazer greve este ano.

  15. Fiquei 15 dias fora da TI porque doente e hospitalizado.

    Li a maioria dos comentados publicados desde 4 de maio até ontem, dia 12.
    Quase duas semanas depois nada mudou com relação às acusações contra Newton e o blog.
    Não percebi nada de criativo, de argumentos novos contra o editor porque comunista ou pelo fato de “torcer” pela queda de Bolsonaro, esforçando-se para essa finalidade!

    Alegro-me por estar de volta.
    Abraço a todos, indistintamente.
    Saúde e paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *