OAB defende ‘independência’ entre os poderes e critica buscas no gabinete de Bezerra

Imagem relacionada

Charge do Chico Caruso (O Globo)

Pedro Prata e Fausto Macedo
Estadão

A Ordem dos Advogados do Brasil divulgou nota na qual manifesta ‘preocupação’ com a operação de busca e apreensão realizada nesta quinta, 19, no gabinete do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB–PE). Na nota, a OAB diz que a operação foi feita ‘à revelia das Casas legislativas e baseada em fatos extemporâneos’.

“Medidas de tal gravidade, seja em relação a qualquer cidadão ou em face de um outro poder da República, mereceria no mínimo o requerimento expresso do titular da ação penal, o Ministério Público“, acentua a Ordem.

BARROSO BANCOU – A Procuradoria-Geral da República manifestou-se contra a investida policial nos endereços do senador alegando que seria uma medida de pouca utilidade, mas o ministro Luís Barroso, do Supremo, ignorou esse posicionamento e deu sinal verde para a PF agir.

“Na ocasião de oitiva da Procuradoria-Geral da República, esta se manifestou contrária à medida deflagrada na data de hoje, por entender que ali não estavam presentes os requisitos legais que a autorizassem”, destaca a OAB.

O apartamento do senador e o gabinete do deputado federal Fernando Filho (DEM-PE), filho de Bezerra, também foram alvo de buscas.

DIZ A DEFESA – Segundo o criminalista André Callegari, que defende o senador Fernando Bezerra e seu filho, a PGR opinou contra as buscas, afirmando que ‘a medida teria pouca utilidade prática’.

‘A separação e a independência entre os Poderes são bases do Estado democrático de direito e não podem, sob nenhuma hipótese, serem abaladas’, salienta a nota da OAB, que acredita que deve ‘proteger as prerrogativas do Parlamento brasileiro, reafirmando a crença na independência dos poderes’.

“Poderes harmônicos e independentes não são soberanos e se encontram sujeitos aos ditames da Constituição Federal.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A OAB mudou muito. Antes, era defensora das liberdades democráticas. Agora, defende os criminosos, para garantir o faturamento dos advogados. Era uma entidade; hoje é um sindicato de fancaria. (C.N.)

27 thoughts on “OAB defende ‘independência’ entre os poderes e critica buscas no gabinete de Bezerra

  1. Este, é o período mais ordinário, infame mesmo, da história da antes gloriosa OAB. Ou nós, advogados, conseguimos um maneira de evitar que a instituição caia em mãos inadequadas, incompetentes, parciais, como a destes tempos, ou chegaremos ao ridículo absoluto. Se é que já não chegamos ! Melancólico.

  2. Essa outra falsa história que os poderes são independentes é de amargar!

    Jamais foram tão unidos quanto agora.

    E que besteira essa manifestação de pretensa autoridade da OAB, questionando o STF que ordenou uma devassa no gabinete do parlamentar ladrão!

    Só falta o antro de venais, o tal de congresso, ser declarado território independente, proibindo a entrada de quem quer que seja, isto é, se alguém for assassinado, uma mulher estuprada, os gabinetes atulhados de dinheiro roubado, o congresso veda a entrada até mesmo de policiais, pois se considera inexpugnável às leis que ele mesmo elabora!

    O parlamento nacional quer ser uma república encravada em plena capital do Brasil ou, lá pelas tantas, uma espécie de Embaixada.
    Claro, a Embaixada do Crime, de ladrões, traidores, vagabundos, corruptos, incompetentes, inúteis, a ralé política brasileira, a máfia travestida em poder legislativo!

    Quer dizer, até mesmo as dependências do prédio QUE PERTENCE AO POVO, À UNIÃO, a malandragem quer proibir a entrada de policiais por que se julgam imunes às investigações??!!

    • Voltamos a Idade Média. Cada feudo com seus castelos, bem defendidos e inexpugnáveis. Estes senhores feudais estao se esquecendo que os canhões atuais, sao muito mais potentes.

      1964, foi uma comemoração especial de 7 de Setembro, onde os soldados se exibiram nas principais cidades do Brasil. Houve condecoraçâo em demasia e nada de fuzilamento. Foi um carnaval armado. Confundem movimento armado com revolução

      O BRASIL NECESSITA DE UMA REVOLUÇAO AUTÊNTICA E COM FUZILAMENTO EM MASSA.

  3. POLÍTICA

    Guzzo implacável: “Maia comandou um assalto”
    20/09/2019 às 05:43

    O presidente da Câmara dos Deputados é efetivamente uma figura extremamente nociva ao país.

    Essa é a constatação do inigualável jornalista José Roberto Guzzo
    .
    Objetivo e direto ao ponto, Guzzo detectou:
    “Rodrigo Maia faz cara de ofendido quando é chamado de ladrão, mas acaba de comandar um assalto direto ao erário chamado ‘reforma eleitoral’. Roubar o dinheiro do imposto que você pagou aprovando leis é o mesmo que roubar apontando um revólver para a sua cabeça. Roubo é roubo.”

    Perfeito!

    O “Botafogo” é capaz, de fato, de qualquer atrocidade, basta que tenha oportunidade e necessidade, para colocar em prática.

    Acuado, chora.

    São autênticas lágrimas de crocodilo.

    da Redação

    https://www.jornaldacidadeonline.com.br/noticias/16454/guzzo-implacavel-maia-comandou-um-assalto

  4. Alguém tem de dizer a OAB que frases de efeito, são a mesma coisa que um regador na chuva. O STF manda investigar, legisla e manda fazer busca e apreensão, qual o problema? Dentro do senado o que é a cereja do bolo. Qual senado vai mandar abrir processo de impedimento de ministro do STF? Deixa o Barrosão ficar. Mandar soltar calhorda preso como fez Gilmar não incomoda tanto a essa OAB.

  5. No tempo em que eu era criança meu pai criava gado e engordava porcos que matava para a venda da carne. A matança que ocorria mensalmente cortava o nosso coração de criança ao ouvir os gritos de dor e desespero dos porquinhos indefesos apunhalados. Depois de mortos nunca recusamos as suas costelas fritas e o lucro benfeitor. Afinal, eram porcos.
    Essa é minha metáfora para explicar a existência contínua do status quo brasileiro. Os políticos e os poderosos roubam, desgraçam nossa vida e nosso futuro como país; eles nos apunhalam impiedosamente apesar dos nossos reclamos de desespero e dor. E por que iriam se comover com nossa dor, se nossas costelas fritas lhe servem de repasto?
    Os porcos precisam fazer de novo a sua revolução, dar um basta a essa pouca vergonha reinante e expulsar novamente *Mr Jones da sua fazenda.

    *Animal Farm, George Orwell.

    • Mas lembre-se, no final de “Animal Farm” a revolução foi boa para os porcos e apenas para eles. Os outros animais que se juntaram aos porcos para banir o velho fazendeiro acabaram ainda mais explorados, e no final já não eram mais capazes de distinguir os porcos dos humanos.

      • Metáforas à parte, temos de eliminar os humanos porcos, ou seja, os parlamentares.

        Vá lá que não os matemos, apesar de não faltar vontade, mas que sejam retirados do nosso convívio, pelo menos, fechando as suas pocilgas onde deitam e rolam na lama misturada com seus próprios excrementos!

  6. Pois é, pois é …

    Quando digo que uma das soluções é fechar o Legislativo, recebo críticas de uns e outros!

    A Revolução Francesa, em 1.789, foi denominada como a Queda da Bastilha porque foi um assalto popular à prisão e símbolo de opressão do antigo regime, além da captura da pólvora armazenada neste local.

    Elmir Bello disse uma verdade:
    Enquanto não pusermos abaixo o castelo do congresso, local de corrupção e roubos, a cada dia este país se torna pior, consequentemente, o povo empobrece e se torna miserável.

    • Temos todos tiranos lá. No reinado era apenas um, agora são quase 600 decidindo o quanto vão poupar nos tirando direitos. O pior é derrubarmos esse Congresso e aparecer algo ainda pior justificando seus atos para nos defender doa antigos.

      • Se temermos dar o primeiro passo, nunca faremos uma caminhada. A realidade é que o Congresso que temos é inútil e nocivo e não ganhamos nada em mantê-lo.
        Para azarar a situação, elegemos por descuido um desastrado e incompetente para presidente. O O “Vem, vamos embora, que esperar não é saber” nunca foi tão atual como agora.

        • Ano passado, no início de 2018, enfatizei que eu teria a solução para acabar com essa farra do congresso com o nosso dinheiro, e de legislar em causa própria, subjugando-nos aos seus caprichos e ânsia por dinheiro.

          Meio que fui alvo de deboche neste blog incomparável.

          De lá para cá, postei inúmeros comentários, onde ao final de cada um deles, eu clamava pelo fechamento do legislativo.

          Novas críticas, inclusive que eu deveria ser enquadrado pela Lei de Segurança Nacional!

          Mas, de um tempo para cá, constato que mais pessoas me acompanham nesta ideia de solucionar o problema mais grave do País, e que impede o nosso desenvolvimento e melhorias para o povo, que é fechar o legislativo e implementar-se as reformas urgentes e necessárias que devem ser feitas.

          Pedro Meira, Peçanha, Jaburu, Elmir Bello, eu, Chico Bendl … já fazemos coro para esse fato, que o cerne, a raiz de nossos males, encontra-se no parlamento, que precisa ser extirpado, de modo que possamos nos curar dessa doença terminal!

          E, volto a dizer:
          Tenho a solução.

    • Souza, meu conterrâneo,

      Apesar de eu ter notado que não me diriges mais qualquer comentário, pois venho postando críticas contundentes contra Ciro Gomes, e este deve ser o motivo, acho que vou aumentar essa tua raiva por mim, lamentavelmente.

      No texto acima, de tua autoria, postaste um sofisma interessante, uma falácia, e não vai aqui qualquer ofensa a isso, não mesmo.

      Apenas quero enaltecer a contradição escancarada da expressão que usaste:
      “Ruim com a democracia,pior sem ela…”

      Che, mas por que cargas d’água, o povo deve conviver com aquilo que é ruim??!!
      Não pode ser algo bom, produtivo??
      Se esta falsa democracia é ruim, e é mesmo, a ponto que tu mencionaste essa afirmação, certamente haverá um regime que não seja assim tão enganador, injusto, segregador, separatista.

      A democracia brasileira é um engodo, mentira, sórdida e solerte na sua execução.
      Não podemos considerar democracia porque votamos para eleger o parlamento e executivo e, deu, mais nada!

      As medidas, as providências, os decretos, as leis, decididamente são feitas para manter o sistema, proteger os poderes, alimentar a impunidade, e nós estamos alheios a esses objetivos.

      Olha, ruim com essa democracia, pior sem ela, eu inverteria essa expressão:
      Essa democracia é o pior regime que temos, pois um ruim seria melhor!

      Abraço gaúcho, nesse 20 de setembro.
      Saúde, gaudério.

      • Caro Bendl, não nutro qualquer sentimento raiva,ainda mais se tratando de políticos…

        Pra ser franco,como é nossa característica fiquei sim,chateado lá pelos post dos dias 3 a 5.
        O senhor sabe muito bem..

        Digo lhe,sou provinciano,de pouco estoque di vocabulário,di retórica.
        Não sei escrever, cheio di erros concordâncias verbal,e erros ortográficos,apesar que uso o celular para escrever..

        Me sinto incapaz,de dissuadir,de suas convicções e da sua CARACTERÍSTICA…

        Sei que significa o 20 setembro…
        Aceito seu chimarrão,mas erva tem que ser boa ..

        Forte abraço…

        • Souza,

          Corri às páginas que indicaste, as 3 e 5, onde dizes que ficaste “chateado” comigo.

          Nada encontrei.

          Considerei que poderiam ser a 13 e a 15.
          Na 13, sim, encontrei algo que nos colocou em rota de colisão.
          Mas, para o bem de todos nós, o choque não aconteceu, porém tiramos lasca um do outro.

          O problema, gaúcho, é quando algumas indiretas que possuem alvo específico, apresentam-se de forma generalizada, atingindo tanto quem está perto quanto longe.

          No dia anterior à tua postagem, recebi pela enésima vez a acusação de “censurar” comentários, de desaparecê-los.
          Mais uma vez fui vítima de calúnia, de uma mentira torpe, até mesmo explicada por Carlos Newton essa impossibilidade de um comentarista ter acesso à censura!

          O cara é obcecado, perturbado, e não adianta.

          No dia seguinte te queixaste para o Mediador, que um comentário teu ainda não fora publicado.
          E, foste irônico, pois afirmaste que, possivelmente, Newton aguardaria a liberação do teu texto advinda do sensor prolixo!

          Em seguida, te desculpaste ao Mediador, pois
          te enganaste, o texto já estava publicado e não percebeste.
          O teu pedido de desculpas foi em seguida, e eu aproveitei para te questionar se havia ou não o tal sensor prolixo?

          E fiz isso por três vezes.

          Primeiro episódio resolvido, mais uma questão:
          Não sei os porquês de teres mencionado o seguinte:
          “Digo lhe,sou provinciano,de pouco estoque di vocabulário,di retórica.
          Não sei escrever, cheio di erros concordâncias verbal,e erros ortográficos,apesar que uso o celular para escrever..

          Me sinto incapaz,de dissuadir,de suas convicções e da sua CARACTERÍSTICA…”

          Meu caro conterrâneo, eu já fui criticado em vários assuntos colocados para debates ao longo desses 9 anos que estou neste blog.
          Mas, NENHUMA crítica me fizeram ainda, pelo fato de eu JAMAIS ter comentado sobre a forma como o comentarista se expressa, JAMAIS!!!

          Mesmo porque, Souza, quem sou eu para isso?
          Tenho publicado à exaustão que completei o Ensino Médio aos sessenta anos, dez anos atrás, logo, que condições eu teria para ser pedante, de corrigir ou criticar textos alheios na ortografia, acentuação, concordância verbal, pronomes átonos e oblíquos, metáforas, apócopes … quem sou eu??!!

          O importante é nos comunicarmos, deixar o nosso recado, que nossas ideias e pensamentos sejam debatidos, e decidirmos se ratificamos ou os retificamos, de acordo com outros conceitos melhores que os nossos ou não.

          Logo, mesmo quando tive alguns bate-bocas no passado, nunca utilizei o português usado nos comentários para correção ou criticá-los, nunca.

          Segundo episódio esclarecido, alegro-me que estejamos voltando as boas, pois somos civilizados e respeitamos um ao outro, além de conterrâneos.

          A erva-mate que tenho é mesmo de primeira, e te convido para sorveres um chimarrão comigo em qualquer tempo e hora, basta me informares o dia e local.

          Um abraço forte, fraterno, de dois gaúchos que convivem muito bem, mesmo pensando diferente um do outro.
          Saúde, muita saúde.

          E SALVE O 20 DE SETEMBRO!!!

  7. Carlos Marchi (via Facebook)

    Perguntar a Moro se a PF está “fora de controle” porque investigou um parceiro do governo significa que:

    Na concepção de Bolso, polícia é para perseguir e prender os adversários.

    Os parceiros, não – é sacanagem. Os parceiros podem tudo – roubar, meter a mão no Erário, fazer todo tipo de farra.

    Será que Moro entendeu? Será que ele vai gostar de ouvir isso?

  8. Bom dia , leitores (as):

    Senhores Pedro Prata e Fausto Macedo ( Estadão ) e Carlos Newton , curioso , até hoje não ” VI , OUVI ou LI ” , nenhum membro da ” OAB ” questionar a intromissão dos Ministros / Juiz quadrilheiros ( Dias Toffoli , Alenxadre Morais . Gilmar Mendes , Ricardo Levandowiski ) do Supremo Tribunal Federal – STF , ou seja , revogar leis pré – estabelecida e consolidada , censurar órgãos de imprensa , investigar , acusar , julgar e condenar , desrespeitar e usurpar as atribuições dos demais ” ENTES DO ESTADO NACIONAL ” , e intimidar possíveis opositores .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *