OAB denuncia que a crise em Roraima se agrava pela “inoperância das autoridades”

Brasileiros queimam pertences de venezuelanos em Roraima

Deu em O Globo

O presidente nacional da OAB, Claudio Lamachia, divulgou neste sábado uma nota em que cobra ação do governo federal na fronteira de Roraima com a Venezuela, após ataques contra imigrantes na cidade de Pacaraima. Cerca de 2 mil brasileiros que moram no município queimaram e destruíram barracas e pertences de imigrantes abrigados em calçadas e terrenos baldios.

No texto, Lamachia afirma que o “o problema vem se agravando pela inoperância das autoridades” e que cabe ao governo federal uma “atuação urgente antes que uma tragédia aconteça:

INSEGURANÇA – “Está claro que o problema vem se agravando pela inoperância das autoridades ao longo desse episódio. O que era uma questão humanitária agora tem forte conotação de segurança. Os Estados precisam se organizar para receber os venezuelanos e dar um exemplo ao mundo de democracia e solidariedade”, diz a nota.

O presidente da OAB diz ainda que há risco de sobrecarga para o sistema de saúde e de aumento da criminalidade em Roraima.

“É sabido que o estado de Roraima não tem condições de abrigar a todos os imigrantes. Ao longo dos últimos três anos, recebeu mais de 50 mil imigrantes. Calcula-se que atualmente cerca de 800 imigrantes venezuelanos ingressem diariamente, causando uma sobrecarga nos hospitais, tornando ainda mais vulnerável todo o sistema de saúde, além de reflexos no número insuficiente de vagas em escolas e o aumento da criminalidade. O momento é de atenção a todos, por isso é preciso que haja solidariedade federativa para preservar brasileiros e venezuelanos de um agravamento ainda maior do difícil quadro em que se encontram”, conclui.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG São refugiados políticos, que precisam ser amparados. Mas o governo Temer não se mexe (é imexível, tipo ex-ministro Rogério Magri) e deixa que o governo de Roraima se vire sozinho. (C.N.)

16 thoughts on “OAB denuncia que a crise em Roraima se agrava pela “inoperância das autoridades”

  1. Isso sim é fruto da mediocridade dos nossos canhotos, cade os canhotos lá na frente tentando dar apoio aos refugiados, e pior deixaram a coisa desandar ao ponto da população também desamparada ficar com raiva de outra população em estado de penúria, nossa obrigação enquanto nação vizinha e amiga, é tal qual a população Colômbia, na ocasião do acidente aéreo. SOLIDARIEDADE, mas nossos socialistas estão de ferias né.

    Como diria o casoi do caso dos lixeiros VERGONHA PARA O BRASILEIROS, CADE OS CANHOTOS BONZINHOS a esqueci tão preocupados com o prisioneiro.

  2. E a solução imediata é liberação de Lula, eleição para novo mandato.Só ele poderá dar solução a estes problemas.

    Ora, ajudar pessoas é uma coisa, permitir uma invasão descontrolada é muito diferente.

    A OAB tem boas soluções. Quem sabe seu presidente se candidata a presidente do Brasil?

    Enquanto milhares de venezuelanos fogem de seus país, deixando tudo, o governo venezuelano faz o que?

    Aqui está um caso para intervenção da ONU!

    Graças a Deus os brasileiros estão com tudo funcionando, com trabalho e ensino de boa qualidade e sem dívidas!

    E o Bolsonaro é que é louco!

    Estão brincando!

    Fallavena

  3. Um comerciante sofreu um assalto violento em sua casa. Ele foi espancado por 04 venezuelanos, na frente de sua família. Pior: não tinha uma ambulância sequer para socorrê-lo. A única ambulância disponível na cidade, só podia atender aos imigrantes venezuelanos.

    Óbvio que a população espanou. E deu no que deu.

    Os roubos envolvendo imigrantes aumentaram 1.300% desde 2015. Assim como aumentou o tráfico de drogas e casos de homicídios cometidos por venezuelanos. Eles entram no País com armas de fogo, e estão trocando tiros com a Polícia que já está viaturas e sem munição. Bom… nem ambulância eles tinham para socorrer o brasileiro que foi brutalmente espancado.

    Mas para a Mídia, esses dados são xenófobos!

  4. Pesquisa Senado .

    . A pesquisa do Ibope apresentou o seguinte resultado:

    José Fogaça, MDB, e Paulo Paim, PT, 27%.

    Beto Albuquerque, PSB, 15%

    Luiz Carlos Heinze, PP, 7%

  5. (*)
    …estão trocando tiros com a Polícia que já está SEM viaturas e sem munição…

    PS:. Roraima produzia arroz para o Brasil inteiro. Lula transformou o Estado numa imensa reserva indígena. Fez uma “desintrusão” criminosa, expulsando brasileiros não-índios, da reserva Raposa do Sol; dividiu famílias e criou muita pobreza, inclusive para os próprios índios que trabalhavam nas fazendas.

    Agora, para arrematar, com a Lei da Migração de Aloysio Nunes, o Estado virou de vez a “casa da mãe Joana”…entra quem quer.

  6. O juiz federal da área teve o bom senso de suspender a imigração até que a PF se organizasse e exigisse passaporte e checagem de antecedentes para os que querem entrar. Aí o STF por meio de Rosa Weber, lá de longe, achou que sabia mais do que um juiz que atua na área e cancelou a liminar sem conversar com ele, pressionada pelos direitos humanos dos outros. Ditadura a gente se vê por aí.

  7. A OAB,um antro de advogados inúteis e comunistas em sua grande maioria,deveria se posicionar contra o governo desse bandido chamado Maduro.
    Mas,como a OAB defensora de ditadores,sempre vai culpar quem no caso não tem culpa.

  8. “Venezuela quer que Brasil garanta segurança de migrantes

    De acordo com a chancelaria venezuelana, foram solicitadas ao Ministério de Relações Exteriores do Brasil (MRE) “garantias correspondentes aos nacionais venezuelanos e medidas de resguardo e segurança de seus familiares”.
    Na nota, o governo da Venezuela expressou “preocupação pelas informações que confirmam ataques a imigrantes venezuelanos, bem como desalojamentos massivos de nossos compatriotas, acontecimento que viola normas do direito internacional, além de vulnerar seus direitos humanos”. ”

    APOIO VENEZUELANO
    “O governo da Venezuela também ofereceu apoio para coordenar ações com as autoridades brasileiras e criticou o que chamou de “violência alimentada por uma perigosa matriz de opinião xenófoba, multiplicada por governos e meios a serviço dos inconfessáveis objetivos do imperialismo”.”
    Agência Brasil

    -Voce vai ajudar com dinheiro, com bens ou com alimentos, meu amigo?
    -Melhor que isso, camarada: vou ajudar com “apoio moral”…

  9. Caro José Ambrózio,a Reserva raposa do foi transformada em grande reserva indígena por ordem do ladrão,comunista e vigarista José Dirceu.
    Ali,tem grandes minas de ouro,que são contrabandeadas para outros países com a conivência de cacique bandidos e até membros do congresso que sabem de toda a sacanagem e,fazem cara de paisagem.
    Índio,nunca gostou de trabalhar,o negócio deles,é fumar maconha tomar cachaça e comer as Índias novinhas

    • Jorge, em 2008, o General Augusto Heleno, o comandante militar da Amazônia, já denunciava a caótica política indígena do governo petista, a demarcação de terras indígenas nas faixas de fronteira brasileira, um grande risco para a soberania nacional. E de fato, na área de Raposa Serra do Sol encontra-se a segunda maior reserva de urânio do planeta,a maior jazida de ouro do mundo, além de possuir jazida de nióbio com 14 vezes todo o nióbio conhecido no planeta…

      E por isso castigaram o General. Botaram o pijama nele.

      E, por fim, a pá de cal do motorista do Mariguella, autor da Lei de Imigração, que terminou de arrombar a porteira.

      O ÚNICO que votou contra esse famigerado projeto criminoso foi o Bolsonaro.

  10. E o comerciante local, assaltado e espancado, internado com traumatisno craniano…a ordem e o direitu dus manu vão se pronunciar a respeito?Nada não é, nenhuma palavra!Como mencionado anteriormente, basta de importar mendigo!

  11. O povo de Roraima deveria se cotizar e alugar ônibus, assim que o venezuelanos entrassem no pais, mandariam todos para Brasilia, ali sim eles poderiam ter um bom tratamento, afinal é a cidade com a maior renda per capita do pais, dinheiro não faltaria para os “hermanos” expulso pelo Maduro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *