Odebrecht subornava até conselheiro do Fundo de Investimento do FGTS  

Resultado de imagem para odebrecht charges

Charge do Tacho, reproduzida do Jornal NH

Wálter Nunes
Folha

O ex-presidente da Odebrecht Energia, Henrique Valladares disse, em seu acordo de delação premiada no âmbito da Lava Jato, que a empresa pagou, em 2009, R$ 3 milhões a André Luiz de Souza, que na ocasião era conselheiro do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS). O pagamento, segundo o delator, foi justificado como se fosse uma “consultoria” vinculada a uma demanda referente à usina hidrelétrica de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia.

Após o suposto pagamento para o conselheiro, o Fundo de Investimento do FGTS adquiriu R$ 1,5 bilhão em debêntures emitidas pela Madeira Energia S.A., consórcio para a construção e exploração da hidrelétrica que tem a Odebrecht Energia como sócia. Debêntures são papéis de dívida privada que rendem juros aos investidores.

A negociação para o repasse dos R$ 3 milhões, segundo o delator, foi feita entre André de Souza e Rogério Ibrahim, então diretor responsável pela estruturação financeira da construção da usina de Santo Antônio.

EM DINHEIRO VIVO – Após o acerto entre as partes, a ordem para o pagamento teria sido enviada para o setor de operações estruturadas da Odebrecht, classificada pelos investigadores como “departamento de propina” da empreiteira. Souza recebeu sua comissão em dinheiro vivo, segundo o relato.

Conforme a Folha adiantou, André Luiz de Souza já foi citado em pelo menos duas outras delações premiadas de executivos da Odebrecht.

Segundo relato de Fernando Cunha Reis, ex-presidente da Odebrecht Ambiental, a companhia baiana pagou em 2009 R$ 8 milhões a título de “consultoria” para que Souza ajudasse uma das empresas do grupo a captar R$ 650 milhões do próprio fundo. André recebeu o pagamento, segundo o delator, após o fundo comprar 25% das ações da Odebrecht Ambiental.

OUTRA PROPINA – O ex-presidente da Odebrecht Infraestrutura Benedicto Júnior, conhecido como BJ, também citou o ex-conselheiro em sua delação premiada. Ele disse que às vésperas da eleição de 2010 a Odebrecht negociou pagamento de R$ 13,5 milhões para que André de Souza facilitasse um negócio bilionário com a companhia baiana.

O dinheiro pago a Souza seria uma contrapartida de 1% à aprovação de um aporte de R$ 1,3 bilhão do FI-FGTS para adquirir 30% da Odebrecht Transport Participações, empresa recém-criada pelo grupo.

NA SUÍÇA – Souza também já foi delatado pelos donos da Carioca Engenharia, Ricardo Pernambuco e Ricardo Pernambuco Junior. Os empresários afirmam ter feito cinco repasses a ele no exterior. Os depósitos somaram US$ 400 mil e foram feitos em uma conta de um banco em Genebra, na Suíça.

A empresa offshore que teria sido usada para transferir dinheiro é a mesma que serviu para repassar propina a nove contas no exterior em benefício do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preso no Paraná.

8 thoughts on “Odebrecht subornava até conselheiro do Fundo de Investimento do FGTS  

  1. Como existe o PREMIO NOBEL acho que no Brasil deveria ser criado o premio LULA, da corrupção.
    Esta Odebrecha, certamente ganharia com folga por uns 10 anos seguidos.
    Nunca se ouviu falar em corrupção em escala mundial,, isso sem contar que os maiores corrompidos
    foram aqueles que juraram devotar a causa aos pobres. Os socialistas/comunistas, principalmente na veneranda America latina.

  2. Se compraram até um presidente e ministros, conselhos é fichinha.
    Espero que as penas sejam proporcionais: quanto mais elevado o cargo maior a pena.
    Estou calculando uns 200 anos para Lulla, sem direito a regressão!
    Deve star dormindo aos solavancos. A qualquer momento será “recolhidos aos costumes”. Já o vejo com o uniforme igual aos irmãos metralhas. Depois posso ser chamado para aproxima.
    Fallavena

  3. Tadinho do Bebrecht Jr…..kkkkkkkkkk

    Bobo da corte, tadinho…..kkkkkkkk

    Ele só queria tocar as obrinhas dele…kkkkkkkkk

    Deu dinheiro até para as FARCS….kkkkkkkkkk

  4. Tadinho do Odebrecht Jr…..kkkkkkkkkk

    Bobo da corte, tadinho…..kkkkkkkk

    Ele só queria tocar as obrinhas dele…kkkkkkkkk

    Deu dinheiro até para as FARCS….kkkkkkkkkk

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *