Oposição denuncia Lula por fazer campanha antecipada de Haddad no programa do Ratinho

Carlos Newton

O PSDB e o PPS vão entrar na Justiça Eleitoral amanhã contra a participação do ex-presidente Lula e de seu pré-candidato à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad (PT), no programa do Ratinho, do SBT, alegando que houve propaganda eleitoral antecipada. Os partidos protocolam as ações no Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo na segunda-feira.

Como se sabe, na quinta-feira, Lula deu uma entrevista de cerca de 40 minutos ao apresentador Carlos Massa, o Ratinho. Haddad foi chamado para o palco no fim da entrevista e falou sobre a cidade de São Paulo e suas propostas.

No programa, Lula admitiu a possibilidade de disputar a eleição presidencial em 2014, se a presidente Dilma não quiser tentar a reeleição, para evitar que um “tucano volte a governar o Brasil”.

Haddad foi elogiado por Lula e Ratinho. “Ele é bonitão”, disse o apresentador do SBT sobre o petista. Já Lula afirmou que Haddad “já entrou na história como o ministro da Educação que mais criou escolas técnicas neste país”.

O nome de José Serra, pré-candidato do PSDB à Prefeitura e principal adversário de Haddad na disputa municipal foi citado por Ratinho, após Lula falar sobre os tucanos. “José Serra, você está lascado”, disse o apresentador.

Em nota, o PSDB disse que fará a queixa para defender “realização de eleições limpas, justas, de acordo com a lei e o respeito à igualdade entre os candidatos”. Também em nota, o PPS disse que “a lei não permite que um pré-candidato, acompanhado de seu principal cabo eleitoral, transforme um programa de televisão em um palanque de campanha”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *