Os ares de agosto, o mês do cachorro doido

Sylo Costa
O Tempo

Estamos chegando a agosto, mês de cachorro doido, de ventania e de maus presságios. Nunca fui cismado, apesar de ser um baianeiro ainda com resquícios da fala cantada. Não escuto minha voz e, não fosse o espelho, não me reconheceria… Coisas do meu Vale, coisas que me fizeram. Mas nem por isso deixo de ser cauteloso e fechado para as evidências.

Sei, assim, que não é por pouca coisa ou nada que o ex-Luiz está procurando o vaidoso ex-presidente Fernando Henrique para, juntos, acharem uma saída nesse túnel em que ele, ex-Luiz, e Dilma enfiaram o Brasil.

Semana passada, Dilma disse que foi a tecnologia moderna que descobriu o fogo… Ó Pai, por que me abandonaste? Numa análise simplista, eu diria que esse beco em que nos encontramos (que parece sem saída) é fruto da ignorância de um e do despreparo de outro. Ou, talvez, de preparo demais. Afinal, Dilma não disse que era mestra e doutora pela Unicamp?

LULA TINHA PENA DE COLLOR

Mas, se for pela coerência, o ex-Luiz não terá problema, haja vista a resposta do estadista molusco em entrevista ao jornalista Milton Neves, em 1993, por ocasião do impeachment de Collor: “Lula, você tem pena de Fernando Collor?”. “Tenho, eu… não é que eu tenha pena como ser humano, eu acho que uma pessoa que teve oportunidade, como aquele cidadão, de fazer alguma coisa para o bem do Brasil, um homem que tinha o respaldo da grande maioria do povo brasileiro, ou seja, em vez de construir um governo, construiu uma quadrilha como ele construiu, me dá pena, porque deve haver qualquer sintoma de debilidade no funcionamento do cérebro do Collor. Efetivamente, eu fico com pena porque acho que o povo brasileiro esperava que essa pessoa pudesse conduzir a uma solução ou pelo menos iniciar soluções para os graves problemas que nós temos. Mas, lamentavelmente, a ganância, a vontade de roubar, a vontade de praticar a corrupção fizeram com que o Collor jogasse por terra todo um sonho e a esperança do povo brasileiro. Mas, de qualquer maneira, acho que ficou a lição para que o povo brasileiro em outras eleições possa pelo menos escolher um candidato que conheça seu passado político”.

FALOU DELE MESMO

Falou e disse tudo, só que falou dele mesmo… Imagine o ex-Luiz, já naquele tempo, falando de “quadrilha que toma de assalto o poder”… Lula, como é mais conhecido pelo lobismo internacional, escapou até agora de ser preso, me parece, por falta de tempo do juiz Sérgio Moro, que, se levar o ex-Luiz e sua gangue para a cadeia e também Dona Dilma, depois de cumprir seu mandato, certamente sairá de suas atuais funções para a Presidência da República.

Aliás, que fique claro: sou contra o impeachment de Dona Dilma. Deixem-na no lugar de guardiã da limpeza do Palácio, enquanto o Levy organiza ou não o caos existente. E o Michel? Bem, esse continuará fazendo caras e bocas. Se eu estiver vivo, e hei de estar, pretendo votar para presidente só em Serra ou Sérgio Moro, o caça-rato. Melhor ainda: nos dois juntos numa mesma chapa.

11 thoughts on “Os ares de agosto, o mês do cachorro doido

  1. Pois Sylo Costa, esqueceu apenas de mencionar que ter-se-á de construir muitas cadeias.
    Do congresso nacional às câmaras de vereadores, passando por todos os níveis do executivo, existem muitos brasileilixos. E um dos primeiros deve ser Collor. É um dos reis da jóia conhecida por “pedantife”. O que é? Uma, simples, mas interessante, mistura de pedante com patife!
    Se fossem irmãos, Collor e Lulla, certamente, seriam gêmeos.

  2. Meu caro amigo Fallavena,
    Estranho que a defesa intransigente do senador em tela deixa de insultar o ex-presidente Lula e transfere a sua revolta para o autor do artigo, que apenas transcreveu o conceito do petista sobre o parlamentar alagoano em questão!
    Da mesma forma me surpreendem as manifestações de anteontem e ontem a respeito da prisão de Zé Dirceu, com o pessoal da esquerda revoltado com a decisão do Juiz Moro, vociferando que se trata de um inocente(!), e que a sua transferência para Curitiba vai de encontro aos princípios democráticos?!
    Que tal, Fallavena?
    Podemos esperar um Brasil melhor com este tipo de pensamento de uma parcela da população com relação aos políticos comprovadamente corruptos e desonestos?
    Teremos chances de nos reerguermos no futuro caso este tipo de reação inexplicável e injustificável de proteção a parlamentares que nos ocasionam roubos e prejuízos incalculáveis ao País e povo ainda perdure?
    Um abraço, meu caro.

    • Caro Bendl, esse pessoal que defende o José Dirceu fazendo apologia ao crime não tem ideologia, são uns oportunistas que estão mamando na vaca gorda e estão com medo de perder a mamata, então defendem
      com unhas e dentes o José Dirceu, Lula e Dilma.

      • Caro amigo Jacob,
        A esquerda brasileira é piada.
        Aproveitadores do Estado, ávidos por cargos e vagas no serviço público, evidentemente sem concurso, à base de contratação de um parlamentar originário dessa quermesse política, tais manifestantes são daqueles antipatriotas, antinacionalistas, que só pensam em si, e detestam o bem-comum, párias da sociedade, vagabundos, simplesmente.
        Este pessoal alienado e politicamente manipulado, substituiu o patriotismo pelo partidarismo e, da mesma forma, o idealismo pela ideologia, então esta aberração, esta excrescência, este movimento de “esquerda” que representa o atraso, que não quer o desenvolvimento do Brasil, e está absolutamente obcecado em dificultar a vida do cidadão!
        Evidente que só poderiam defender a escória, o bandido, pois é desta forma que se identificam, através do crime!
        Um abraço, meu caro amigo.

  3. Caro sr. Bendl, temo pelo porvir. Ontem (4) o MST simplesmente fechou, por 8 horas, o acesso ao único aeroporto de Natal, capital do Rio Grande do Norte, pessoas, inclusive idosos, e sob sol escaldante, nem a pé podiam entrar ou sair do aeroporto. Bandidos renderam vigia e entenderam de simplesmente fazer um arrastão no prédio do Ministério Público em Nísia Floresta, município pŕoximo a Natal. A impressão é que passamos da ditadura para a libertinagem…

    • Prezado Silvio Amorim de Barros,
      Obrigado pelo comentário endereçado à minha pessoa.
      Quanto ao MST, trata-se de um grupelho sem qualquer objetivo que não seja a desordem, a baderna, acostumado que está por transitar livre e sem admoestação alguma porque eleitor do PT, e se trata do exército de Stédile, a serviço da violência e defesa de criminosos!
      O MST quando da sua fundação, que acarretou a simpatia da população, atualmente é um arremedo daquele movimento verdadeiramente de cunho social, transformando-se hoje em um bando à disposição do comando de suas falsas lideranças para impedir o ir e vir dos cidadãos, de invadir propriedades particulares e destruí-las, de bloquear a entrada em prédios públicos, fechar estradas por horas a fio.
      Sem policiamento que impeça tais ataques contra a população, encontram-se à vontade para depredar, quebrar, atear fogo onde quiserem, invadir, destruir, pois o que os impele é o ódio, a inveja, fomentados por uma liderança que se diz comunista, mas que vive como um nababo, e gozando das regalias e totais liberdades proporcionadas pelo capitalismo e democracia.
      Covardes, usam suas mulheres e filhos como escudos, impedindo que a polícia possa agir com mais rigor para liberar as entradas bloqueadas por este pessoal que não tem o que fazer, vagabundos, vadios, que não sabem como se planta um pé de alface!
      Enfim, eis a era petista, de caos político, social e econômico, de desesperança e ódio, de diferenças e crimes, corrupção e desonestidade, roubos e assaltos à estatais e ao erário público!
      Rezemos, Sílvio, pois é o que nos resta!
      Um abraço, meu caro.

  4. Bom dia,leitores(as):

    Poxa senhor Sylo Costa,esquecestes que o senador (SP) JOSÉ SERRA,também fez e continua fazendo parte dos problemas porque o Brasil passa hoje,e dizes que vai votar ele? Vede o rastro de prejuizo ele causou ao país durante o governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP) e até mesmo durante seu governo no Estado de São Paulo,juntamente com seus comparças.

Deixe uma resposta para Nélio Jacob Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *