Os Institutos atacam de madrugada, esquecidos da irresponsabilidade “consagrada”.

Helio Fernandes

Na Segunda Guerra Mundial, o general MacArthur não queria sair das Filipinas, onde se travava batalha sangrenta. Quando recebeu a ordem direta do presidente Roosevelt, teve que se retirar. Mas fez a frase famosa e revoltada: “Eu voltarei”.

Como os responsáveis por esses órgãos, sabem tudo, imitaram o general e voltaram. Com a mesma suficiência, a mesma imprudência, a mesma incoerência. Usaram a forma de se refugiarem no “erro” de dois pontos para mais ou para menos.

Assim, correm os mesmos riscos, enganam todos os lados, os candidatos e o público, mas precisam faturar, “o Deus do capitalismo é o lucro”, o que fazer?

Então, apresentam ao público rigorosamente os números que “adivinharam” para o PRIMEIRO TURNO, não admitiam nem admitiram que houvesse SEGUNDO TURNO.

***

PS – Assim, houve, está havendo e haverá incerteza até a madrugada de 30 para 31 deste histórico outubro. Nada surgirá de seguro ou de garantido, que sabe na boca de urna também incerta desse domingo?

PS2 – Nesse 31 termina um mês, nenhuma importância, mas começará um governo, quem sabe uma E.R.A?

PS3 – Pelos números “ruminados” nesta madrugada, nenhuma consequência ou esperança. Nem mesmo o lado dito de GOVERNO, ou o que tentam identificar como OPOSIÇÃO, PODE SE DIZER vencedor.

PS4 – Perdão, existe o PMDB, que jamais será GOVERNO ou OPOSIÇÃO. Obrigou Lula nomear 37 ministros, quantos serão a partir de 1º de janeiro de 2011? Dependerá da maioria que o futuro (?) governo precisará.

PS5 – Majoritário, o PMDB não se preocupa. Será sempre COADJUVANTE requisitado, jamais disputará o Oscar. Nem se interessa.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *