Os números de maio e a defesa “mimimi” da presidente Dilma no Senado

Mauro Santayana

Contrariando as “previsões” da mídia e do “mercado”, o Brasil registrou, no mês passado, superávit de 1.2 bilhões de dólares em transações correntes, devido, principalmente, a um superávit de mais de 6 bilhões de dólares no comércio com outros países, que chegou a quase 20 bilhões de dólares nos primeiros 5 meses do ano.

Em maio, o Investimento Estrangeiro Direto também foi de mais de 6 bilhões de dólares, completando, nos últimos 12 meses, cerca de 79 bilhões de dólares, uma gigantesca soma de mais de 260 bilhões de reais.

Esse é o país – com 374 bilhões de dólares em reservas internacionais, quase um trilhão e quinhentos bilhões de reais guardados – que o consenso de boa parte da mídia e da massa ignara que domina as redes sociais e o espaço de comentários dos jornais e portais aponta como um país destruído, economicamente quebrado e sem credibilidade nos mercados internacionais.

DEFESA DE DILMA – Agora, resta saber se os “gênios” do PT – considerando-se que o partido estará sentado no banco dos réus, junto com ela,  no julgamento do impeachment pelo Senado –  vão aludir a dados como estes na defesa da Presidente Dilma, e a outros, como o da diminuição da Dívida Pública Bruta e da Dívida Líquida de 2002 até agora, ou se vão continuar recorrendo ao “mimimi” e à retórica contraprodutiva na hora de defender a verdade dos fatos da massacrante consolidação dos mitos e paradigmas de seus inimigos junto à opinião pública.

12 thoughts on “Os números de maio e a defesa “mimimi” da presidente Dilma no Senado

  1. “Gênios do PT”. O senhor deve estar de brincadeira.
    A genialidade petista esta ai, 11 milhões de desempregados e a caciquía do partido na cadeia,
    O senhor ainda acha que o PT nada fez de errado?
    que esta sendo perseguido, por conta do seu amor aos pobres? Pobreza essa que eles próprios trataram de abandonar, logo que assumiram o poder? É muita credulidade.

  2. Enquanto isso, um após outro os petistas de alta patente vão encontrando seu destino. Segundo o Antagonista, na próxima semana teremos mais um sendo conduzido.

  3. É muito difícil defender no Senado a presidenta DILMA (68) PT, baseado na melhoria da Conta Corrente Nacional ( VISÍVEIS – Balança Comercial + INVISÍVEIS – Juros, Dividendos, Remessa de Lucros, Turismo, Fretes principalmente Marítimos, Royalties de patentes, Assistência Técnica, Arrendamentos, etc), que segundo o BC-Brasil apresentaram:

    Deficit em Conta Corrente 2014………..-US$ 104,076 Bi.
    Deficit em Conta Corrente 2015………..-US$ 58,90 Bi.
    Estimado Def. ” ” ” 2016……….-US$ 41 Bi

    Por outro lado, para financiar esses Deficits em Conta Corrente, o Brasil atraiu Investimento Externo Direto, (IED) conforme BC-Brasil:
    I E D 2014……………………..US$ 96,895 Bi.
    I E D 2015……………………..US$ 75,075 Bi.
    I E D 2016 estimado………..US$ 70,000 Bi.
    Se bem que estes IED (s) são melhores que Endividamento Externo, não obstante significam INTERNACIONALIZAÇÃO de nossa Economia Nacional de Matriz no Brasil, o que não nos Orgulha.

    E o pior é que essa melhoria da Conta Corrente Nacional é obtida em troca de uma disparada do Câmbio de quase 50% na relação US$ Dollar X R$ Real, que aprofundaram em muito as Pressões Inflacionárias e a RECESSÃO/DESEMPREGO.

    A Presidenta DILMA caiu porque perdeu totalmente o controle Político-Econômico do País, desencadeou a mais profunda RECESSÃO/DESEMPREGO desde a DEPRESSÃO dos anos 30´, tudo junto com uma péssima Conjuntura Internacional. Não tem condições de APROVAR mais nada no Congresso.

  4. Apesar de que agora já não adiante mais nada, a melhor linha de Defesa no Senado para a Presidenta DILMA seria ressaltar seu NACIONALISMO.
    Apesar de todos os erros Políticos/Econômicos praticados, ela defendeu bem os Interesses Nacionais na estratégica questão do petróleo/gás, quando defendeu que em todo Campo do pré-Sal a Petrobras SA comandasse o Consórcio de exploração e com um mínimo de 30% de participação, ( em toda a Plataforma a Bandeira do Brasil pairasse mais alto do que todas).
    Quando defendeu o desenvolvimento da Indústria Nacional exigindo que todas as Plataformas, Navios Auxiliares, Rebocadores, Material Sub-Marino, etc, fosse CONSTRUÍDO no Brasil e com no mínimo 65% de Conteúdo Nacional.
    Quando na compra dos Aviões Caças para a FAB, defendeu a parceria da SAAB Sueca com a EMBRAER SA para a construção dos Gripen NG, com TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIA à EMBRAER SA.
    Quando na Concessão de qualquer Estrada/Porto/Aeroporto, etc, leiloou para que ofertasse “o menor PEDÁGIO” e não a maior oferta ao Governo com liberdade de Pedágio, etc,etc.

    Todas essas “Coisas Certas” que o Governo TEMER não deve mudar.

    Mas infelizmente, a sua falta de capacidade Política para UNIR/SOMAR, o não acatar o bom conselho do Presidente LULA de colocar no Ministério da Fazenda o experiente Sr. HENRIQUE MEIRELLES, etc, etc, a levou a Impeachment.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *