Desinformado, Bolsonaro pode ficar no Planalto, mas perde o poder de governar

À deriva, Bolsonaro comprova que é o maior adversário de si mesmo

Pedro do Coutto

Os fatos comprovaram a investida do Ministério da Saúde para montar e operar uma corrupção gigantesca, como ficou comprovado na encomenda da vacina produzida na Índia. O presidente da República não sabia o que estava se passando e com isso enfraqueceu-se politicamente, confirmando o princípio não só político, mas da vida humana de que não adianta lutar contra os fatos. Eles ressurgem com efeitos ainda mais arrasadores.

O projeto de corrupção que culminou com o afastamento  do encarregado da compra da Covaxin era maior e mais concreto do que se poderia pensar. O representante da Saúde queria que a intermediação por uma empresa participante da articulação pagasse uma propina de US$ 1 por dose de vacina.

ESCÂNDALO –  A intermediação em casos assim já é esquisita em si. As demais produtoras com preços muito inferiores ao de US$ 15 a unidade não incluíram nenhuma intermediação em suas ofertas. A reportagem de Constança Rezende, Folha de São Paulo de ontem, manchete da edição, destaca com nitidez o aspecto dramático do escândalo que estava sendo preparado.

Não fosse a imprensa e a CPI do Senado, o estranho caso teria se realizado com um prejuízo total para o Brasil, proporcionando indiretamente talvez  mais 100 mil mortes, justamente em consequência de um fornecimento  que pelo preço tornar-se-ia mais restrito e pela demora ainda mais fatal. No O Globo, Paula Ferreira, Jussara Soares, Melissa Duarte e Paulo Cappelli acentuam a decisão tardia, mas inevitável, do governo Bolsonaro de suspender o contrato com a fabricante e comercializadora da Covaxin.

Logo, o presidente da República e o ministro Marcelo Queiroga reconheceram tacitamente a existência de um contrato que previa até um adiantamento no valor de US$ 45 milhões. Uma outra reportagem da Folha, da Natália Cancian, focaliza o recuo que destaca a fraqueza de um governo que, na campanha eleitoral de 2018, apresentou como compromisso de honra exatamente o combate  à corrupção que se instalou sob o patrocínio da bancada do Centrão, fisiológica ao extremo, e o endosso por parte do líder do governo na Câmara, deputado Ricardo Barros.

RASTROS – A derrota do governo foi total, seja no aspecto da improbidade, no aspecto político e no efeito eleitoral para 2022. O panorama hoje na Esplanada de Brasília é o de um desabamento que deixa rastros quase impossíveis de se apagar e cujos efeitos intoxicam toda a administração federal.

Aliás, já fortemente intoxicada pelo ex-ministro da Educação Abraham Weintraub que na reunião de maio de 2020 bradou pela prisão, sem motivo, dos ministros do Supremo Tribunal Federal, classificando-os de “vagabundos”. A mesma reunião, cujo vídeo se encontra nas redes, liberação determinada pelo ministro Celso de Mello do STF, representa um momento de tristeza porque fica na história como registro de uma falta de administração.

O ex-ministro Ricardo Salles, demitido do Meio Ambiente, usou a expressão “passar a boiada” quanto à liberação de investimentos na Amazônia independentemente de licença ambiental. Na mesma reunião, o ministro Paulo Guedes defendeu a venda do Banco do Brasil, esquecendo que o principal estabelecimento de crédito brasileiro tem grande parte de seu capital colocado através de ações no mercado da Bovespa.

IMPEACHMENT – Thiago Resende e Daniele Brand, Folha de São Paulo, sustentam que Jair Bolsonaro ainda tem base no Congresso para obstruir a tramitação das dezenas de pedidos de impeachment que se encontram no arquivo de ferro do presidente da Câmara, deputado Arthur Lira.

Conforme disse no início deste artigo, Bolsonaro pode permanecer em Brasília até as eleições de 2022, mas o seu poder de governar está flutuando junto às nuvens da desinformação e do desinteresse em saber e ter conhecimento. A informação é, em última análise, tanto a fonte quanto o poder de administrar o país. Na ausência de qualquer projeto de governo, a impressão que se tem é a de uma nau sem rumo enfrentando mares revoltos e tornando o chefe do Executivo no maior adversário de si mesmo.

Acrescente-se ao quadro desolador mais um fato de grande amplitude: o aumento das tarifas de energia elétrica. Sobem os custos da indústria, do comércio e dos serviços através da eterna cadeia de repasses. Só nós, os consumidores, não temos para quem repassar, pois estamos no final da linha. O ministro Paulo Guedes deve saber disso.

21 thoughts on “Desinformado, Bolsonaro pode ficar no Planalto, mas perde o poder de governar

  1. Em todos os diálogos e ações de Bolsonaro ele deve ser analisado não como chefe do executivo e sim como chefe miliciano.
    Aí fica fácil entender porque ele fala e age assim.

    • “Desinformado, Bolsonaro pode ficar no Planalto, mas…”
      =====

      Não pode! Ele tem que sair de lá o mais rápido possível. O cara só nos envergonha e ainda dá maus exemplos ás nossas crianças. É uma vergonha para todos nós!

  2. Está notícia é especialmente dedicada a jornalista petecana ou tucanista, que não sai do Apart-Mansão recheado de caviar, champagne e vinhos franceses.
    Como ela mesma disse na convenção do seu Partideco Corrupto do Universo, “O Partido da Massa Cheirosa””….

    Moradores de rua morrem em onda de frio na cidade de SP, diz movimento…

    https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2021/06/30/moradores-de-rua-morrem-em-onda-de-frio-na-cidade-de-sp-diz-movimento.htm?cmpid=copiaecola

  3. Pobre Bolsonaro. Não se esconde a verdade. Ele não se libertou, seu clã ou principalmente seu primogênito 01; o que ele conseguiu foi Destruir o arcabouço de leis que vinham sendo criadas para impedir que o vírus da corrupção tomasse corpo.
    O “amigos” devem ter buzinado: ponha-nos no governo, vamos criar leis e acabar com esta “farra” de controle de nossos negócios e nunca mais teremos investigações e principalmente prisão.
    Ao invés de colocar a candeia em cima no lugar mais alto da casa, colocou embaixo da cama.
    Está colhendo tudo que plantou.

    • Jucá – Você tem que ver com seu advogado como é que a gente pode ajudar. (…) Tem que ser política, advogado não encontra (inaudível). Se é político, como é a política? Tem que resolver essa porra… Tem que mudar o governo pra poder estancar essa sangria.

      Machado – Rapaz, a solução mais fácil era botar o Michel (Temer).

      Jucá – Só o Renan (Calheiros) que está contra essa porra. ‘Porque não gosta do Michel, porque o Michel é Eduardo Cunha’. Gente, esquece o Eduardo Cunha, o Eduardo Cunha está morto, porra.

      Machado – É um acordo, botar o Michel, num grande acordo nacional.

      Jucá – Com o Supremo, com tudo.

      Machado – Com tudo, aí parava tudo.

      Jucá – É. Delimitava onde está, pronto.

  4. Mito e seu Clã só pensam em rachadinhas e na eleição de 2022.

    Reajustes da energia, gasolina, diesel, alimentos, água, transporte, etc. e o alto desemprego, a reeleição do Mito e seu Clã não vai chegar nem a entrar na pista de decolagem, vai ficar no chão.

    Reeleger é reerrar.

  5. Prezado Pereira Filho,

    Não é por nada a ojeriza que Bolsonaro tem pela mídia.
    Não fosse mais uma vez por ela, e não teríamos conhecimento da super corrupção que tomou conta do Ministério da Saúde, CURIOSA E INTERESSANTEMENTE, chefiado por um general!!!

    A partir desse episódio – CORRIQUEIRO – em se tratando do Executivo, constata-se que os governantes que mais botam a boca no trombone que são incorruptíveis, justamente são aqueles que mais roubam e deixam ROUBAR!!!
    Lembras do Zé Dirceu?

    Outro detalhe, que compromete até mesmo a virilidade do presidente:
    se ele mentiu sobre a corrupção, que não haveria no seu governo, logo, “imbrochável” entra nesta lista de propaganda irreal.

    Temos, então, mais um inquilino do Planalto corrupto, e que deve deixar a desejar no aspecto conjugal, certamente – sabe-se lá se não vem dessa falha orgânica ou do órgão, a sua irritação e ódio pelas pessoas?!

    Bom, se o Ministério da Saúde foi flagrado em um ato de corrupção gravíssimo e, ainda por cima comandado que foi por um militar de patente oficial general, não quero nem pensar o que não está acontecendo nos outros que são chefiados por civis???!!!

    Que tal se Paulo Guedes fosse um dia investigado?

    Enfim, nada mudou, com exceção de o presidente atual ter como preferência contar o número de mortos gerados pela pandemia e por ele, que atinge 520 mil vítimas fatais!!!
    Se queriam tanto saber a causa de tantos mortos, ei-la:
    a corrupção no Ministério que foi comandado pelo Exmº Sr. General de Divisão Pazuello!!!

    Considerando que Bolsonaro também vendeu a sua alma para o Centrão, um conglomerado de quadrilhas de ladrões travestidos em partidos políticos, Lula deve estar rindo às bandeiras despregadas quando a direita lhe chama de ladrão.

    Posso até imaginar a resposta do petista para Bolsonaro:
    – Sou, e você também!!!

    Abraço.
    Saúde e paz.

  6. E quem irá “nomear” e “desnomear”? O Pedro do Couto? Me lembro que o Guaidó era o “Presidente” nomeado pelo resto do Mundo (não pela caneta, infelizmente, para ele!). E o Maduro disse que com Guaidó, tudo continuava do mesmo jeito. Ele emitia os decretos, as nomeações e o Povo continuava a obedecer. É a caneta, Pedro do Couto! Quem decide essas coisas é a caneta.

  7. Antes que eu vá hibernar, em razão do frio que faz no RS – ontem nevou em várias cidades, inclusive algumas vizinhas à minha -, ficar batendo tecla com menos de 5º Celsius para comentar sobre roubos, explorações e manipulações, que temos sido alvos dos poderes constituídos, vou me dar tempo para pensar se a maldade humana tem limites ou não!

    Sinceramente, eu imaginava que a bestialidade da nossa espécie teria estacionado com o fim da Segunda Guerra Mundial:
    Holocausto judeu;
    bombas atômicas;
    mais de 70 milhões de mortos;
    seres humanos morrendo de forma inenarrável;
    crueldades jamais vista na História, em face dos armamentos utilizados.

    Mas, confesso que me enganei, uma pena.

    Eu duvidava existir uma pessoa que tivesse um Mínimo DE CONSCIÊNCIA – que esta espécie deve ter porque animal racional -, pudesse se aproveitar do sofrimento de uma população inteira desta republiqueta, para obter dinheiro com propinas advindas da compra de imunizantes!!!!

    Nada diferente de alguém ter um caminhão lotado de tambores de água, e negar vendê-los aos que estão morrendo de sede, se não pagarem o preço comparado a um litro de uísque!!!

    Sadismo puro;
    crueldade indiscutível;
    atrocidade plena;
    bestialidade absoluta;
    corruptos que deveriam INAUGURAR A PENA CAPITAL neste País, hoje completamente à mercê da corrupção!!!!

    Essa maneira de ROUBAR mais atroz que qualquer outra modalidade, pelo fato de milhares de pessoas morrerem por falta de vacinas, enquanto o governo negociava adquiri-las POR PREÇOS MAIORES (!!!!!?????), CERTAMENTE não haverá em outra nação algo semelhante.

    O governo brasileiro atingiu o mesmo nível NAZISTA – loas ao dr, Freitas -, que mata por diversão ou para poder ganhar dinheiro, usando vidas humanas para lograr êxito no objetivo de embolsarem quantias bilionárias!!

    Collor é um SANTO!
    Lula “apenas” ROUBOU!
    Bolsonaro ROUBA E MATA!!!

    A gestão desta besta humana, Bolsonaro, já está na História como incomparável na maldade, no sadismo, no desprezo pelo povo, HAJA VISTA ser confirmada minhas palavras acima, mediante o desemprego, pobreza, miséria, fome e, agora, com 520 mil mortes de pessoas, onde uma boa parte poderia estar VIVA, se tivéssemos imunizantes para aplicar no povo!!!

    Sinto repulsa de escrever sobre isso, sinceramente.
    Este governo de insanos, incompetentes, corruptos, ladrões, resgata em mim primitivos instintos de reação, diante da minha vida estar nas mãos de criminosos, LITERALMENTE!!!

    Fortalecido pelo Código Penal – ops, somente os amigos do STF que desfrutam da proteção das leis e de seus magistrados -, mesmo sem garantias legais, então, tenho o direito de salvar a minha vida, caso outra tenho de eliminar!!!!

    Pois já atingimos essa situação.
    Morrer porque querem que eu morra, adianto que levarei alguns comigo.
    Não sei para onde, mas que irão me acompanhar isso é certo!

  8. Bom dia , leitores (as):

    Por qual cargas d’água não se menciona a participação e envolvimento de juízes / desembargadores / ministros dos tribunais superiores e do STF , nesses crimes de grande monta , magnitude , extensão e envergadura contra o patrimônio público do Brasil , pois é público notório que são eles quem garantem a impunidade de diversos criminosos ricos e endinheirados no país ?

  9. Porque a Justiça deve ser acionada, provocada, atribuição do Ministério Público ou denúncias.

    Agora, lembro que o MPF TENTOU agir contra a corrupção, na Operação Lava Jato, e qual foi o final?
    Os ladrões tiveram as suas condenações ANULADAS, e o juiz está sendo considerado criminoso!!!

    Em outras palavras:
    Teremos muito ainda para comentar sobre o grande parque de diversões que os poderes transformaram o Brasil, onde o brinquedo principal e que mais atrai as tais autoridades é ver quem consegue roubar mais!!!

    • Dormiste bem com o chefe?
      Ele te acordou como?
      Bem ou mal?

      Ele reconhece a satisfação que dás a ele ou não?
      Só não quero pensar como não deve ser este teu trabalho, de modo que o teu chefe é quem te acorda.

    • Como não tenho chefe que manda eu dormir ou acordar, a hora da minha hibernação eu que a determino.

      Quanto acreditar nas palavras de Bolsonaro, tu estás exatamente como a finada Velhinha de Taubaté ou serias, por acaso, uma senhora com avançada idade?

      Depois que publicaste que é o teu chefe quem te acorda, das duas uma:
      ou decidiste sair mesmo do armário ou és uma senhora com o marido cuidando a esposa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *