Papa Francisco segue firme na rota da reforma, vencendo obstáculos do conservadorismo

Resultado de imagem para papa francisco frasesPedro do Coutto

Reportagem de Edison Veiga, edição de quarta-feira da Folha de São Paulo, destaca que o papa Francisco, na história contemporânea da Igreja, tornou-se aquele que mais usa decretos para fixar suas decisões. Na minha opinião, porque essa forma é o melhor caminho para vencer obstáculos conservadores enraizados no colégio dos cardeais. 

Francisco retomou a estrada reformista aberta em 1959 pelo Papa João XXIII, ao editar a Enciclica Mater et Magistra. Nela chamou atenção do mundo sobre a necessidade do ser humano realizar-se tanto na terra quanto no céu.

VOCAÇÃO SOCIAL – Foi um chamamento muito forte para a vocação terrena dos seres humanos. A Encíclica foi a base do apelo às reformas sociais na segunda etapa do século XX. Infelizmente, apesar de seu sucessor, Paulo VI, percorrer o mesmo caminho terminaram não se realizando como princípio.

Em seguida foram eleitos os papas João Paulo I, que faleceu pouco depois de sua escolha, João Paulo II e o papa Ratzinger.

Agora, enfrentando temas desafiantes e extremamente sensíveis Francisco retoma a rota para encontrar e construir, no que dependa dele, uma sociedade Mais justa e portanto menos desigual.

DESIGUALDADE SOCIAL – De fato, quando se fala em dividir o produto do progresso não se está propondo dividi-lo por dois. A meu ver, pode-se dividi-lo por 10, creditando-se 9 para a produção do capital e 1 para a produção do trabalho.

Bastava isso para reduzir profundamente a fome, miséria e abandono de enormes parcelas da sociedade universal.

Agora mesmo assisti ao filme “Dois Papas”, excelente, cuja direção é do brasileiro Fernando Meireles. Estabelece hipotéticos diálogos entre o Papa recluso e o ex-cardeal argentino.

DUAS TENDÊNCIAS – Em O Globo, Elio Gaspari acentua que tais diálogos não se concretizaram na forma em que foram colocados na película. Seja como for, nota-se fortemente a presença de duas tendências ideológicas. Uma presa ao passado, outra acentuando o presente e tentando balizar o curso para o futuro.

Não é sem tempo. Afinal são mais de 2 mil anos do cristianismo. O filme de Meireles projeta-se através de sequencias belíssimas de imagens do Vaticano. Lembro, para finalizar, uma frase clássica de D. Helder Câmara, bispo auxiliar do Rio de Janeiro: “A igreja representava um freio, hoje quer ser acelerador”. D. Helder falou isso no início dos anos 60 do século que passou.

9 thoughts on “Papa Francisco segue firme na rota da reforma, vencendo obstáculos do conservadorismo

    • Não mesmo.
      Quem acha isso ae engana pois as forças do inferno não prevalecerão sobra a igreja católica apostólica romana.
      Essa teologia é demoníaca e já está derrotada.
      Simples assim.

  1. Sempre a admirá-lo permita-me discordar Pedro do Coutto. Um filme com recado certo e que deixa o Papa Bento XVI como um homem fraco, desorientado, quase demente. A construção dessa imagem vem para reforçar a política do Papa Francisco, que tem apoio numa macabra trama internacional de destruição de valores cristãos. Suas traições aos amigos padres argentinos aparecem também mal contadas. Ao final os dois assistem futebol, como se Joseph Aloisius Ratzinger, Papa Emérito, tivesse encontrado algo para fazer, sempre graças a Francisco, que na cena o faz companhia. Ou seja, Francisco é o cara. Tá certo, o cara que assiste cristãos sendo mortos pelo mundo (Coréia do Norte, Venezuela, Cuba, etc.) e se mantém calado. O cara que foi duro com o Brasil em queimadas, mas ficou no silêncio em relação ao óleo derramado em nosso litoral. Finalmente, um filme de encomenda, como bem faz a propaganda de esquerda. Mas, pára não dizer que o filme não vale nada e tem endereço para um público marcado, destaco as interpretações dos atores Anthony Hopkins e Jonathan Pryce. As atuações de ambos, sim, dignas de aplausos, sempre.

  2. Gosto do Papa Francisco, ao defender os mais pobres e necessitados, mostrando quão perversa é o capitalismo selvagem.
    Naturalmente, para muitos aqui no Brasil, podem não falar, mas devem pensar: esse Papa Francisco é comunista, esquerdopata, socialista etc.

  3. o papo francisco é a favor de tudo , menos de cristão e dos cristãos . ele a favor do islã que crucificar e mata os cristão , diz que a bíblia é história do fracasso de DEUS , defende o homossexualismo, pratica condenável pela bíblia etc..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *