Para os corruptos, mais indulto; para os assalariados, menos aposentadoria

Resultado de imagem para indulto de natal charges

Charge do Cazo (Arquivo Google)

Pedro do Coutto

Reportagens de Beatriz Bulla, O Estado de São Paulo, e de Renata Mariz, O Globo, edições de sábado, destacaram a forte reação dos procuradores do Ministério Público Federal ao decreto do Presidente Temer que beneficia nos processos de indulto os condenados e investigados pelo crime de corrupção. O subprocurador da República, Mario Bonsaglia, responsável pela Câmara de Controle Externo Policial e Prisional, disse que o Presidente da República não acolheu a proposta do MPF. Foi um retrocesso, afirmou.

Por seu turno o procurador Deltan Dallagnol afirmou que o decreto criou um feirão de Natal para os corruptos. E acrescentou, o presidente Temer legislou em causa própria e preparou uma saída para sua condenação quando deixar o Governo em janeiro de 2019. A Transparência Internacional também focalizou o Decreto, condenando-o em sua essência, porque a medida governamental serve para garantir a impunidade de uma classe privilegiada de ladrões.

AMPLIAÇÃO – O Presidente Michel Temer aproveitou a data natalina, digo eu, também para ampliar os indultos: eram à base de 25% das penas aplicadas. Passou a ser de 20% independentemente de suas condenações. Em síntese: deixaram de ser de 1/4 das penas e passaram a 1/5.

Enquanto isso, o projeto do governo de reforma da Previdência amplia os limites de idade para que os assalariados obtenham aposentadoria.  Os homens passam de 60 para 65 anos. As mulheres de 55 para 62 anos de idade.

Vamos destacar um ponto fundamental da entrevista do ministro Henrique Meirelles a Martha Beck, também na edição de sábado de O Globo. O titular da Fazenda, a quem a Previdência passou a ser subordinada no governo Temer, afirmou incrivelmente que o déficit do INSS pode atingir 80% do orçamento em curto prazo. É falso o argumento.

“TERRORISMO” – O déficit da Previdência, para 2018 está calculado na escala de 150 bilhões de reais. O orçamento, cujo montante é apenas 4,5% maior que o de 2016, está projetado para 3 trilhões de reais. Assim, o déficit previdenciário calculado pela própria Fazenda representa 5% do orçamento. Muito longe, como se constata, dos 80% fantasiados pelo terrorismo do ministro Ministro Meirelles.

O ministro Meirelles lançou-se candidato à sucessão presidencial do próximo ano. Por enquanto pelo PSD, mas pretende representar Michel Temer nas urnas, transportado também pelo MDB.

De ilusão, também se vive. Mas não a quase totalidade dos eleitores e eleitoras do país.

5 thoughts on “Para os corruptos, mais indulto; para os assalariados, menos aposentadoria

  1. GENERAL AUGUSTO HELENO

    INTERESSA À QUADRILHA MANTER O POVO IGNORANTE.

    “País perpetua exclusão, com 11,8 milhões de analfabetos”. Esse número e a não menos espantosa cifra de analfabetos funcionais explicam o resultado do Sr Luiz Inácio nas pesquisas eleitorais (ainda que altamente duvidosas). Daí emerge a massa de seus eleitores.
    Esses dados comprovam o fracasso das duas décadas de lulopetismo. A imprensa canhota não faz essa relação. Política de Inclusão social, baseada em benefícios financeiros (sem valorizar educação e trabalho) e uma roubalheira desenfreada, nas obras e empresas públicas, empurraram o Brasil para índices africanos de desenvolvimento humano.
    Desculpe a ironia, mas por incompetência, planejaram mal. Uma desconstrução mental mais vigorosa lhes garantiria o poder para sempre, mesmo negando à população saúde, escola, trabalho, segurança e, em última análise, liberdade de escolha. Estilo venezuelano.
    Interessa a essa quadrilha manter o povo ignorante, desinformado e dependente da caridade institucional. Na hora H, mentiras, acompanhadas de um sanduíche de mortadela e uma gorjeta, resolvem.

  2. Tenho reiteradamente escrito que um dos problemas mais graves do Brasil tem sido as injustiças cometidas contra o povo pelo governo.

    Não bastassem o desemprego, o endividamento, os juros extorsivos ainda do cheque especial, cartão de crédito, financiamentos … ainda temos de suportar um salário mínimo aviltante, humilhante, onde tiraram do seu reajuste a quantia de R$ 4,00 (QUATRO REAIS)!!!

    Pois o título dessa matéria veio a calhar na relação dos governantes para conosco, cujo autor Pedro do Coutto é um dos articulistas mais admirados e respeitados que tem a Tribuna da Internet.

    As devidas explicações fornecidas dão conta que Meirelles e Temer agem da mesma maneira que Dilma Rousseff na manipulação dos números, querendo assustar incultos e incautos, de modo que seus objetivos sejam atingidos.

    O mais grave é que o perdão e compreensão para criminosos corruptos existem em profusão, na razão inversamente proporcional que os trabalhadores e aposentados são extremamente mal tratados, abandonados e negligenciados por um governo igualmente corrupto e ladrão, incompetente e comprometido com o crime!

    Ontem me vi obrigado a assistir ao pronunciamento de Temer, e percebi as suas mentiras e dados adulterados, de modo que trouxesse para o povo uma mensagem com um certo otimismo.
    No entanto, quando disse que a economia se recupera, porém o desemprego é ainda muito alto, esta contradição bastou para confirmar o exagero de suas declarações, logo, a mentira, característica maior de qualquer governante e parlamentar!

    Mentiroso por mentiroso, corrupto por corrupto, incompetente por incompetente, ladrão por ladrão, se Lula puder se candidatar, entre Meirelles, Temer e o chefe da quadrilha petista, voto em Lula!

    • Caro Bendl, que situação de horror está o Brasil, Quadrilhas hediondas da caneta, a transformar o Brasil em republiqueta democradura, com 220 milhões de escravos. Os 3 poderes, estão podres, o último recursos do Cidadão, a Justiça superior, com o exemplo de a estuprar e vilipendiar a dita cuja, nos afunda mais nesse oceano de lama. O perigo são as urnas eletrônicas, fraudáveis, o sinistro Toffoli, o reprovado 2 vezes para Juiz (SP), não nos deixa mentir, elegeu Dª Dilma, em apuração secreta. Entre essa corja, voto em Bolsonaro, e até no Lula.

  3. Théo,

    Temos de acabar com esse pessoal que transformou o Brasil em fonte de recursos pessoais;

    Temos de acabar com os corruptos impunes;

    Temos de acabar com os ladrões do povo e país ainda soltos!

    Enquanto formos governados por criminosos não temos solução para nossos problemas, ao contrário, eles aumentam!

    A falta de confiança nas autoridades porque desonestas, leva-nos para caminhos tortuosos, incertos, sem futuro e dignidade!

    Se as FFAA omissa e irresponsavelmente se mantém divorciada da população e dos problemas nacionais, cabe-nos o direito de resolver as questões como pudermos.

    A lamentar que as pessoas não querem se comprometer, não querem lutar, não querem ser solução, mas esperar por magias ou pais da pátria, então querem ficar em casa esperando pela ajuda divina!

    Enfim, resta-nos tão somente obedecer e outorgar poderes como ovelhas, como se fôssemos rezes indo para o brete e matadouro, em consequência.

    Eu ainda quero enfrentá-los, mas sozinho não consigo, pois existem meios de se pôr fim aos crimes que praticam e permanecem impunes, basta patriotismo e força de vontade, evidentemente com sacrifícios pessoais, mas a história não é feita pelos covardes, mas pelos corajosos!

    Outro abraço, Théo.

  4. O indulto é mais rígido que o anterior onde condenado com 12 anos poderiam sair, já que a idéia era para livrar os mensaleiros, agora somente condenados com menos de 8 anos podem sair. Assim dos 128 condenados pelo Moro na Lavajato somente 5 seriam livres. Veja no site imprensa viva a análise.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *