Para se livrar, Lula culpará Dirceu pelo esquema da Petrobras

http://4.bp.blogspot.com/-pYYOJGiiVug/UFeCpzOvIbI/AAAAAAAAgS0/aWAWTmIYQl0/s640/lula+e+dirceu+22.jpg

Carlos Newton

A reportagem da Veja que começou a circular sábado, assinada por Daniel Pereira, está corretíssima e representa um estrondoso furo de reportagem. O jornalista publicou declarações atribuídas ao ex-ministro José Dirceu, feitas após uma frustrada tentativa de contato com o ex-presidente Lula, que não respondeu ao telefonema dele para marcar um encontro pessoal.

Lula foi de uma inabilidade surpreendente. Não ligou de volta e determinou a seu assessor Paulo Okamoto que se comunicasse com Dirceu. Assim foi feito e Okamoto então indagou a ele o que estaria precisando. E a resposta que recebeu foi fulminante: “Você acha que vou ligar para pedir alguma coisa? Vocês me abandonaram há tempos”, disse Dirceu, segundo o relato do repórter Daniel Pereira.

A esse respeito, vale à pena repetir o que nosso grande amigo Pedro do Coutto afirmou aqui na Tribuna da Internet: “Se a frase está reproduzida literalmente, é porque foi transmitida à reportagem pelo próprio ex-ministro Dirceu. Não há outra explicação. Logicamente, não pode ter sido Lula, tampouco Paulo Okamoto”.

O NOVO MENSALÃO

A reportagem de Daniel Pereira acentua que o ex-ministro desejava conversar diretamente com Lula sobre a necessidade de o governo e o PT organizarem uma sólida estratégia de defesa no caso Petrobrás.

Lula não atendeu a Dirceu, porque não sabe o que dizer a ele. O ex-chefe da Casa Civil está desesperado com a evolução fulminante do escândalo da Petrobras, que inevitavelmente vai envolver seu amigo Sergio Gabrielli, ex-presidente da estatal, e também João Vaccari, tesoureiro do PT. E logo depois a investigação chegará a ele, Dirceu, não há a menor dúvida.

O ex-ministro está em liberdade condicional (prisão domiciliar) e se apavora com a crescente possibilidade de nova condenação. Por isso, queria tanto falar com Lula, trocar ideias com o ex-presidente, que lhe deve muitos favores, principalmente o fato de Dirceu não o ter traído no episódio do mensalão. Na época, Lula disse ter sido apunhalado pelas costas, e Dirceu ficou calado foi para o sacrifício. Mesmo assim, continuou a ser amigo de Lula.

Em janeiro de 2012, antes de pegar cadeia, foi Dirceu quem comandou a operação de montagem da equipe de advogados que defenderiam Rosemary Noronha, que não é simplesmente mais um caso amoroso de Lula, mas a mulher que ele ama e com a qual se relaciona desde a década de 90. Lula, inclusive, participou de reuniões que Dirceu manteve com os advogados de Rose, todos de primeira linha e que cobram caro, muito caro.

DIRCEU, NOVAMENTE SOZINHO

Mas agora a amizade acabou. Dirceu vai ser novamente abandonado, Lula dirá que não
sabia de nada que acontecia na Petrobras, a presidente Dilma Rousseff fará o mesmo, pois a estratégia dos dois é idêntica – o único caminho que lhes resta é culpar Dirceu pela montagem do esquema de corrupção para angariar recursos e preservar o PT no poder, enquanto fosse possível.

Mas o problema não será resolvido tão simples assim. A questão é complicada, porque vai sobrar também para dois outros mensaleiros (Delúbio Soares, ex-tesoureiro, e José Genoino, ex-presidente do PT), embolando ainda mais a situação.

Bem, estes são apenas os primeiros capítulos desta eletrizante novela que está corroendo os alicerces da política nacional. Com dizia nosso amigo Ibrahim Sued, depois eu conto.

32 thoughts on “Para se livrar, Lula culpará Dirceu pelo esquema da Petrobras

  1. Reitedas vezes já foi escrito neste espaço democrático que o PT exagerou no rombo aos cofres públicos.
    Todos os partidos são desonestos mas, o PT, extrapolou as medidas, culminando com a Petrobrás, que poderá acabar com a nossa maior estatal.
    Leiam, por favor:

    “Magistrados e investigadores norte-americanos já calculam que a Petrobras corre o risco de levar uma multa próxima de US$ 5 bilhões, caso seja condenada com base no Foreign Corrupt Practices
    Act – Lei contra Atos de Corrupção no Exterior (FCPA, na sigla em inglês).

    Caso a condenação se efetive, e o valor não seja pago, a empresa fica sumariamente afastada do acordo de globalização corporativa e impedida de negociar ADRS na Bolsa de Nova York.
    Se tal condenação for imposta nos EUA, investidores “minoritários” promoverão enxurradas de ações judiciais pedindo ressarcimento de prejuízos.

    Multas pesadíssimas também podem ser aplicadas, em caso de condenação, aos dirigentes da empresa. Condenados criminalmente lá fora, ficam passíveis de prisão se deixarem o território brasileiro. Integrantes da informal “Associação de Juízes Anticorrupção” esperam convencer especialistas norte-americanos que
    existe a possibilidade concreta de o Conselho de Administração da Petrobras, do qual fazia parte a presidente Dilma Rousseff, e do Conselho Fiscal, também serem incriminados nos EUA, junto com o corpo de executivos da Petrobras.

    Esta é a grande dúvida dos processos civis e criminais tocados com apoio do Departamento de Justiça dos EUA contra a Petrobras. Ontem, por força legal e de mercado, a Petrobras foi obrigada a informar ter recebido, no dia 21, uma notificação da Securities and Exchange Commission (SEC), órgão regulador do mercado de capitais norte-americano, requerendo documentos sobre a operação Lava-Jato.

    A estatal de economia mista garantiu que eles serão enviados após o trabalho com o escritório nacional Trench, Rossi e Watanabe Advogados e com o americano Gibson, Dunn & Crutcher, já contratados para fazer investigação interna independente.

    Conforme o Alerta Total revelou ontem, na recente conversa com altos diplomatas dos EUA com Dilma Rousseff, durante o G-20 na Austrália, a Presidente brasileira foi advertida de que a situação era delicada, porque a Petrobras era alvo de investigações pelo departamento de Justiça e da Securities and Exchange Commission – a SEC.

    Os norte-americanos reclamam, sobretudo, da “falta de humildade” de Dilma para tratar do assunto que envolve diretamente o nome dela, já que foi presidente do Conselho de Administração da Petrobras na gestão Lula da Silva. Dilma e outros membros dos Conselhos de Administração e Fiscal correm risco de processo.

    Mesmo risco das empresas de auditoria PriceWatherhouseCoopers e KPMG Auditores Independentes que assinaram balanços da estatal, sem qualquer ressalva, durante o período investigado pela Lava Jato e agora, também, pelos norte-americanos.

    O pavor dos corruptos brasileiros aumenta porque os investigadores dos EUA prometem fazer um pente fino em operações de subsidiárias e coligadas.
    Um alvo direto é a PFICo (Petrobras International Finance). A empresa sofreu uma estranha cisão parcial por decisão da Assembleia Geral da Petrobras, em 16 de dezembro de 2013.

    Outro “target” é a Petrobras Global Finance B. V. uma caixa preta sediada em Rotterdam, na Holanda. Por causa da Lava Jato, os investigadores também cuidarão de uma pouco conhecida coligada, situada em um paraíso fiscal: a Cayman Cabiúnas Investment.

    Os norte-americanos têm outros alvos bem definidos. O principal deles é a compra da refinaria de Pasadena, no Texas. Investigadores acenam com a forte suspeita de que a empresa tenha sido adquirida em uma mera operação de lavagem de dinheiro.

    Também entram na rigorosa apuração as obras da refinaria de Abreu e Lima (PE) e do Complexo Petroquímico do Rio (Comperj).
    Nos EUA, gera condenações a prisão ou multas milionárias o pagamento de comissão a funcionários públicos para obtenção de vantagens comerciais ou licenças para construção.

    Um magistrado brasileiro, membro da “AJA”, ironiza: “A Presidenta Dilma tem toda razão. Não vai ficar pedra sobre pedra”..

    Zé Dirceu ficará sozinho nesta empreitada?
    Teria sido ele somente o autor dos desvios de dinheiro da Petrobrás e de Pasadena, se quem aprovou a aquisição foi a presidente Dilma?!
    Lula de nada sabia, novamente?

    • Bom dia, Bendl. O buraco da Petrobras consegue ser ainda pior ! Além dessa roubalheira, o megalômano de São Bernardo, para fazer oba oba político, partiu para a temeridade do pré sal. O pré sal só é viável com o petróleo acima dos U$ 70,00 o barril e o plano de energia do Obama, junto com a UE , era para abaixar o preço do barril para U$ 50,00 em 2017. Por motivos econômicos mundiais esse barril já está em U$ 46,80.

      • Bendl, Já leu o Estadão de hoje? As brigas internas do PT pelos cargos estão cada dia mais ferozes. A EBC está processando o MEC e vice versa, por causa de equipamentos. Chegamos ao total desgoverno.

        • Virgílio,
          Eu saí pela manhã, e retornei nesse instante.
          Não folhei a Zero Hora, do meu Estado, quanto mais de outros.
          Quanto a briga entre petistas por cargos não é novidade, mas o contrário.
          A verdade é que o Brasil virou o Parque de Diversões do PT, que no lugar de pagar ingresso para usar as atrações, o Parque é que dá dinheiro para os petistas o frequentarem.
          A situação é muito mais séria que imaginamos, a ponto de não há mais como esconder as falcatruas, pois elas brotam ao natural.
          O País está falido, razão pela qual esta enxurrada de aumentos na energia elétrica, na gasolina, no Imposto de Renda, na alta de juros, pois o governo não pode ficar sem dinheiro para dar para os partidos e políticos, e manter o alto nível salarial que desfrutam somados à imoral indenização de despesas pessoais e do gabinete.
          Não sei, Virgílio, onde vamos parar, diante das notícias diárias que dão conta que batemos recordes negativos na produção industrial, comércio, exportações, importações, e por aí vai.

      • Virgílio,
        A Petrobrás está andando na corda bamba ou no fio da navalha, como quiseres.
        A corrupção petista foi em demasia com a nossa estatal, e se os processos forem levados adiante nos Estados Unidos, corre o risco de quebrar!
        Agora, independente da gravidade deste fato deplorável, a questão é uma só:
        Existirão julgamentos e condenações para os criminosos?
        Um abraço.

        • Prezado Sr. FRANCISCO BENDL, Saudações.
          A Petrobras SA foi muito usada pelo Governo PT-Base Aliada para ajudar a industrialização do Brasil, para subsidiar o Combustível a fim de se ajudar a ganhar a Eleição de 2014, para via “Comissões” arranjar Fundos para sustentar nosso CARO Sistema Político e mais CARAS ainda Eleições.
          Agora tudo isso vai acabar, e a Petrobras SA terá que aumentar muito seu Lucro para que as Ações BR subam e assim aliviar a barra de todos os Investidores, principalmente os Minoritários e os Americanos. Conseguindo BONS LUCROS daqui para frente, todos vão se contentando, inclusive os Americanos e os Processos nos EUA perderão força, e tudo será acertado em PREÇOS RAZOÁVEIS.
          Conclusão, daqui para frente a Petrobras SA terá que produzir BEM MAIS, com muito maior LUCRO, e é o que vai acontecer. Abrs.

    • Eu só queria entender, como aquele macaco – por que ninguém fala a verdade? Por que Zé Dirceu, Delúbio, pegam cadeia e ficam em silêncio?

    • Não há governo inocente! E se fossem, não apoiariam os governos recentes
      Lula e Dilma não interromperam as privatizações, somente mudaram os nomes (concessão, terceirização, etc) e as intensificaram, somando-se a isso, a institucionalização da corrupção e a transformação da mentira em uma “nova verdade”, agravadas pelo fato de terem sido colocados no poder pelo voto, através da demagógica promessa de combate a esses desmandos com base na ética (deles) e também se associarem aos antigos “governos”. Se a Petrobras tivesse sido privatizada no governo FHC, o grosso da corrupção já teria sido esquecido e o desmonte do Estado seria menos visível no momento atual. Eles estão todos juntos, até porque, numa eventual (mas longe de remota) “venezuelização”, estarão mais protegidos de serem alcançados por uma “caça as bruxas”. Por isso não temos oposição, salvo algumas raras figuras políticas.
      No link abaixo, podem ser vistos os principais casos de corrupção envolvendo todos os governos. Apesar de alguns tentarem minimizar as denúncias, dizendo que a revista é parcial, quando as denúncias não correspondem aos seus interesse)

      http://veja.abril.com.br/infograficos/rede-escandalos/rede-escandalos.shtml?governo=fhc&scrollto=47

  2. Estou achando é pouco, quanto mais brigarem melhor, o barco afunda mais depressa. A composição do Supremo 2.0 tem ‘defensores dos 3, digo 3 pois o Gabrielli já está jogando a culpa na Dilma . Ainda vamos escutar no STF: Amigo Lewando, eu num sempre disse que o Zé num era da minha cunfiança? Da minha cunfiança só ocê, u Okamoto, a Galega e a Rosezinha !

  3. Caro Bendl.
    Após ler seu ótimo comentário/artigo,fico aqui,na minha varandinha, imaginando onde foi parar a “nossa” Petrobrás.É um rombo atrás do outro,um sem fim de irresponsabilidades,um aparelhamento descarado para garfar o dinheiro público e como cereja do bolo,vergonhosamente,ser a “nossa” empresa processada pelos gringos.E não vai parar por aí,tem mais surpresas desagradáveis chegando e estarrecedoramente, veremos ruir,os alicerces da joia da coroa. O que mais dói,além da possível quebra da estatal é constatar que não veremos as cabeças principais rolando. No final dos processos,lá nos states, constatando as responsabilidades ,corremos o risco de ser um país que tem políticos procurados em,quase todo mundo,mas solto aqui!
    Desanimador!!!

    • Barão, meu caro,
      Certamente gente da minha idade, acima dos 65 anos, jamais poderia imaginar que fôssemos afundar dessa forma, tanto o Brasil quanto o povo.
      Não há lugar que não tenha roubo, irregularidades, desvios de verbas … estamos de tal maneira dominados pela corrupção que nada mais funciona!
      E o governo não sabe como agir, pois está à mercê de seus aliados e do próprio partido, que mais exigências fazem para abocanhar fatias maiores do bolo e, mesmo se engasgando, querem cada vez mais.
      O PT tem dado prejuízos à Nação brasileira de trilhões de reais, repito, trilhões, e a comprovação do que afirmo está nos números sofríveis da Economia, que se soma aos danos ocasionados pela péssima administração da presidente Dilma no que tange à corrupção e desonestidade dos diretores escolhidos para gerenciarem nossas estatais, que se continuar nesse prejuízo e estagnação do crescimento do Brasil, antes de a presidente terminar a sua segunda gestão afundaremos solenemente!
      Um abraço, meu amigo.

  4. ESTÁ MAIS DO QUE PROVADO QUE O “PETROLÃO” É A CONTINUAÇÃO DO “MENSALÃO”.

    OS CHEFES DOS ASSALTANTES DOS COFRES PÚBLICOS SÃO OS MESMOS E O OBJETIVO SEMPRE FOI MANTER O PT NO PODER.

    DESMORALIZADO DESSE ASSALTO CONTINUADO SAI O SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, QUE INOCENTOU OS CHEFES DO CRIME DE FORMAÇÃO DE QUADRILHA.

    SE O GRUPO NÃO FORMA UM QUADRILHA, TALVEZ FORME UM CLUBE RECREATIVO, CUJA DISTRAÇÃO É ASSALTAR OS COFRES PÚBLICOS.

  5. Depois do saco de maldades do Levy, ontem agora vem mais uns R$ 23 bilhões nas nossas contas de luz….
    “A decisão do governo de não repassar mais recursos do Orçamento para a CDE, fundo por meio do qual são financiadas ações no setor elétrico, aliada ao aumento de impostos sobre combustíveis, pode fazer com que seja repassada às contas de luz uma fatura extra superior a R$ 23 bilhões, informou nesta terça-feira (20) o diretor da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) Tiago Correia.”
    ( Fonte: G1).

  6. Caso isso realmente ocorra, será que Dirceu aceitará “entubar” mais essa??? Afinal ele Já pagou até cadeia para não entregar o chefão!

  7. E o Gabrielli, aplicado aprendiz do Ganso do Tuma, já dedurou a Dilma.
    ” Em defesa apresentada ao Tribunal de Contas da União, o ex-presidente da Petrobrás José Sergio Gabrielli pede para ser excluído, junto com outros dez ex-integrantes da Diretoria Executiva da estatal, do processo que determinou que o bloqueio de bens dos executivos responsáveis pela compra da refinaria de Pasadena, nos EUA. Caso o pedido não seja aceito, solicita que o Conselho de Administração que autorizou o negócio em 2006 seja responsabilizado pelo prejuízo da compra e tenha o mesmo tratamento dos ex-diretores: todos precisam ser ouvidos no processo e ter o patrimônio congelado.

    Dilma Rousseff era presidente do Conselho de Administração da estatal à época. O argumento da hoje presidente da República para ter aprovado o negócio é que o conselho se baseou em um resumo técnico “falho” e “incompleto” a respeito do negócio.
    Em decisão preliminar de julho do ano passado, o tribunal isentou o Conselho de Administração. Na segunda-feira, 19, em resposta ao jornal O Estado de S. Paulo, o TCU não descartou a possibilidade de arrolar Dilma e os demais ex-conselheiros no processo sobre a compra da refinaria.

    Segundo concluiu o tribunal, o prejuízo da Petrobrás com o negócio foi de US$ 792 milhões. A defesa de Gabrielli argumenta que o Conselho de Administração teve tanta ou mais responsabilidade do que a Diretoria Executiva na compra da refinaria.
    ( Fonte : Diário do Poder ).

    • Art. 85. São crimes de responsabilidade os atos do Presidente da República que atentem contra a Constituição Federal e, especialmente, contra:
      I – a existência da União;
      II – o livre exercício do Poder Legislativo, do Poder Judiciário, do Ministério Público e dos Poderes constitucionais das unidades da Federação;
      III – o exercício dos direitos políticos, individuais e sociais;
      IV – a segurança interna do País;
      V – a probidade na administração;
      VI – a lei orçamentária;
      VII – o cumprimento das leis e das decisões judiciais.
      Parágrafo único. Esses crimes serão definidos em lei especial, que estabelecerá as normas de processo e julgamento.

  8. O PT está destruindo o Brasil, nunca antes na história, um governo fez tanto mal ao país como os governos do PT. Estão literalmente destruindo e desmoralizando o país.
    Disse reiteradas vezes: o Dirceu assumiu sozinho a chefia do mensalão, para salvar o PT.
    Privatizar empresas estratégica, não é a solução, o problema é o governo corrupto, é como
    o sujeito que pega a mulher no sofá da sala com outro homem, então para resolver o problema,
    tira o sofá da sala.

  9. Vamos lançar uma campanha?
    Zé Dirceu,não seja Boi de Piranha novamente,abra o bico e entrega o BARBA e sua gangue,afinal ele foi informante do Tuma aliado ao regime militar.
    Você estará servindo ao seu país e poderá ser beneficiado no futuro.

  10. É lamentável que existam pessoas que não sabendo de nada, mal informados que são, correm atrás da “manada” tentando defender o “o Capo di tutti i Capi” José Dirceu. Colocados em uma mesma balança, um em cada prato, Lula e Dirceu, não sobrará um “rabinho de camarão seco”. Ambos, foram protegidos pelos militares (Golbery do Couto e Silva) que deram o golpe em 1964 derrubando Jango do poder. Lula nunca fora udenista, Dirceu sim. Inclusive pertencia a uma família fanaticamente udenista de Ibiuna, Minas Gerais. Festejou a queda de Jango no Colégio Makenzie. Depois com o alijamento de Lacerda voltou-se contra os militares, realizando um congresso que fora proibido, em Ibiuna sua terra natal. Lá foi preso sem um canivete no bolso, isso prova que nunca fora guerrilheiro. Deportado para Cuba depois de ter negociado com os militares, nunca fez curso de guerrilha. Voltou de Cuba ninguém sabe como, ficando incógnito por muitos anos, até a abertura. Era o homem escalado pelos militares para líder político do novo partido a ser criado, Lula seria o líder sindical a se contrapor aos sindicalistas que voltariam do exílio. Mas, houve um fato interveniente: Brizola que voltara determinado a refundar o PTB, fora ao ABC procurar Lula e convidá-lo a ajudar na refundação. Neste momento, Golbery mexeu no “script”. Lula passaria a presidir o PT e a CUT assim que fosse criada. Dirceu passou a ter um papel secundário. Eleito Lula, Dirceu tratou de preparar o PT para elegê-lo nas próximas eleições e engendrou o plano conhecido por “mensalão”. Comandou todo o plano nos mínimos detalhes. Sem sua autorização nada teria acontecido. Foi o “bandidão” Dirceu que armou todo esses escândalos que têm estarrecido os brasileiros. Lula não está por fora, mas o mentor de toda essa patifaria é Dirceu. Dirceu pelo que fez devia ser fuzilado. Eu penso assim. Sou trabalhista, não sou tucano. Respeito democraticamente os que piedosamente defendem Dirceu. Se ele fosse condenado à morte e não tivesse ninguém que quisesse matá-lo eu me apresentaria sorrindo certo que depois iria para o céu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *