Parecer a favor do impeachment será entregue quarta-feira

Gustavo Uribe
Folha

O jurista Miguel Reale Júnior, ex-ministro da Justiça, deverá entregar na próxima quarta-feira seu parecer jurídico, encomendado pelo comando nacional do PSDB, sobre a possibilidade do partido ingressar com pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

O prazo foi dado em encontro na quinta-feira, na capital paulista, entre o jurista e o líder do PSDB na Câmara dos Deputados, Carlos Sampaio (SP). Na reunião, o tucano levou ao jurista informações levantadas pela CPI da Petrobras e conteúdo de depoimentos do ex-diretor da estatal Paulo Roberto Costa.

Com a finalização do parecer, o presidente nacional do PSDB, Aécio Neves, deverá marcar na semana seguinte reunião com os partidos de oposição ao governo federal para definir se ingressarão com o pedido.

Lideranças tucanas têm dúvidas sobre a possibilidade de o impeachment da petista ser justificado por uma condenação por crime de responsabilidade pelas chamadas “pedaladas fiscais” no mandato anterior.

AVALIAÇÃO

A sigla decidiu avaliar melhor a questão devido à manifestação do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de que a petista não pode ser processada por crime cometido antes do atual mandato.

Além do crime de responsabilidade, Reale Júnior estuda a possibilidade de ser ingressada ação penal contra Dilma por crime comum em decorrência do escândalo da Petrobras, o que a levaria a perder o mandato caso fosse condenada.

Ainda que seja discutida dentro do partido, a questão do impeachment enfrenta resistências no próprio PSDB. O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador José Serra (SP) já se manifestaram contra um pedido de afastamento da petista neste momento.

A bancada tucana na Câmara dos Deputados, no entanto, insiste na tese do impeachment e ameaça ingressar isoladamente com o pedido se não tiver apoio da sigla.

O partido pretende ter uma decisão tomada sobre a questão até o dia 27 de maio, quando movimentos contrários à presidente, como MBL (Movimento Brasil Livre) e Revoltados Online, pretendem se reunir com líderes da oposição no Congresso Nacional.

11 thoughts on “Parecer a favor do impeachment será entregue quarta-feira

  1. /sr. Newton
    De vez em quanto perco de 15 a 20 minutos assistindo aquele Circo de Brasilia, também chamado de Congresso Brasileiro.
    Num desses dia estava lá no pedestal esse deputado do PSDEM-Bos , carlos sampaio,
    Chamando todo mundo de corrupto, gritando, berrando, rugindo, parecia até aquela mocinhas de utilidade pública brigando com o cliente por este não pagar os serviços prestados,
    /O que mais chamou atenção foi o fato de um político que pertence a Quadrilha dos Inimputáveis, dar tanta atenção ao trabalhador brasileiro, aquele que acorda ás 5 da matina com a marmita só com arroz e zoião e ter de pegar aquele Metrô lotado até o teto, pois os “cumpanheros” franco-tucanos-suiços estão roubando o dinheiro que era para fazer as linhas ferroviárias….
    Outro fato do nobre dePUTAdorzinho é que chama todo mundo de corrupto, mas não tem a coragem e dignidade e honestidade de olhar para o proprio traseiro flácido e dizer que seu Partideco é um dos mais corruptos da his´toria deste Páis……..
    Entonces, como disse para o Senhor, perdi 15 minutos do meu precioso tempo…
    abçs

    • Será que ele terá coragem de continuar chamando todo mundo de corrupto depois de tomar conhecimento do que o seu colega Beto Richa está envolvido aqui no Paraná? Corrupção pura na receita estadual, além de outras sandices.

  2. Bem, todos os instrumentos (juridicos,politicos, morais,etc) estão disponiveis. O que resta saber, se o verdadeiro poder nesse zoológico que se chama Brasil, está querendo. E por favor,isso é sem teorias de conspiração. Quando quiseram, tiraram o horroroso Collor, quando quiseram a conseguiram reeleição dentro do próprio mandato, etc….sera que o Temer, seria pior do que essa dissimulada que o povinho “colocou” no poder? Pô, sabemos quem o Temer é, porém se é pior do que essa FDP, só resta a ele, ficar escondinho atrás do sistema. Não acredito que ele consiga a proeza de ser mais incopetente do que esse “beque parado” que está na presidência. Existe im poder que está por trás de FHC, Serra e Alkimista esse poder não quer o impedimento da jumenta. Viva Carlos Sampaio. Viva Aécio. E viva até o Caiado. A Anta fica até quando precisarem. Com o Collorido, na ocasião até lançaram Anos Rebeldes simultaneamente. Tudo coincidência

  3. Eu não sei qual destes dois partidos, PT e PSDB, eu consigo desprezar mais.É claro, por motivos diversos. Explico, o PT, é um partido de comunistas, vagabundos, ladrões, sindicalistas desprezíveis, e etc, destruíram as finanças da nossa Nação e incentivou a criminalidade, a índices, jamais vistos. E o PSDB, vendo tudo isto, não conseguem ser opositores de verdade, e sim, um bando de covardes , frouxos, tímidos, e sempre com a conversa de politicamente correto. Ora meus caros, tem santa paciência!!!; com bandidos-petralhas, combate, com energia, força e coragem cívica e o impeachment da Dilmanta, já deveria estar , há meses na pauta do PSDB. O partidinho covarde!!!

  4. MAIS RATOS ABANDONAM O NAVIO:

    A lista dos insatisfeitos e que devem deixa a quadrilha:

    Fernando Haddad (SP)

    Tarso Genro (RS)

    Paulo Paim (RS)

    Walter Pinheiro (BA)

  5. Sem medo de errar, reitero o artigo que subscrevi “Parecer de Reale Será Sólido e Concluirá Pelo Impeachment, Por Uma ou Mais Razões”, publicado no dia 20 de Abril passado. Muito mais agora, perto de um mês depois, quando tudo piorou e piora a cada dia. Falta apenas a formalização, processamento e o veredicto final para o afastamento de Dilma da presidência. Isto porque Dilma já sofreu o impeachment natural que o povo a ele impôs. Perdeu o poder e a legitimidade para seguir presidente, se é que algum dia teve. Chega-se até ao extremo ponto de xingamentos contra a presidente da República, reação que jamais ocorreu na História do Brasil, do Império à República, dos militares à Collor. São empregados palavrões que fariam corar de vergonha a nossa saudosa Dercy Gonçalves. E os xingamentos não são recentes. Começaram na Copa do Mundo, quando Dilma foi ao estádio assistir a um dos jogos do Brasil. Isso não é impeachment imposto pelas muiltidões?
    Jorge Béja

    • completando por hoje, só por hoje:

      O 2º Turno das eleições de 2014 ainda não terminou. Dilma se encontra no estágio probatório de dois anos, como acontece com todo agente e funcionário público, aprovado no concurso, nomeado e empossado.
      Jorge Béja

  6. Sidney Sanches ex presidente do STF, afirma que faltam provas contra Dilma.
    Com a experiência de quem presidiu, no Senado no processo de impeachment do Ex-presidente Collor em 1992, Sidney Sanches ministro aposentado do STF, afirmou nesta sexta-feira que não há motivo para dar início ao pedido de impeachment contra a Presidente Dilma Roussef (PT).E agora? “Isso é briga de cachorro grande”!

  7. Claro que um posicionamento de um jurista do calibre do Sr. S.Sanches é praticamente inquestinável. Porém, vale uma lembrança: O Collor foi absolvido pelo próprio STF. Teoricamente foi um Fiat Elba. Por mais infeliz que seja a figura do Collor, podemos avaliar se no caso dele, houve ou não uma revanche politica. Depois de 12 anos desses Safados no poder, posso concluir que o Collor saiu na realidade pelas minimas e quase nenhuma qualidade perante seus nefastes e grandiosos defeitis

Deixe uma resposta para Armando Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *