Parecer de Reale para o PSDB é contra o impeachment de Dilma

Ex-ministro Reale Jr. sugere entrar com uma ação penal

Pedro Venceslau
Estadão

O senador Aécio Neves (MG), presidente nacional do PSDB, recebeu nesta quarta-feira, do ex-ministro da Justiça, Miguel Reale Junior, um parecer recomendando que a legenda desista de pedir no Congresso Nacional a abertura de processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. A estratégia apresentada pelo jurista, que foi ministro da Justiça do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, é entrar com um pedido de ação penal contra a presidente no Ministério Público Federal pelas pedaladas fiscais, manobra que consiste em atrasar repasses do Tesouro Nacional aos bancos federais para o pagamento de benefícios sociais.

O parecer tentará demonstrar que a manobra contaminou a atual gestão. O documento foi debatido hoje em uma reunião em Brasília com os senadores Aloysio Nunes Ferreira (SP), Cássio Cunha Lima (PB), líder do PSDB no Senado, e os deputados Carlos Sampaio (SP), líder do PSDB na Câmara, e Bruno Araújo (PE), líder da minoria. O PSDB submeterá o parecer aos presidentes do partidos de oposição em uma reunião na manhã desta quinta-feira, 21, no gabinete de Aécio no Senado.

A opção escolhida pelo PSDB frustra a bancada do partido na Câmara, que pressionava a legenda por um pedido direto no Congresso. Essa tese perdeu força depois que o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), sinalizou que arquivaria o pedido.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– Parece um retrocesso, mas pode ser um avanço. O líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio, que é professor de Processo Penal, certamente vai fazer do limão uma limonada. Juntando o parecer de Reale com as teses dos juristas Ives Gandra Martins (Impropridade Administrativa) e Jorge Béja (Crime Eleitoral), os fundamentos para o pedido de impeachment serão verdadeiramente abundantes. E a cada diz surgem novas evidências, como a “doação” do presidente da empreiteira UTC, de R$ 7 milhões, para a campanha de Dilma, “com medo de sofrer represálias do PT”. (C.N.)

8 thoughts on “Parecer de Reale para o PSDB é contra o impeachment de Dilma

  1. Um pedido de impeachment precisa mesmo ser realmente protocolado no momento certo.

    “Momento certo” nos mais diversos sentidos. Do contrário não dará resultados.

  2. Fica cada vez mais claro e evidente, que o processo de impeachment trata-se nada mais nada menos de um ato puramente politico. É sugerido a abertura de um processo criminale não é aconselhado o impeachment!? O mundo dos réles mortais fica, mais uma vez, com cara e olhar de paisagem…..sei lá, continuo com a minha teimosa ( e possivelmente burra ) idéia de que na realidade, para a categoria que realmente domina e financia esse nosso poderzinho de m…..a, não quer que essa infeliz saia. Arrisco a dizer: por pior que possa vir a ser, michel temer é melhor do que a jumenta, o que também não é grande vantagem. Um alface do mercado já seria

  3. Eu realmente torço para a saída de Dilma do poder! Através de sua renúncia ou por um processo de impeachment! Afinal ela não tem mais condição alguma para seguir governando!

    No entanto sei o quanto é difícil que ela seja tirada pelo impeachment, pois neste país tal processo é quase que totalmente político!

    E a nossa política é muito pior do que o esgoto que corre a céu aberto em praticamente todos os municípios brasileiros!

  4. Que tenham a coragem de propor o impeachment e trabalhem para conseguir o número de deputados necessários à sua aceitação. No parlamento se trabalha assim. Para o que interessa, claro. Quem dera fosse o dr. Béja a oferecer parecer ao medroso PSDB. Reale Filho não herdou o talento de Reale pai.

  5. Prezada Mara, concordo com suas palavravas porém me permita a seguinte ressalva? Não diria que seria medo do PSDB ( não sou filiado a nada ) acredito ate que seja pior, seja por conveniência ou até mesmo algum interesse “obscuro” e “iluminado”, mas isso seria tema para longas divagações e sobraria até para a velha e batida teoria conspiratória. Bem, lembra-se do mensalão? O nosso principe da sociologia, aconselhou o partido dele, a deixar o nefasto Lula sangrar até o final para melhorar, em 2006 colocaram o picolé de chuchu (alckimim)para disputar a eleição. O resultado disso tudo basta ver no que deu…Serra, alckimim, FHC estão atrapalhando o mineirinho e bom e sério deputado Carios Sampaio. Porém vale salientar que apesar de tudo sinto saudades do PSDB no governi. Votei no mineiro mas não votei no Alckmim em 2006. No Serra votei pois com certeza é melhor do que ” safados e jumentos do PT “….pergunta para fugir um pouco: e o caso Celso Daniel, a quantas anda?

  6. Caso se repita o mesmo erro das últimas 03 eleições seraá comprovada a Insanidade ( ou real ignorância ) do povo de “nossa pátria educadora”. Uma das provas mais simples de Insanidade é fazer fazer sempre a mesma coisa porém ainda ficar aguardando um RESULTADO DIFERENTE.

  7. LUGAR DE POLÍTICOS E PARTIDOS POLÍTICOS COMPOSTOS POR BANDIDOS, É NA CADEIA E A EXTINSÃO! JAMAIS NO GOVERNO!

    Como exemplo recente, temos agora o Guido Mantega como mais um que assegurou sua “área de influência” dentro das estruturas do Estado, para seguir os passos de Palocci, Dirceu, Lula e tantos outros para enriquecimento próprio, ao abrir também sua empresa de “Consultoria” para exercer influência corruptora sobre a “extensa rede de relacionamentos” que possui, em que um exército de “jabutis de árvore” continuam ocupando os cargos decisórios nas estruturas da máquina do Estado Aparelhado pelo PT.

    É dessa forma que ficam garantidos os assaltos aos cofres públicos, através de desvios de recursos que deveriam estar sendo investidos no país a serviço da população. Esse procedimento criminoso, garantido pelo apadrinhamento partidário na distribuição política dos cargos dentro do governo, vêm garantindo a permanência de redes de influência criminosas com objetivo exclusivo de enriquecimento de todos os “figurões de partidos” na partilha entre sí dos recursos destinados anualmente aos ministérios que ocupam, para se locupletarem das verbas através de sistêmicos e estruturados processos de desvios.

    Nesse processo, POVÃO fica impedido de compreender (e reagir) ao que está acontecendo, pelo alienante serviço de desinformação prestado pelas Mídias de Massas (Rede Globo principalmente), que ficam encarregadas da missão “terceirizada” de sua BOVINIZAÇÃO pelo Governo. Sendo coniventes e beneficiados desse processo, os meios de comunicação de massas ficam condicionados tanto a participar como se locupletar diretamente dele, através das altas verbas de marketing governamental destinadas e repartidas entre todas, principalmente devido suas existências dependerem periodicamente das renovações de Concessões e Licenças de exploração de seus serviços fornecidas pelo Governo. (É a famosa estratégia do: “Ou se alinham ou dançam”)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *