Parlamentares brasileiros ganharão mais do que os europeus

Francisco Vieira

O negócio aqui nesta colônia é roubar até ficar rico e depois voltar para metrópole com o futuro garantido. Continua hoje conforme começou quinhentos anos atrás. Essa quadrilha que nos governa, postada nos Três Poderes, só tem vergonha de três coisas na vida: comer com os cotovelos sobre a mesa; não saber diferenciar o talher de peixe dos demais; falar inglês com sotaque de brasileiro, ao visitar a metrópole.

Por isso, acho que os ministros do Supremo deveriam se aposentar, compulsoriamente, aos 50 anos, uma vez que nos quase duzentos anos de existência do Tribunal, no que diz respeito ao que é justo, seus magistrados não compareceram ao campo da Justiça e perderam por W.O., mesmo recebendo polpudos salários e benesses dos capatazes que ocuparam, sucessivamente, o Poder Executivo.

Segue parte de um artigo do Deutche Welle, a título de curiosidade:

PAÍS RICO É OUTRA COISA…

O projeto de reajuste salarial de deputados e senadores, aprovado nesta quarta-feira (17/12) pela Câmara dos Deputados eleva os vencimentos dos parlamentares dos atuais R$ 26,7 mil para R$ 33,7 mil. A proposta ainda tem que receber aval do Senado para que os reajustes passem a vigorar em 2015. Caso aprovado, o reajuste fará com que os deputados brasileiros tenham pagamento básico bruto anual equivalente a quase 130 mil euros, cerca de 5 mil euros anuais a mais que os vencimentos brutos básicos dos deputados do Parlamento italiano, os mais bem pagos da Europa.

No continente, os integrantes do Bundestag, o Parlamento alemão, também estão bem colocados na lista dos que recebem os melhores salários básicos (que não inclui os benefícios, como verba de gabinete , assessores, viagens e outros extras, que diferem de acordo com o país). Os alemães recebem 8.020,53 euros mensais, somando 96.240 euros no ano em vencimentos básicos brutos. Em janeiro de 2015, a quantia será reajustada para 9.082 euros, perfazendo um salário anual de 108.984 euros brutos – dos quais cerca de 43% são descontados em imposto de renda.

Os legisladores austríacos também não podem reclamar. Eles ganham anualmente quase 104 mil euros em vencimentos básicos brutos, sendo que recebem aumento em 2015, quando passam a ganhar 120,62 mil euros anuais. Os britânicos ganham o equivalente a cerca de 84,5 mil euros por ano.

França e Suécia pertencem aos países cujos salários dos deputados estão na faixa média europeia, com, respectivamente cerca de 85 mil euros e 85 mil euros brutos anuais.”

###

Traduzindo: não passamos de uma grande fazenda.

6 thoughts on “Parlamentares brasileiros ganharão mais do que os europeus

  1. Senhores,

    A notícia não é minha. Apenas copiei, a titulo de curiosidade, uma matéria do DW como comentário de outra matéria da Tribuna, enviada pelos participantes.

    Abraços.

  2. Nós que realmente trabalhadores e aposentados temos só a correção da inflação,e esses políticos de carreira aumentam seus salários ao bel prazer e depois prometem arrocho para 2015,um exemplo vale mais que mil palavras.

  3. Sou favorável a qualquer artigo ou informação que deixe o brasileiro cada vez mais encolerizado com os parlamentares, corja de fascínoras, ladrões, desonestos e corruptos.
    Ah, também inúteis!
    Nossos representantes no Legislativo não mereciam sequer o parlamento da Somália, Sudão, Sudão do Sul, Coréia do Norte, nações reconhecidas como as mais corruptas do planeta.
    Nossos deputados e senadores mereciam mesmo A PENA DE MORTE!
    Alta traição;
    Ladroeagem;
    Conspiração;
    Promiscuidade;
    Improbidade;
    Gastos excessivos;
    Indenizações pessoais, cujas despesas apresentadas através de notas fiscais frias seriam suficientes para que TODOS, indistintamente, tivessem seus mandatos cassados;
    Inércia;
    Antidemocratas;
    Função específica do parlamento abandonada, ou seja, a aquisição de partidos políticos pelo PT, dissolveu a obrigação fundamental do Legislativo, que é fiscalizar o Executivo;
    Desfalques;
    Conluios com empreiteiras, doleiros, e comissões ilícitas auferidas;
    Cargos de assessores em demasia;
    Imoralidade;
    Comportamento permentemente antiético;
    O Congresso deixou de ser solução para se transformar em problemas graves à Nação e povo brasileiros!
    Não tenho usado de meio termo com relação aos políticos, que são hoje uma casta na sociedade nacional. Entretanto, formam um segmento social podre, abjeto, altamente infeccioso e contagiante.
    Ora, a solução é extirpar este mal, seja mediante medicamentos ou cirurgia, mas erradicá-lo antes que mate o paciente.
    E é desta forma que o Brasil se encontra:
    Gravemente enfermo, ocasionado por este vírus letal, um Legislativo que traiu o povo, que legisla somente em causa própria, que também deixa refém o Executivo, que comanda o País à BASE DE NEGOCIATAS, falcatruas, e escárnio às instituições, corroborando decisivamente para que, amanhã ou depois, tenhamos de novo um regime de exceção, diante dos prejuízos que proporcionam ao Estado e população!
    Se me escreverem alegando que parte da população tem culpa em cartório, que não somente nossos representantes, concordarei, claro, entretanto, vale a pena resgatar que tais eleitores que elegem esssa gente são consequências de analfabetismo funcional, de um ensino fraco, de uma educação inexistente, cujos culpados são os parlamentares que, também e propositadamente, TRABALHAM para que neste estágio permaneçamos, pois manipular um povo sem capacidade de interpretação e beneficiado por esmolas a cada fim de mês, o resultado é um Congresso nos moldes que temos, absolutamente inapropriado, inconveniente, perdulário e desnecessário!

  4. Análise perfeita do Francisco Bendl, não tem o que tirar nem por.
    Sem hipocrisia: infelizmente democraticamente isso não vai mudar, se mudar, é para pior, as ratazanas são insaciáveis.

  5. Jacob, meu caro,
    Para quem tem sangue nas veias e amor por esta terra, o Congresso é o grande terrorista social, o devastador de expectativas, o destruidor de esperanças de um Brasil melhor!
    Grato pelo apoio.
    Fico alegre em constatar que tem mais gente que pensa igual, que tem a mente aberta, que sabe discernir o bandido do homem bom, produtivo.
    O Congresso é mau e improdutivo, um cancro, que deve ser extirpado ou, na melhor das hipótese, modificado para ter menos poderes de legislar em causa própria, sendo a principal, autoconcederem aumentos salariais.
    Um abraço, Jacob.

Deixe uma resposta para Francisco Vieira Brasilia - DF Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *