Parlamentares querem o “imediato afastamento” de Eduardo Bolsonaro da Comissão de Relações Exteriores

Charge do Gilberto Fraga (Zero Hora)

Andréia Sadi
G1

Após a nova declaração de Eduardo Bolsonaro atacando a China, deputados pediram nesta quarta-feira, dia 25, ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, que paute o “imediato afastamento” do deputado federal da presidência da Comissão de Relações Exteriores.

O requerimento é assinado pelos deputados Perpetua Almeida (Presidente Frente Parlamentar da Cooperação entre os Países do Brics), Fausto Pinato (da Frente Parlamentar Brasil-China) e Daniel Almeida (Presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil/China).

DECLARAÇÃO – Na última segunda-feira, dia 23, o deputado escreveu — e depois apagou na terça-feira, dia 24 — mensagem sobre o 5G, a internet móvel de quinta geração. Na mensagem, dizia que o governo brasileiro declarou apoio a uma “aliança global para um 5G seguro, sem espionagem da China”. A embaixada da China no Brasil afirmou em nota que as afirmações de Eduardo são “infundadas” e “solapam” a relação entre os dois países.

Para parlamentares, as declarações de Eduardo Bolsonaro também são “uma afronta às boas relações diplomáticas que construímos há mais de 45 anos e que beneficiam os dois países”.

“Portanto, a atitude do deputado, que ainda ocupa interinamente e administrativamente a presidência da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional da Câmara dos Deputados, cria um constrangimento a todos nós, porque não tem correspondência com o pensamento da maioria dos membros desta Instituição e agride a soberania nacional brasileira, causando abalos nas relações diplomáticas entre a China e o Brasil”.

AUTORIZAÇÃO – O blog procurou técnicos da Câmara a respeito do assunto. O entendimento da cúpula da Casa é que, como não houve a eleição de novos presidentes de comissões no começo de 2020, por conta da pandemia, os interinos seguiram no cargo (como é o caso de Eduardo) até a nova eleição, mas não têm autorização para outras funções que não sejam burocráticas e internas relacionadas às comissões.

Nas palavras de um técnico da Câmara, Eduardo Bolsonaro, à frente da comissão, só tem direito à prática de atos de expediente restritos à gestão interna: sem autorização para se manifestar em nome do colegiado ou praticar qualquer ato que envolva o exercício de competência legislativa da comissão.

Para a deputado Perpetua Almeida, mesmo que interinamente, Eduardo Bolsonaro “foi ficando” na presidência e ameaça a relação com a China. “Se o pai do deputado, presidente da República, se cala diante dessas agressões, o parlamento não pode se calar e precisa deliberar sobre o nosso pedido”.

13 thoughts on “Parlamentares querem o “imediato afastamento” de Eduardo Bolsonaro da Comissão de Relações Exteriores

  1. Dudu tem todas as “habilidades” para ser diplomata.
    Uma delas, que duvido algum embaixador tê-la, é fazer Xburguer, logo, o nosso rebelde guri poderia ser enviado para qualquer nação desse mundo.

    O título é pomposo:
    Comissão das Relações Exteriores!
    Se alguém imaginar que se trata de como nos relacionamos com outros países, engana-se redondamente.

    Essa seção é exclusiva para tratar de assuntos fora do âmbito congressual, e é especificamente para propinas, corrupção, acordos espúrios, venda de votos, loteamentos de ministérios … os negócios costumeiros e rotineiros dos parlamentares.

    De modo a dar uma aura de interesses nacionais, denominaram dessa forma, CRE, uma sigla que significa crédito extra a suas excelências.

    O now how do irmão quanto à outra forma de se locupletar, a rachadinha, foi o mentor de colocar nessa comissão o mano, de modo que aprendesse outras maneiras exploratórias de enriquecimento, naturalmente ilícito.

    Che, tão brincando com fogo!
    Um dia essa gasolina explode, e quero ver o que vai acontecer.

    Se, lá pelas tantas, observamos o crescimento de tendências políticas radiciais, PSOL e PCdoB, justamente arqui-inimigas do clã Bolsonaro, eis uma das razões, a pobreza e a miséria cada vez maiores, enquanto as castas, elites e sistema financeiro, cada vez mais ricos, cínicos e hipócritas!

  2. Mamãe, ha sessenta anos quando eu perguntava o significado de uma palavra ela dizia: “pegue na estante o Pai dos Burros” que era o dicionário.
    Na modernidade dos tempos atuais a frase é: “veja no google”.

  3. Antônio,

    Know-how é um termo em inglês que significa “saber como” ou “saber fazer”.
    Refere-se ao conjunto de conhecimentos técnicos e práticos (fórmulas, tecnologias, técnicas, procedimentos, etc.) referentes à determinada atividade.

    Tá lá, na Wikipédia.

  4. A rapidez da reação da Perpétua Almeida, do Fausto Pinato e do Daniel Almeida, contra um parlamentar ameaçado pelo sabujo da tirania assassina e racista, comandada pelo PCC, revela a quem esses deputados viralatas obedecem e quais interesses eles defendem. Aliás, a posição da víbora comunista não surpreende ninguém, já que o seu PCdoB, pelo alinhamento histórico e incondicional aos genocidas chineses, não passa de uma sucursal do PCC no Brasil.

    • Gosto de você porque é delicado e educado na adjetivação dos seus supostos adversários, você está superqualificado para uma vaga no Itamarati sem precisar passar pelo IRB, pelo menos enquanto esse preclaro governo durar. Parabéns.

  5. Moreno, meu caro,

    Carlosp é um robô programado para ofender, depreciar, insultar, e mais nada.

    Por mais que nós o critiquemos com relação ao vocabulário que utiliza, o equipamento alega não ter registro sobre qualquer alerta ou aviso contrário ao que está na sua “centralina”.

    Quem não é de direita e capitalista é assassino, genocida, racista, tirânico, víbora … e por aí vai.

    Curiosamente, o centro do mundo com relação ao capitalismo e politica de direita, os Estados Unidos, que a “robozada” adora foi, e tem sido ainda, o mais cruel país para os negros desde que passaram as ser vendidos como escravos!

    A situação do negro era tão hedionda, que o abolicionismo no Tio Sam foi uma das questões que motivou a Guerra da Secessão!

    Depois tivemos as bombas atômicas sobre o Japão, exemplos de candura e solidariedade aos civis;
    em seguida, a Guerra da Coréia;
    Pouco tempo depois, a Guerra do Vietnã;
    um pouco antes, os embargos econômicos contra Cuba;
    em 2008, os fantásticos capitalistas americanos e de direita politicamente, ocasionaram o MAIOR GOLPE ECONÔMICO contra o mundo, com o estouro da bolha imobiliária, que redundou em danos e prejuízos muito maiores que a Quebra da Bolsa em 29, também na terra do capitalismo e da política de direita!

    Mas, é aquela história:
    alguns setores da população e parte dela gostam de usar viseiras, que os impedem de enxergar o que acontece ao lado.

    Abração.
    Saúde e paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *