Partidos não percebem a insatisfação generalizada no país


Pedro do Coutto

A excelente reportagem de Flávia Barbosa, O Globo do dia 4, com base em pesquisa realizada pelo Instituto norteamericano Pew Research Center, revelou que o grau de insatisfação está alcançando nada menos que 72% da população brasileira espalhando-se de maneira generalizada. Apenas 26% encontram motivos para estarem satisfeitos. O panorama, a pesquisa faz a comparação, mudou nos últimos três anos. O que está havendo?

O governo, principalmente, e os partidos políticos deveriam dar atenção ao fenômeno, sem dúvida dos mais negativos para o processo de desenvolvimento econômico e social. Atinge a produtividade, uma vez que constitui algo altamente negativo as pessoas sairem de casa e irem trabalhar sentindo o gosto amargo da falta de esperança, da falta de perspectiva. O problema não é só o da falta de comunicação, mas da ausência de fatos realmente positivos capazes de motivar e reanimar a sociedade.

Não existe um movimento contínuo que passe uma energia positiva à sociedade brasileira. Pelo contrário: a atmosfera é de pessimismo. Na mesma edição, O Globo publicou outra matéria, resultado de outra pesquisa, destacando que o aumento dos preços é a preocupação dominante. Claro, influi muito. Especialmente pelo fato de as elevações de preço não causarem reajustes salariais. O resultado só pode ser a queda do consumo. Não há outro caminho, não pode haver outro reflexo.

Num ano eleitoral, a movimentação das agremiações partidárias deveria voltar-se para este ponto essencial do problema. Mas infelizmente não agem assim. Omitem-se, disputam cargos na administração como se o sucesso em tais empreitadas fosse capaz de levar à solução real dos problemas brasileiros. Como representantes do povo teriam a obrigação (mínima) de se preocuparem com ele, que vai às urnas elegê-los. Recebem em contrapartida promessas. Que se vão com o vento que transporte as decepções de um leito para outro. A repórter Flávia Barbosa colocou o panorama nacional à disposição tanto do governo quanto da oposição e também de todos os políticos brasileiros.

MARINA EXIGENTE

Por falar em política no contexto da sucessão presidencial, a Folha de São Paulo, igualmente na edição de quarta-feira, publicou reportagem de Daniela Lima e Marina Dias revelando que a ex-senadora Marina Silva ameaçou boicotar a campanha de Eduardo Campos em São Paulo se o titular da chapa formar qualquer acordo com o governador Geraldo Alckmim, do PSDB, que disputa a reeleição nas urnas de outubro. Se o veto, aliás anunciado pela primeira vez há algumas semanas, prevalecer a chapa do PSB liderada pelo ex-governador de Pernambuco simplesmente desaba, pois a opinião pública sentirá diretamente que a candidata a vice tornar-se-á mais importante que o próprio candidato a presidente. O quadro paulista é confuso, mas de enorme importância, uma vez que representa o maior colégio de votos do país, correspondendo a pouco mais de 20% do eleitorado brasileiro.

A insatisfação, portanto, é ainda mais ampla do que se supõe. Atinge a própria oposição.

 

 

15 thoughts on “Partidos não percebem a insatisfação generalizada no país

  1. Há 10 dias sem água na região onde resido, mas os “bundões alkiminianos” mentem descaradamente que não existe racionamento.
    Hoje, não temos o Metrô em funcionamento por motivos de greves dos metroviários.
    Pergunto a Tropa de Choque do THC e a Patrulhinha Franc0-Tucana-Suiiça.
    Onde vocês esconderam o Comandante deste Estado.?????
    abraços.

    Ps. Esqueci, e o Roubo do Metrô, onde foi parar a grana.???

      • Quer Álquimin da quadrilha dos trilhos
        ou prefere o Padília da quadrilha mensaleira ??

        São todos ladrões dos cofre públicos.

        Somos governados por quadrilhas desde 1500.

        Uma no poder: A QUADRILHA DE DENTRO
        e outra na oposição: A QUADRILHA DE FORA.

        A quadrilha petralha, sem igual, que cuspiu regras até 2002
        chegou ao poder e rouba tudo que vê pela frente.

        VOTO NULO.

  2. Complicado

    No Brasil de Lula/PT e de Dilma/PT, tem sido de continuados mais baixos índices de desemprego do mundo, com bares, restaurantes, supermercados e lojas cheias de consumidores integrantes da classe média e da classe “D”, inclusive, viajando a turismo por toda parte como nunca visto antes, até mesmo para a Europa. Diante dessa realidade econômica, fica muito complicado acreditar na seriedade dessas “pesquisas”.

    Parece que a grande “mídia livre”adotou a bandeira de certas facções da turma de preto (representantes dos antigos serviços de informação da ditadura militar, SNI, CENIMAR e outros tantos) insatisfeitas com a Comissão da Verdade. Essas facções, partiram para atitudes insanas e antidemocráticas, determinadas empurrar a economia do Brasil para o caos. Grande traição.

    Não estão medindo consequências alguma. Ano passado, aproveitando o aumento das passagens dos transportes, resolveram botar o bloco na rua para transformar as pacíficas manifestações públicas em cenários de guerra, nunca vistos antes, de seguida badernas, vandalismos, interrupção de ruas, avenidas e rodovias. Inclusive, fizeram uso de saques de lojas e incêndios de ônibus e de viaturas, provocando um quadro geral de muita desordem e de medo. Estão por detrás de muita coisa errada. Se conseguem empurrar a economia do Brasil para o fracasso, parece que desconhecem que juntos irão também. Acorda, Brasil.

  3. É isso aí, Welinton. A turma da OBAN está desesperada. OBAN e PSDB juntos para tirar o PT, usando todo o poder da mídia venal, mas eles depreciam o povo. Eles pensam que o povo não percebe que a justiça draconiana do Brabosa é só para o PT. Porque ao mesmo tempo que condenam os políticos do PT protegem torturadores , oferecem indugências para preso de alta periculosodade e soltam ladrão como o juiz nicolau.
    Quanto as realizações o povo também já viu que em Minas e São Paulo falta tudo o que cobram da Presidente. E o povo sabe que Minas e São Paulo é reduto do PSDB. Em São Paulo nem água para beber tem mais porque até a água os tucanos roubaram,em Minas, aéciodonosor construiu um palácio de 8 bilhões no meio do nada, lá para as bandas do aeroporto de confins. Vai ver de quem eram as terras onde foi construído o castelo de aeciodonosor.

  4. Simplesmente os partidos não percebem a insatisfação do povo porque estão absolutamente alheios às necessidades da população!
    Nós não os interessamos. Eles têm outros afazeres muito mais importantes que a representação popular que lhes foi outorgada através do voto, uma espécie de aval para agirem em nosso nome.
    Propositadamente alteraram o sentido, e passaram a atuar somente em nome DELES!
    Conquistar uma função política é muito mais que ter a vida resolvida em termos financeiros, é também ter poder!
    O corporativismo elaborou meios de ganharem dinheiro facilmente:
    Legislam em causa própria;
    Despesas pessoais pagas;
    Concedem-se vários tipos de suplementos salariais;
    Tráfico de influências;
    Fisiologismo;
    Troca de apoio político por cargos no governo;
    Aposentam-se após quatro anos de mandato;
    Comprometimento com seus financiadores de campanha.
    Não há como perderem tempo com as reclamações do povo, com seus descontentamentos e clamores, pelo simples fato que o povo é o povo, e este que resolva por si mesmo seus problemas, pois os parlamentares solucionaram os deles e, em definitivo.
    O PT que o diga!

  5. Prezado Renato Lima

    Exatamente quando o primeiro mundo encontra-se atolado em gigantesca crise mundial iniciada em final de 2007, com os EUA precisando como nunca voltar a poder contar com governos capachos na América Latina confiáveis aos interesses norte americano, surge essa turma de preto em incontida monumental deliberada baderna, em claros propósitos de minar a confiança do empresariado e do povo na bem sucedida política econômica de Dilma/PT, dispondo de todo apoio da grande “mídia livre”. Muito estranho.

  6. Esta mesma pesquisa constatou que a PRESIDENTA DILMA têm aprovação de 51% da população. Mas foi bem lembrada as investigações de COMBATE AS DROGAS. Alguém sabe a quantas andam o CASO DO HELICOPTERO apreendido com quase meia tonelada delas no ESPIRITO SANTO ha alguns meses?

  7. É mesmo Welinton, a crise econômica mundial é uma prova que o crescimento de 2,3% do PIB , em 2013, foi um ótimo resultado para o Brasil. Os analistas erram há 12 anos. O Brasil cresce, e vai crescer mais, o óleo do pré-sal, bilhões de barris, já começou a ser retirado das profundezas pela a Petrobras. Já existe lei contingenciando parte dos recursos advindos do pré-sal para serem investidos na educação e na saúde. Nunca, em tempo algum, a educação foi contemplada com investimentos futuros.

  8. Infelizmente não posso dormir sem comentar a foto de acabo de ver em que estão juntos,Coronel Piciani,
    ,Dornelles,Índio Da Costa,Aécio Neves e outros menos votados,formando uma verdadeiro bando, que chamam de Aezão.Todos sabem que não sou fã do Aécio,pelo contrário,jamais votaria nele,porém com essas companhias, tenho certeza que perdeu muitos votos de pessoas sérias que o apoiavam.Senhores essa é a verdadeira política atual do Brasil onde vale tudo pelo poder não importa como.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *