Pato se tornou celebridade

Tostão (O Tempo)

Pato é o novo reforço do Corinthians. Ele poderá jogar no lugar de Guerrero ou a seu lado. Gosto mais, taticamente, do Corinthians do jogo contra o Chelsea, no 4-4-2, com duas linhas de quatro e dois atacantes (Emerson atuou livre e próximo de Guerrero), do que com três meias e um centroavante isolado (4-2-3-1).

Em 16 de janeiro de 2008, exatamente cinco anos atrás, logo depois de sua estreia no Milan, escrevi: “Pato já é tratado como celebridade e grande craque, antes de jogar 30 partidas, de fazer 30 gols, de ser titular da Seleção, de ser vaiado e de perder o sorriso de menino. Como toda celebridade, Pato já tem namorada famosa, já saiu na revista Caras e, logo, será alvo de muitas fofocas”.

Pato continua a ser uma celebridade, mas não se tornou o craque que todos esperavam. As contusões e a idolatria precoce atrapalharam sua carreira. Não mostrou também a lucidez e a antevisão dos grandes jogadores. É apenas excelente, quando está em forma, o que tem sido raro. No Corinthians, onde deverá receber melhores cuidados físicos, poderá evoluir.

Suspeito, apenas por observação, com grandes chances de dizer besteira, já que não tenho nenhuma informação científica, que um dos motivos de tantas contusões musculares de Pato é sua maneira de correr, ereto, contraído, com o peito estufado, imponente.

CONTRATAÇÕES

Prevaleceu o bom senso, e teremos o clássico com duas torcidas. A PM de vai garantir a segurança, sua obrigação. Após a reconstrução do Mineirão, agora muito mais bonito e moderno, seria uma burrice, uma das maiores besteiras dos últimos tempos, termos uma torcida. Isso não é esporte.

O Cruzeiro fez boas contratações, especialmente do meio para frente. Apesar de irregulares, Diego Souza e Dagoberto são bons reforços. Éverton Ribeiro é também bom jogador. Por outro lado, perdeu Montillo. De todos, o único com característica de armador é Éverton Ribeiro. Se jogar como no Coritiba, será titular.

Não há nenhum sentido o Atlético trazer Riquelme. Além de muito caro e de estar em fim de carreira, joga na mesma posição de Ronaldinho.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *