Paulinho da Força diz que a ‘tendência’ é manter o apoio a Alckmin

Resultado de imagem para paulinho da força

Na convenção, Rebelo anunciou o rompimento

Andréia Sadi
G1 Brasília

O deputado Paulinho da Força (SD-SP) se reuniu neste domingo com Geraldo Alckmin, em São Paulo, para desfazer o início de uma crise entre o partido do deputado e o presidenciável tucano.

Ao blog, o deputado disse ter explicado ao ex-governador que não defende um novo imposto sindical- mas, sim, uma contribuição sindical que teria de ser aprovada por pelo menos 20% da categoria em assembleia, que seria cobrada dos trabalhadores que fossem beneficiados com o acordo trabalhista.

A TENDÊNCIA – Após o encontro neste domingo, Paulinho disse à reportagem que o “atrito foi desfeito” e a “tendência é ir com Alckmin”, mas que ainda ia conversar com seu partido, o Solidariedade.

“Até quinta vamos ter uma posição mais clara”.

Na semana passada, o tucano havia postado em redes sociais que não havia possibilidade de revogar nenhum dos pontos da reforma trabalhista e que não havia plano de trazer de volta a contribuição sindical.

Paulinho se irritou, e Alckmin agiu neste domingo para acalmar o deputado, de olho no apoio do partido em troca de minutos na TV. Perguntado pela reportagem se o gesto do tucano o acalmou, ele respondeu: “acho que sim”.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Se Alckmin aceitar fortalecer os sindicatos-fantasmas, será a maior mancada da campanha dele. A pretensão do Solidariedade é indefensável. O imposto sindical obrigatório não pode ser recriado com outro nome, como defende Paulinho da Força. (C.N.)

6 thoughts on “Paulinho da Força diz que a ‘tendência’ é manter o apoio a Alckmin

  1. ESTÁ MUITO NA CARA: Eleição com Lula é a concretização do golpe, o ex-presidente está no centro da trama e faz parte do jogo. Cooperando com essas capitulações da candidatura sub judice, fundamentalmente para bloquear Ciro Gomes, acabará sendo poupado. Do contrário ferram com ele e nem faria por seu perfil o enfrentamento, antes deixando de se entregar (optasse pelo exílio) e agora conclamando unidade em torno de quem está legal e politicamente apto para o poder. https://www.conversaafiada.com.br/politica/prof-wanderley-lula-vai-entregar-o-poder-ao-psdb

    Os analistas mais centrados estão denunciando a trama das cúpulas que controlam o PT no intuito de bloquear ascensão de Ciro Gomes. https://jornalggn.com.br/noticia/esquerda-precisa-se-unir-contra-alckmin-com-pt-superando-sentimento-anti-ciro-diz-maringoni#.W1YmUE5N2-0.facebook

  2. Recente pesquisa presidencial em Minas.

    Lula abriu frente de dez pontos sobre todos os seus adversários e já vence com folga no 1º turno.

    Bolsonaro tem 15%. Marina e todos os outros viraram nanicos.

    https://goo.gl/3sMW1m

    O povo silenciosamente vai resistindo ao arbítrio e a injustiça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *