Paulo Guedes tirou Bolsonaro da enrascada que poderia justificar o impeachment dele

Charge do Son Salvador (Charge Online)

Vicente Limongi Netto

Paulo Guedes tem gasolina na bomba. Acordou Bolsonaro para o risco de impeachment por causa de excessos de gastos. O presidente montou reunião correndo. Todos de máscaras, mas aglomerados e com fartos abraços. Não aprendem. Bando de marmanjos irresponsáveis. 

Bolsonaro continua espalhando a covid-19. Depois do Piauí, mais uma pantomima sem máscara e aglomerações, foi na Bahia. Atitude desastrada e injusta de Bolsonaro colocando a culpa nos governadores e prefeitos pelas mortes avassaladoras pelo covid-19. Passou da hora de esquecer as urnas e zelar por vidas. 

OUTROS FATOS – A maluquice, o destempero, a hipocrisia, o ódio e o revanchismo tomaram conta do noticiário e do momento político. Raros pensam e argumentam visando o desenvolvimento e o bem-estar do Brasil. A Justiça tornou-se injusta e estranha. A insensatez quer rasgar a Constituição e atropelar direitos e deveres. Ânimos exaltados não solucionarão os problemas. Não é este o Brasil que sonho para meus netos.

A Câmara Legislativa do Distrito Federal mandou o desprezível Abraham Weintraub para o lugar dele, a lata de lixo. Deu-lhe o título de “Persona Non Grata” em Brasília, não é bem-vindo à capital. Aliás, duvido que o STF impeça as candidaturas de Maia e Alcolumbre. O abacaxi é do Congresso. 

JUÍZA ILETRADA – A sentença com termos racistas da Juiza, depois retirados, mostra muita coisa, sobretudo que a magistrada escreve muito mal. 

Caetano Veloso e Chico Buarque viraram figurinhas carimbadas em abaixo-assinados. Não conheço nenhum manifesto em que o jamegão da notável dupla tenha colaborado para o êxito proposto na iniciativa.

Observei aqui, há 15 dias, o excesso de elogios ao novo técnico do Flamengo por ele haver trabalhado com o badalado Guardiola. O Mengo já perdeu dois jogos no Brasileirão. O espanhol corre o risco de voltar mais cedo para casa.

100 ANOS DE HELIO – O jornalista Helio Fernandes tem a energia de Deus.  A têmpera dos fortes. O vigor e a coragem dos verdadeiros guerreiros. Não se abate diante dos obstáculos. Cassado, confinado, preso diversas vezes, teve seu jornal “Tribuna da Imprensa” destruído por bombas.

Enfrentou a implacável censura prévia com galhardia. Até hoje Hélio aguarda o pagamento de indenização autorizada pelo STF. Patético e revoltante escárnio. Em outubro, Hélio completará 100 anos de idade.

Continua escrevendo diariamente textos contundentes, claro, precisos, verdadeiros e marcantes, com incrível lucidez.  Covardões patrulheiros e patrulhados omitem o aniversário de Hélio Fernandes.  Decano altaneiro da legítima imprensa.

SEMPRE LUTANDO – Quando toda a corja de pulhas ainda estava nos cueiros, Hélio já lutava pelo Brasil. Contra opressores, contra falsos patriotas, contra venais que continuam sem honrar as calças que vestem. Vermes sem cérebros engravatados.

Tenho fé em Deus que Helio Fernandes continuará vencendo a corja de fariseus e canalhas. Tenho certeza que minhas palavras têm o endosso dos homens de bem.  

Abraço forte, saúde e beijos para Helio.

13 thoughts on “Paulo Guedes tirou Bolsonaro da enrascada que poderia justificar o impeachment dele

  1. É mais fácil a Globo falir e o $TF ser fechado do que o Bolsonaro ser impichado.

    Numa só tacada, Bolsonaro e Guedes arrancaram um compromisso dos presidentes do senado e da camara de que não mexerão nos tetos dos gastos. Quem mais pressiona para que isso aconteça é o próprio centrão, do qual ambos fazem parte.

    Kkk… tem dinheiro público não, não não… Kkk…

  2. A gasolina do Guedes só serve para abastecer o setor produtivo, reduzir a folha de pagamentos e aumentar o desconto do INSS do trabalhador para compensar. Trata-se da máxima: mais emprego, menos direito.
    Duas correntes se contrapõe em plena Pandemia: os liberais e os desenvolvimentistas..
    De um lado, o ministro Guedes e seus Chicago boys, no campo oposto, os ministros Braga Neto, Tarcísio de Freitas e Rogério Marinho.
    O Posto Ipiranga não quer gastar, defende o equilíbrio fiscal, propõe aumento da carga tributária (CPMF), almeja o corte de direitos sociais e eliminação total das deduções do IR e a privatização de todas as estatais.
    Os desenvolvimentistas querem tudo isso, porém, defendem um amplo gasto público, principalmente no Nordeste, para o presidente inaugurar obras, de olho na reeleição.
    Ambas correntes são de cunho conservador, mas, têm objetivos dispares: a pauta liberal tira votos do presidente na classe média, nas mantém o apoio na classe alta.
    A pauta do aumento do gasto público agrada os políticos do Centrão, as empreiteiras e os trabalhadores, que desejam a volta dos empregos perdidos por causa do arrocho econômico.
    O presidente está 99% na corrente oposta ao Guedes, a ponto da fumaça de sua saída já despontar no horizonte planaltino.
    Só restará ao ministro recompor a amizade com o amigo Moro, para quem sabe, voltar para o governo em 2022, porque ninguém é de ferro. Como dizia Ulisses Guimarães, o senhor Diretas: “o poder e afrodisíaco”.

  3. Não confio cegamente nos delatores. Muitos não conseguem provar o alegado. O que desejam somente é a liberdade. Nenhum arrependimento. Enganam todo mundo, entregam uma parte do assalto aos cofres públicos e vão viver a vidinha de luxo deles, com o produto das ilicitudes.

  4. A nosso ver, nenhum Presidente com apoio Popular sofre impeachment mesmo dando as maiores “Pedaladas Fiscais”, e se não tiver apoio Popular. facilmente é impeachado “por qualquer motivo”.

    Com o Governo Custando 35% de Carga Tributária, mais 10% de Deficit Nominal, e tendo que carregar um Endividamento de quase 90% do PIB, o Min da Fazenda PAULO GUEDES (71) estava certo em seguir a Lei de Teto de Gastos e a Lei de Ouro ( que proíbe emitir Dívida Nova para financiar Despesas Correntes do Gov. especialmente Funcionalismo).

    Mas com a Recessão induzida pela Covid-19 e a aprovação do “Orçamento de Guerra Covid-19/2020”, a coisa muda de figura. O Investimento Privado, Nacional e principalmente Internacional não acontecerão sem antes o Investimento Público tipo “Plano Pró-Brasil” de iniciais R$ 130 Bi do Min Casa Civil Gen BRAGA NETTO para finalizar Obras Públicas já iniciadas.
    A “Dinamite” ( Investimento Privado, especialmente Internacional) só explode depois de detonada a “Espoleta” ( Investimento Público ).

    Por isso somos favoráveis a estender o “Orçamento de Guerra Covid-19” para 2021.

    Austeridade Fiscal em cima da Recessão induzida pela Pandemia “Só tira Votos”, e “Investimento Público tipo Pro-Brasil” do Min BRAGA NETTO acrescenta Votos.

    É isso, ou esperar a volta ao Governo do PT-Base Aliada ou Base Aliada-PT, como aconteceu na Argentina recentemente.

  5. Tenha certeza Vicente Limongi Netto.
    Leio a TI desde 1992. Comprava o Jornal Tribuna da Imprensa em banca na Vinte e Oito de Setembro em Vila Isabel.
    Saudações ao digníssimo Hélio Fernandes.

  6. Este filme de Gastadores vs Economizadores, já
    passou. Só que com outros artistas.
    Era Delfin ( mais Andreza) vs Simonsen.
    Na época, quem ganhou foi a dupla gastadora.
    E deu no que deu.
    A crise econômica que veio a seguir foi tão desastrosa, que levou o Regime Militar ao seu final.

  7. HÉLIO FERNANDES É O HOMEM MAIS CORAJOSO E MAIS INJUSTIÇADO DO PLANETA. FOI PUNIDO DE TODO JEITO E TEVE SEU JORNAL DESTRUIDO SÓ POR CAUSA DE SUAS IDEIAS. UM PREJUÍZO ENORME ! ATÉ O STF LHE DEU GANHO DE CAUSA E MANDOU QUE LHE INDENIZASSEM. ANOS JÁ SE PASSARAM. POR QUE OS FILHOS DA PUTA QUE ESTÃO LHE DEVENDO NÃO LHE PAGAM ???????

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *