PDT mostra que não faz chantagem por cargos

Antonio Santos Aquino

O PDT foi para a base do governo Lula porque foi convidado; nada pediu.Votou contra o governo em duas ocasiões porque tem ideologia e programa. Assim sendo, votou por questão ideológica e programática. Nunca fazendo chantagem para obter cargos e ainda dizendo que o partido está pronto a entregar os cargos que não são seus, e sim da presidente Dilma.

O momento político que vive o Brasil dá ensejo para que haja um empurra-empurra. De um lado, os que torcem desesperadamente para que o “mar pegue fogo, para eles comerem peixe assado”. De outro lado, os que apresentam razões de sobra para a prisão de Dilma. Há também os que querem enquadrar todo mundo, sem saber como, apelando para o disse-me-disse. Alguns falam coisas as mais absurdas, como se não entendessem que existem leis e nem constituição no Brasil. Outros sabem das coisas, mas a paixão política os afasta da verdade. Há, ainda, os que individualizam problemas: este deve ser processado; aquele não. porque eu gosto dele. E um pequeno número sabe que o tumor foi lancetado, acredita nas leis, e espera que a justiça seja feita para o bem de todos.

Os saudosistas esperam, torcem, fazem promessas enchendo as igrejas de velas e as encruzilhadas de ebós e macumbas, querendo a volta dos militares, em vã esperança. E há os que torcem pelos bandidos, desde que pertençam aos seus “times”.

Por enquanto, o quadro é este.

10 thoughts on “PDT mostra que não faz chantagem por cargos

  1. O PDT tem agido com “seriedade” aqui e ali.
    Quem conheceu Brizola e seus princípios, seus objetivos e sua obstinação, não pode acreditar que, vez por outra, o PDT acerta. Nos últimos 15 anos, o PDT errou muito, errou feio, foi mal conduzido e aproveitou cargos em outros governos, em muitos governos? federal, estaduais e municipais. E, na maioria das vezes, esquecendo sua história, sempre em nome de cargos e carguinhos.
    Não é pior que os demais. Nem melhor.

  2. Parabéns pelo brilhante diagnóstico Aquino, que reforço com algumas postagens que inseri em meu face sobre questões nacionais (partidárias e pessoais, link no nome):

    1. TOMEM CUIDADO com o show de FHC, projetando manchetes vindas da catedral do imperialismo – Há mais de 20 anos ele fez essa incursão pelos EUA e voltou nomeado ministro da Fazenda, com o Plano Real no colo, para levar a eleição presidencial no bico e dar no que deu. Apesar de haver feito governo austero e nacionalista o então presidente, Itamar, não foi Franco e se revelou fraco para anos mais tarde ao confessar o estelionato eleitoral produzido e que gerou efeitos danosos até agora fazendo seguidores.

    2. Contra Rede Globo de Manipulação que manobrou no 2º turno das eleições de 1989, mas não se pode desconsiderar que em dez anos anteriores sua trama foi para impedir a ascensão de Leonel Brizola, escalando Lula para perder o embate final. Afinal, se a manobra de uma só noite da TV Globo pode ter resultado em 3 milhões de votos a mais para Fernando Collor o que dizer de algo como 200 mil votos entre Brizola e o petista, este beneficiado com dez anos de ‘jornalismo’? Há milhares de testemunhas por aí, ativas, que viram tudo de perto.

    3. CALHEIROS E CUNHA capazes de tudo – O repórter Bernardo Mello Franco lembra na Folha que desde o início de fevereiro 35 parlamentares – incluindo o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e do Senado, Renan Calheiros – são investigados sob suspeita de receber propina do petrolão. E que o alto comando do Congresso Nacional não adota qualquer providência, em flagrante cumplicidade ou omissão com falcatruas, além do pior que ainda pode ocorrer: abreviar o mandato do investigador (Janot) e prorrogar os mandatos de investigados (Calheiros e Cunha).

    4. O PDT Nacional reiterou apoio à presidente Dilma Rousseff em face da instabilidade política do país, porém também confirmou discordância quanto a determinadas ações do governo sobre as quais vem se manifestando e orientando suas bancadas na Câmara e no Senado a votarem contra. A coisa ficou mais ou menos assim: Que as relações entre Dilma e a sigla brizolista não se estremeçam, atire a primeira pedra quem deseja pior ao Brasil.

    5. Uma polêmica que corre nas redes sociais sobre manchete de texto até bem elaborado, do blogueiro Josias de Souza, leva pessoais à interpretação errônea e depreciativa. Senão, vejamos: “Se não nos querem, antes só do que mal acompanhados” (governo). Agora, a íntegra: “Quem não nos quiser que anuncie à opinião pública por que não nos quer; Se não nos quer porque está fazendo uma opção pela direita, diga. Quem não nos quer porque entende que devemos ser punidos por defender o trabalhador, diga. Mas não seremos nós que vamos fazer o papel do ratos de porão de navio”. De resto, como sempre, ilações recheadas de meias verdades ou mentiras inteiras.

  3. Dorothy, você é uma pirralha incorrigível. Sabe das coisas, mas finge não saber. Dizer que o PDT é partido de coroinhas é uma ironia fora do contexto. Os trabalhisstas nunca pousaram de vestais seja no momento atual seja no pretérito.Dois únicos partidos em nossa história pousaram de vestais: A UDN e o PT. A UDN chegou ao poder com Janio Quadros e os própios udenistas desentendendo-se sobre o golpe a ser dado por Janio ajudaram a derruba-lo. Depois com a sanha golpista traiu o povo brasileiro aliando-se aos americanos e maus militares regiamente comprados, desfecharam o golpe de 1964 contra um governo legitimo e um povo desarmado, “brindando-nos com 21 anos de ditadura” O PT foi outro partido que levantou a bandeira da pureza e moralidade e é isso que está aí. Em um regime pluripartidário o PDT pode tranquilamente aceitar cargos participando do governo. Os cargos são nomeações do governo, mas o partido trabalha para o povo brasileiro e sempre com boa avaliação. Sobre o Lupi que foi massacrado com diversas acusações (por favor não chore), não foi processado por nada. Você ainda é uma pirralha e espero que melhore deixando o preconceito de lado.

  4. Companheiro Stédile, sexta-feira dia 15 fui apanhar uns exames e passei no Pasqualini ouvi alguns dos companheiros falarem, fiquei pouco tempo; só depois vi no Blog do PDT você falando. Gostei do que vi e ouvi. Um abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *