Pedindo desculpas a todos, pelas baixarias que infestam os comentários da Tribuna da Internet

caos no formigueiro

Charge do Vitor T. (Arquivo Google)

Carlos Newton

Nesses dez anos de circulação permanente, a Tribuna da Internet se transformou num espaço importante, formador de opinião, não somente por selecionar e transcrever o que de melhor é publicado na imprensa, como se fosse um sofisticado resumo dos jornais, mas também pelo alto nível de seus comentaristas, realmente sem similar na internet.

É claro que um blog com essas características, que discute os principais problemas políticos, econômicos e sociais, está destinado a atrair robôs de diferentes partidos e ideologias, empenhados em conquistar adeptos.

ROBÔS DIFERENCIADOS –  Por aqui, há androides de todo tipo, alguns são amadores, defendem dogmas ideológicos e religiosos, inclusive as mais diversas teorias conspiratórias, mas a maioria é de profissionais a soldo, que recebem 30 dinheiros para defender candidatos e teses que muitas vezes são até indefensáveis.

É preciso haver convivência e respeito entre humanos e humanóides, porque é ilusão achar que os comentaristas conseguirão se livrar do assédio dos robôs, que invariavelmente são retirados do blog quando se excedem, mas sempre voltam, com outros nomes ou pseudônimos.

Agora, está havendo uma briga entre o comentarista gaúcho Francisco Bendl e o humanoide que se assina “Rocco”, que antes era “Vocco”, mas ninguém pode saber seu verdadeiro nome, sem uma investigação oficial.

É LAMENTÁVEL – Tudo isso é muito lamentável. O resultado dessa briga – da qual os dois saem perdedores, não há vencedor – é a poluição do ponto alto da TI, que é a troca de ideias pelos comentaristas.

Neste sábado, após mais de 10 anos de trabalho diário para manter o blog no ar, 365 dias por ano, pela primeira vez o editor-chefe da TI não teve condições de ler os comentários, tal a poluição do ambiente. Se alguém me mandou alguma mensagem importante, por favor envie de novo.

Esperamos que os dois – humano e humanoide – percebam o mal que estão fazendo a um espaço que pertence a todos, inclusive aos androides e replicantes.

22 thoughts on “Pedindo desculpas a todos, pelas baixarias que infestam os comentários da Tribuna da Internet

  1. Seu editor, vai aqui um conselho de um aprendiz de doutor. Se tiver que fazer sindicância para o nome do incógnito leitor encontrar, sugiro o diretor da ABIN contactar – o ilustre Ramagem, e a ele tudo contar. Se precisar de uma mãozinha, o Queiroz companheiro do Flavio das rachadinhas, talvez possa ajudar.

  2. Oportuna e vital sua manifestação, senhor editor Carlos Newton, mas permitiria-me supor que o senhor não ignora que na realidade o movimento de desinformação e desordem que ultimamente tem se instalado neste blog tentando, aparentemente, atingir alguns comentaristas com ofensas e ataques ás suas posições e opiniões por sensatas e apropriadas, na realidade tentam é desestabilizar e inviabilizar a Tribuna, espaço onde frutifica a oposição a um governo inapto e antidemocrático.
    Não há como ignorar a existência de uma ação coordenada com apoio editorial e teórico profissional.
    Sendo assim, talvez fosse uma medida aconselhável, diante da patente ameaça destrutiva, o editor, legítimo gestor do blog, editar um “código de ética” que fixe algum tipo de comportamento e limitações na atuação dos seus partícipes.
    O único problema será, como explicar o conceito de ÉTICA!

    • Prezado amigo Francisco Moreno,

      A tentativa de desestabilizar a Tribuna acontece desde que o Blog existe e era perseguido inicialmente pelos petistas. O que eu aconselho é que não se dê intimidade aos robôs, que são mais do que conhecidos. É melhor ignorá-los. Sempre recomendo isso, mas as pessoas não ligam.

      Abs.

      CN

    • Prezado Carlos Newton,

      Você sempre apregoou que a TI era um espaço livre e imparcial para informação de seus leitores,
      Me parece que o leitor F. Moreno discorda de você pois postou em seu comentário “inviabilizar a Tribuna, espaço onde frutifica a oposição a um governo inapto e antidemocrático”,
      Vai haver discordância ou concordância Carlos Newton?
      Afinal a TI é um espaço neutro ou não?
      Abraços
      Adalberto

      • Bom dia, Adalberto Nunes. Sei que você é defensor do governo Bolsonaro e respeito sua opinião, jamais a contestei. Não controlo nem censuro ninguém por sua opinião. A maior ofensa que pode ser feita a um jornalista é chamá-lo de censor, direta ou indiretamente.

        Abs. e um Feliz Natal

        CN

        • Prezado Carlos Newton

          OK
          Feliz Natal para voce tambem e continuaremos com nossas ideias, em 2021, entretanto, um pequeno esclarecimento, nem tudo no governo tem minha aprovação e defesa

  3. A única maneira de não entrar na live dos robôs bolsonaristas é ignorar seus ataques.
    O objetivo desses androides é impedir o livre circular das ideias. O mestre desses caras chama- se Steve Barnnon da empresa Analytica, que inundou a América de fake news e deu a vitória ao Trump e depois só Bolsonaro dois anos depois. Só, que foram desmascarados na América e não conseguiram a reeleição do troglodita trumpista.
    Por aqui, ainda estão atuando sob o comando do gabinete do mal. Não sabem o mal que fazem ao país.
    Mas, acredito ainda, na inteligência do cidadão brasileiro, para entender e recusar essa trama diabólica, que só favorece a família real e o grupo de oficiais de alta patente, que o apoia. A história irá julgar esses homens, que tanto mal está causando ao país, principalmente nesse negacionismo atroz, contra a vacina, em meio as 200 mil mortes, por inércia e incompetência das autoridades dos três podres poderes.

  4. Esse revindo que você, CN, diz não identificar, ele já aportou aqui há dois anos, foi desconvidado e agora está prestes a arremeter. Ele não é um mercenário ou proselitista a serviço de uma ideologia: perceba que o nosso enigmático retornou com um sobrenome diferente, mas com origem no mesmo país do primeiro.
    Vou-lhe dar uma dica desse perfil: na calçada de uma agência dos Correios duma cidade qualquer do Brasil, havia um sujeito com cara de megalomaníaco ou bovarista. Sobre uma mesa ele reunia muitos livros, carimbos, formulários…… Todos os itens de um escritório de conveniências. Sentado a uma cadeira vip, de terno e gravada, defendia teses de direito, fazia cálculos de geometria, debruçava-se sobre livros das mais variadas tematicas; passava a impressão de que na sua mesa resolvia-se todas as questões.
    Não se tratava de um estelionatário, o que ele queria era fixar no conceito de quem ali passasse: que ele estava no comando de algo grandioso e que tudo girava ao seu redor . Só isso!
    Aqui perto donde resido, há um louco que todas as noites vai “tirar plantão” num hospital: veste-se de branco e fica rondando nas cercanias. Humilha as pessoas que não se enquadram no modo dele “fazer medicina”. O cara desperta medo!

  5. Sr Newton, bom dia.
    Participo deste Blog, sempre na esperança de adquirir mais informações, tanto do Blog, como dos seus comentaristas.
    Mas ultimamente, não sei explicar, ficou um pouco diferente.

    Já sugeri a leitura desta Tribuna, para muitas pessoas.
    Alguns aceitam a sugestão, mas comentam estarem decepcionados.
    Lêem atrás de conhecimento, mas ultimamente o que vêem são atitudes, digamos assim, um pouco deselegantes.

    Se há uma matéria sobre certo assunto, não vemos análises sobre o mesmo.
    O que vemos são algumas agressões gratuitas.

    Se há visões diferentes sobre a mesma, que seja, é através das divergências, que tentamos entender certos perrengues da vida.

  6. 1) No Ocidente, o Cristianismo diz, todos somos filhos do mesmo Pai, logo irmãos.

    2) Na Ásia, desde o século 6 antes de Cristo, Buda chamava as pessoas de “amigo(a)”.

    3) No RJ é comum o vocábulo “amigão” para se dirigir a um estranho. Uma forma educada, informal…

    4) Como a vida é plural, temos amigos virtuais, amigos no esporte, na política… e amigos na TI…

    5) Chamar outro ser humano de amigo não é hipocrisia. E aproveitando, vamos orar pelos dois em questão, para que façam as pazes neste 4º Domingo do Advento.

    6) Lembrando o ensinamento básico de Cristo que é o perdão…

    • Arrasou, amigão !!!
      Saudações daqui, da praia do nosso Recreio (Rio-RJ). lotadão.
      Quase todo mundo sem máscara, que pena !!!
      Coisa de Brasilzão, que fazer !?
      Total apoio ao nosso respeitado e competente Carlos Newton.

  7. Ultimamente, para fazerem descer goela abaixo os seus valores vomitivos, ou mesmo como anestésico para surpreenderem em seus embustes; determinados segmentos apelam para o eufemismo e malbaratamento de termos sublimes. -Amigo, namorado, irmão, parceiro, brother, meu filho, papai, meu coração, meu pretinho….
    Eu acredito é muntcho!

  8. Infelizmente, ilustre CN, devido aos avanços tão assustadoramente rápidos na nossa comunicação, teremos que conviver com estes inoportunos “seres idiotizados”, porém tendo sempre a nosso favor o indispensável contraditório ou mesmo o desprezo , ignorando assim estes debiloides de última geração… Credo! Sds.

  9. Sr Rocco, boa tarde !

    Solicito que o senhor tenha um pouco mais de consideração com o comentarista Francisco Bendl, a quem, carinhosamente, chamo de Chicão e que tem estado muito adoentado há bastante tempo. Falava muito com ele por telefone, mas parece que seu Claro já não está operativo.

    “Fui chamado de arrogante, prepotente, dono da verdade (apoiado por omissão ou intromissão por outros comentaristas) e me defendi disso. Que mal há, qual é a baixaria ? Tenho que aceitar e ficar por isso mesmo ?”

    Blog é assim mesmo: uns dizem aqui, daqui a pouco, esquecem ou mudam de opinião e desdizem tudo que publicaram ou falaram.

    Pertenci como comentarista do blog por muito tempo, inclusive participando de um almoço com o editor e vários outros comentaristas na estação do bondinho de Santa Teresa. A irresponsabilidade de outrem publicando meu local de trabalho (TRF2) colocou meu nome sob marcação a ponto de já não mais poder opinar sobre posts relativos ao STF, STJ e outros, pois certamente sofreria sanções disciplinares e assim afastei-me do convívio com outros comentaristas.

    Trabalhando com Informática e possuidor de rotinas próprias pude constatar que o que o senhor afirmou – “Pode fazer a investigação oficial, mas não é preciso muito assim para atestar a veracidade, talvez haja falta de conhecimentos em C ou outra linguagem semelhante” – que seu nome é realmente Rocco e está muito próximo da Praça Seca. Mais detalhes seria uma quebra de sigilo tão grave que seria mesmo comparável ao que me foi feito.

    “O comentarista, em determinado momento, pede para que paremos e eu concordo. Isso foi deletado do texto (tenho cópia de tudo) para confundir os demais ou para que continuemos ? Inclusive, quando aceito a proposta feita, concluo (eu não sabia que estava doente) com “Saúde para ti a para a tua família”. Desculpem-me, mas por que deletaram ? Para manter o estado anterior ?”. Isso só o editor pode explicar, é prerrogativa dele.

    Finalizando: não polemize gratuitamente; publique seu pensamento sem esperar concordância ou discordância dos demais comentaristas, mas entendo suas razões quanto à palavra amigo. É uma coisa muito séria para ser pronunciada em vão. Todavia, considero Chicão meu amigo.

    Boas Festas e Feliz 2021, Sr Rocco e Família!

    Boas Festas e Feliz 2021 a todos os componentes deste blog e respectivas famílias!

    • Parabéns Sr. Calos Vicente…Disse algumas coisas que gostaria de ter dito…. Tenho um profundo respeito pelo Sr. Francisco Bendl e o admiro sem conhecê-lo pessoalmente e imagino o orgulho que tens de poder ter conhecido uma pessoa tão humana, combatente aos maus feitos e, principalmente coerente na suas convicções. Abraço à você e ao Chicão (me desculpe a intimidade). Ricardo Lemos.

  10. Olá Boa tarde Jornalista Editor Carlos Newton ( Tribuna da Internet ) – otimo este espaço em que procuro sempre em meus comerciários como Comentarista, a imparcialidade em ate indico alguns Jornais de qualidade para a Tribuna da Internet – colocar na pauta, aqui devemos senpre ter a verdade como lema profissional.

  11. Defendo sempre ao Jornalista Brasileiro, a Filiação na Fenaj, ABI, Fenai, SJMRJ e até na ANAJ Brasil – para ter uma ligação com o Jornalismo e como Jornalista e aqui Comentarista – com Carteira e Credenciado no Brasil. ( B 2020 ).

  12. Não concordo com você Mr. BENDEL. Acho que perderemos todos, sem exceção ou títulos de Dr. Peço que reconsidere tudo isto e continue nos presenteando com suas ideias e textos primorosos.Liga não…Se incomodou a quem quer que seja, está é a primeira razão da sua importância..A parte isto, já nos ensinava o grande Millôr: “Começamos a entender a vida, quando descobrimos que ela é muito curta ” Não vale a pena nos ocupamos com dissabores …Valorize o que te faz bem… Grande abraço amigo e espero continuar me deliciando com os teus textos…Sinceramente, Ricardo Lemos.

Deixe uma resposta para Paulo III Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *