Pela verdade, enternecida, para Jorge Bja e Fernando Orotavo

http://www.idadecerta.com.br/blog/wp-content/uploads/2013/04/HELIO-FERNANDES-001.jpg

Helio Fernandes

Em 1942, o general MacArthur, comandante das Filipinas, estava encurralado. Recebeu ordens do general Marshall (que comandava todas as foras militares dos EUA) para se retirar. Recusou, ficarei aqui, at o fim. Marshall, que tinha ligao direta com a Casa Branca, falou com Roosevelt. Este ligou logo para MacArthur, ordenou: Saia imediatamente. No pde recusar, saiu, deixou a frase famosa: Eu voltarei.

Como a histria se repete, tambm voltei. Mas pela amizade e admirao que tenho pelos dois, e considerando que aquilo que os dois escreveram no pode ficar com espao vazio no lugar onde deveria estar a resposta. Mas como a volta rigorosamente transitria, aproveito para fazer um apelo aos dois, como reciprocidade ao carinho, amizade e admirao que existe entre ns.

O que eu preciso ou peo: que Bja e Orotavo, como advogados, convenam ao CN que ele est cometendo crime de apropriao indbita do meu nome. E tambm de explorao da imagem histrica e jornalstica da Tribuna da Imprensa.

BLOG DO CN

As razes no precisam nem de explicao, s existe um fato: h meses e meses digo ao CN que no quero escrever mais, insisto que ele faa o Blog prprio. Mas tirasse tudo que indicasse meu nome ou da Tribuna, e fizesse o Blog do CN. No pode usar meu nome e minha vida, contra a minha vontade.

Insistiu na deslealdade, eu continuava longe, mas presente pela usurpao. At que surgiu com a invencionice (que a inveno humilhada) da demisso com aviso prvio, uma forma de aparecer como vtima e continuar imaginando que minha imagem propriedade dele.

Bja e Orotavo, s quero reaver o que meu, o CN nem ser prejudicado. Ele fica com o espao, s colocar no alto o nome dele, e perseverar na conquista da glria fugaz e nada altaneira.

Isso pode ser feito em cinco minutos, a recuperao de uma vida jornalstica que levou dezenas de anos para existir. S isso, nada mais do que isso.

Em 1886, Pedro II pediu ao primeiro-ministro Ouro Preto que convidasse Rui Barbosa para ministro da Justia. Resposta de Rui: Por favor, diga ao Imperador que estou empenhado num movimento que ser realizado com ele, se for possvel, ou sem ele, se for necessrio. Era a Repblica.

Ficarei livre do Blog com vocs, de forma cordial, ou sem vocs, da forma que for possvel. Mas quero a minha liberdade de escrever ou deixar de escrever, nica e exclusivamente obedecendo minha vontade.

A BAIXARIA DE 70 POR CENTO
DOS COMENTARISTAS

Usaram o que bem entenderam para me atingir, no conseguiram. Agora podem insistir, nem saberei. Quando participava do Blog, quase no o acessava, por isso no discutia ou debatia com ningum, como fazia na Tribuna. Agora, exaltam este espao de liberdade nico, mas agridem seu criador. Nenhum ressentimento, aborrecimento, arrependimento.

Amaldioam at a minha idade, dizem que estou caqutico, envelhecido, deixei de ser lcido. Ora, vou completar 93 anos no demora, e me sinto cada vez mais vontade, pensando, comentando, escrevendo. Mas lgico, estou to lcido, que olhando a minha carteira de identidade, admito sem revolta: este pode ser o meu ltimo texto.

Afinal, quem chegou ou vai chegar a 93 anos? Mas posso dizer como est no ttulo da autobiografia de Pablo Neruda: Confesso que vivi. Isso nenhuma baixaria ou esprito de vingana pode esquecer.

COMENTARISTAS
SEM INFORMAO

Dizem que estou deixando o Blog por causa das crticas ao PT. Ora, jamais falei ou estive perto de Lula, Dirceu, Genoino, Dilma e todos os outros. Sobre Lula, o mnimo que escrevi e reescrevo: Ele deveria ser ru do mensalo, sabia de tudo, e no h corrupto sem corruptor. Procurem saber, a frase est na moda, das minhas inexistentes relaes com o PT.

Usam contra mim at o fato de ter ficado rfo de pai com 7 anos, e de me, com 9 anos. Isso nem Freud explica, pode ser contra ou a favor. No incio, nem tinha idade para entender. Depois, as explicaes ficam para o destino, que inexplicvel.

Mas a ausncia ou presena dos pais daria quilmetros de reflexes, nenhuma definitivamente conclusiva ou definitiva.

###

PS Chega, tenho mais o que fazer. Acusam at o que chamam de minha vaidade. Vaidoso FHC, que disse adorar os fencios, s porque eles inventaram o espelho. Vaidosos no combatem ditaduras, aderem a elas.

PS2 Fizeram restries at ao Millr, pelo fato dele no estar mais aqui, apesar de ser o nico eterno entre todos ns. Ecltico, tico, enciclopdico, alm do mais Millr era genial em tudo. Da sua gerao e de outras geraes, que portento.

PS3 Estou to lcido, que semana passada dei um depoimento para a televiso, dirigido pelo maior documentarista do Brasil. Sobre ditadura e democracia. Falei 2 horas e 10 minutos, sem interrupo.

PS4 Terminada, ele disse, que memria, que vivncia. A mesma coisa que falou e escreveu Mauricio Azedo (trado por este Blog), quando dei entrevista para o Jornal da ABI, no primeiro exemplar sob sua direo. Publicou em 16 pginas, leiam o prefcio que o Azedo (grande figura) escreveu depois deste reprter falar durante 5 horas.

PS5 Divirtam-se.

###
NOTA DA REDAO DO BLOG Infelizmente, os juristas Jorge Bja e Fernando Orotavo Neto no podero atender ao Helio Fernandes. Motivo: em artigo publicado aqui no Blog, eu j havia anunciado publicamente que cederia graciosamente ao HF, ao seu bastante procurador RMP e s duas empresas que os procuraram para fazer um novo blog ou site, todos os direitos sobre os domnios deste Blog, que me pertencem desde 2009. Mas s posso faz-lo depois do dia 20, pois ainda no fui oficialmente dispensado de cumprir o aviso prvio previsto em lei. E para concluir: faltou HF me acusar de t-lo tornado refm e o obrigado a escrever artigos e mais artigos, esses anos todos, postando uma arma na cabea dele. (C.N.)

59 thoughts on “Pela verdade, enternecida, para Jorge Bja e Fernando Orotavo

  1. Meu caro Hlio Fernandes, o senhor com 96 anos que maravilha viver, tenho um grande amigo baiano de Andara, acho se no me engano, o advogado mais velho ainda em atuao no Brasil. Esse advogado com a idade de 100 anos, cuja festa participei em Salvador, dando vrias entrevistas a jornais, rdios e tv, continua lcido, fagueiro, como se tivesse no dia de sua formatura em 1939 como orador oficial. Continue na ativa mestre, o senhor poder fazer muita falta a todos ns se resolver parar de escrever, com toda a sua lucidez e coragem. Um abrao fraterno
    Zudgard Jos de Barros Paes Coelho
    Andara/Salvador

  2. Poxa Hlio, no abandone a gente. Deixo uma sugesto: faa um canal no Youtube e fale sobre um fato diferente a cada dia, gosto muito dos seus artigos sobre os presidentes da Velha Repblica, ditadura de 64, eleies… enfim escolha um tema e fale pra gente te ouvir. O Pedro Porfrio tem um canal l. Poderia fazer como ele. Vo ter muitos acessos com certeza. Grande abrao.

    • Mnica so exatamente 100 anos, alguns meses e dias, meu amigo Dr. Edgar faz aniversrio em julho, inclusive participei tambm da homenagem pelos seus 96 anos ok.

  3. EU GOSTO DOS DOIS.
    Se o Carlos Newton fizer outro Blog e se o Hlio Fernandes mantiver este, eu vou frequentar os 2.
    Gosto do contedo escrito pelos dois.
    Me informo e aprendo (sem precisar ser manipulado e influenciado por completo pelos seus escritos) lendo o que escrevem.

  4. Se o Carlos Newton fizer outro Blog e se o Hlio Fernandes mantiver este, eu vou frequentar os 2.
    Gosto do contedo escrito pelos dois.
    Me informo e aprendo (sem precisar ser manipulado e influenciado por completo pelos seus escritos) lendo o que escrevem.
    EU GOSTO DOS DOIS.

    • S podemos entender o que acontece entre
      HF e CN como INSENSATEZ. De ambos.
      O que acontece somente aceitvel
      durante os arroubos da juventude.
      E jovens j no so.
      So dois excelentes jornalistas.
      Cada um com a sua histria.
      Cada um com seus defeitos.
      Cada um com suas virtudes.
      HF e CN, a vida bela e passageira.
      Rogo a voces: ALGUM TEM QUE CEDER.
      Para o bem e felicidade geral deixem de lado
      “alguma diferena”.
      Voces so EXEMPLOS e como tal devem se
      comportar.
      Ficarei FELICSSIMA com uma foto
      minha ao lado dos dois.
      De preferncia reconciliados.
      Me permitam. Ainda h tempo.
      No contrariem uma dama.
      Abrao fraterno.

      • Dorothy vou plagiar o Hlio que maravilha viver, deixem dos arroubos da juventude, Hlio o Fernandes e Carlos o Newton, parem com criancices, no queremos perder os dois escrevendo, gostei Dorothy

        • Prezado Zudgard Jos de Barros Paes Coelho,

          Nos resta torcer para que tudo no passe de um mal entendido entre HF e CN e que continuem escrevendo juntos, aqui. Caso o rompimento seja inevitvel esperamos que o blog TI no acabe e que CN inaugure o seu. ACOMPANHAREI OS DOIS ASSIDUAMENTE.

  5. CN s estaria cometendo apropriao indbita se o blog tivesse sido criado por outrem e ele o administrasse. Uma apresentadora (?!?) de TV “patenteou” at seu apelido para que ningum o usasse (chegou at a tentar impedir que um nadador tivesse o mesmo apelido que ela, como Senna pretendeu processar Gurgel por causa do CENA – carro econmico nacional).

    Isto posto, como no houve registro impedindo a criao de blogs com os nomes que CN usa, no se pode acus-lo daquele crime.

    Em tempo: na lista telefnica h mais de 50 assinantes com o nome do “ofendido”. At eles poderiam criar blogs com seus nomes. Lacerda poderia protestar tambm (ou seus descendentes).

  6. O mais til e o menos avanado de todos os conhecimentos humanos me parece ser aquele do prprio homem – Rousseau
    .
    Helio, como eu imaginava, voc analisa e CN confessa: interesse, vaidade e dinheiro. Isso muito pequeno para o tamanho do teu tempo, nome e histria.
    nico reparo que fao: “No pode usar meu nome e minha vida, contra a minha vontade”. Talvez a foto, no. Contudo, quanto ao mais e segundo as condies legais elencadas pelo CN: pode e s te resta duas opes: o silncio, ou os Cdigos. Optaria pela primeira.
    .
    .
    Concluo com:

    Versos ͮtimos
    (Augusto dos Anjos)

    V?! Ningum assistiu ao formidvel
    Enterro de tua ltima quimera.
    Somente a Ingratido – esta pantera –
    Foi tua companheira inseparvel!

    Acostuma-te lama que te espera!
    O Homem, que, nesta terra miservel,
    Mora, entre feras, sente inevitvel
    Necessidade de tambm ser fera.

    Toma um fsforo. Acende teu cigarro!
    O beijo, amigo, a vspera do escarro,
    A mo que afaga a mesma que apedreja.

    Se a algum causa inda pena a tua chaga,
    Apedreja essa mo vil que te afaga,
    Escarra nessa boca que te beija!

  7. Bom dia, Hlio. Nasci no dia 27 de dezembro de 1949. Vou completar 64 anos, assim tambm o Tribuna da Imprensa. Meu saudoso pai, gostava muito deste jornal, e de seu fundador. Sempre acompanhou tudo o que noticiava, at o advento da primeira televiso (Emersonn, comprada no Rei da Voz) e dai em diante veio a morte. Mas sempre cultivou o interesse por uma imprensa sria. Lucida e acima de tudo com muita honra. Eu segui os passos de meu pai. E peo a ti, Hlio, no abandone a sua criao. Fique. Grande abrao.

  8. Cansei desse bl bl bl, parece briga de crianas. Sejam profissionais. Venho aqui ler opinies. Gosto do contraditrio do site. irrelevante essa briga de bastidores. Tem muita coisa mais importante acontecendo na poltica brasileira para dois jornalistas de tamanha envergadura ficarem fazendo esse tipo de publicao. Pronto falei.

    • Marine,

      Falou e muito bem.
      Aproveito a tua sensatez para dar um ltimo recado aos que me questionaram indevidamente pelo uso da palavra “cncer”.

      Metfora:
      (Do gr.metaphor,pelo lat.metaphora) Substantivo feminino
      Tropo (emprego de palavra ou expresso em sentido figurado) que consiste na transferncia de uma palavra para um mbito semntico
      que no o objeto que ela designa,e que se fundamenta numa relao subentendida entre o sentido prprio e o figurado.

      (Por metfora chama-se de reposa a uma pessoa astuta,ou se designa a juventude primavera da vida). Dicionrio Aurlio.

      O uso da palavra cncer,como metfora,para Helio Fernandes tem os seguintes significados:

      -autoridade suprema
      -autoritarismo
      -subservincia
      -conivncia
      -vaidade do defeito
      -egocentrismo
      -narcisismo
      -vaidade
      -desagregao
      -ausncia de auto-crtica
      -idolatria
      -ausncia de gratido
      -ameaa
      -desimportncia da grave temtica nacional X vaidade do defeito
      (…)

      Marine,novamente,parabns pelo teu pragmatismo e senso de realidade.

      • Se for isto, tu s tambm um “cncer”.

        O que te faz to certo de que possas tomar a cadeira de juz e atirar flechas envenenadas em qualquer um que no te agrade?

        Principalmente colocando a listagem de defeitos que lhe so oriundos.

        Mateus 7.5 “Hipcrita! tira primeiro a trave do teu olho; e ento vers bem para tirar o argueiro do olho do teu irmo”.

  9. Prezado Hlio,
    Sinto muito por tudo isso. Por voc, pelo Carlos Newton, por mim, pela Tribuna da Imprensa, e, principalmente, pelos rfos que ela deixar. Respeito e admiro ambos e a histria de ambos. Histrias de luta e de determinao na defesa de ideais. Acredito que minha manifestao foi carinhosa e espero que atravs dela tenha conseguido passar meu sentimento de tristeza e impotncia diante das circunstncias. No sei se sabem o que esto fazendo, mas, se sabem (e, pela determinao de ambos, parecem que sabem), quem sou eu para interferir na vida alheia; logo eu, um simples eu.
    Fique com Deus, que ele lhe proteja e lhe guarde!
    Com ternura,
    Fernando Orotavo Neto

    • Concordo com o voce Fernando, ja passou da hora , senten-se ambos e acabem com essa postura, nos leitores diarios , contamos com seus artigos , O BRASIL precisa e voces dois ( HELIO E NEWTON) ., tem o dever de continuarem escrevendo os artigos que nos da uma fora todos os dias para continuar nessa luta.

    • Prezado Fernando Orotavo Neto,

      O fato do jornalista HF ter se dirigido ao senhor revela, para mim, o grau de amizade entre voces. Espero que consiga, de alguma forma, demover HF e CN do rompimento fazendo com que o espao democrtico da TI continue tendo a participao de ambos. No tenho dvida de que esse o desejo da maioria que frequenta o blog. HF uma reserva moral da imprensa brasileira e patriota incansvel. CN alm de jornalista brilhante, aqui, sempre demonstrou lealdade a ele. No entendo os motivos – se que existem – de tal contenda, para mim insana. Abrao fraterno.

    • Sente muito Fernando Neto?

      O que fez para evitar tudo isso?

      (…) a Tribuna da Imprensa deixar orfos? Ora,Fernando,desde quando a fonte de informao,cultura,intelectualidade e espiritualidade,est em blogs,sites,jornais,revistas,TVs,(…).

      A nica fonte verdadeira,est na auto-estima,no estudo contnuo e nos l-i-v-r-o-s.

      rfos,ficaro os inocentes-teis,idiotas-teis,subservientes e coniventes a gigantes de ps de barro como o seu idolo Helio Fernandes.Afinal,a escravido gera dependncia.

  10. O CN diz que detm o domnio da marca Tribuna da Imprensa quando quase todo mundo sabe que este nome criao do HF quando a dezenas de anos atrs comprou a Tribuna da Imprensa. Acompanho o Helio Fernandes a mais de 30 anos e como sou agradecido a ele por poder ler o que ele escreve. No h um jornalista brasileiro que ame o Brasil e defenda os interesses do povo brasileiro como ele.
    Parabns querido HF. E voc CN compre tambm um jornal para ti, d um nome, e tente conseguir a admirao, o carinho e o respeito que o Helio Fernandes adquiriu ao longo de sua vida.

    • Pegando carona em seu comentrio, Andr, se Carlos Newton registrou o domnio da marca Tribuna da Imprensa e de Helio Fernandes, o titular anterior provavelmente no se disps a reaver o domnio do que lhe pertencia, pois em dado momento os teria perdido, e CN s pode ter agido com boa f, a fim de evitar que as marcas cassem em mos de pessoas que querem calar a boca de muita gente. A invaso recente de crackers no deixa dvidas quanto a isso. O prprio CN, se quiser, pode dar a verso verdadeira.

  11. Usurpador de marcas e manipulador

    CN est cometendo um erro irreparvel atrs do outro. Helio Fernandes trabalhou sempre com tica, um dos grandes sinnimos de integridade e lisura profissional, com interesse pblico e dignidade pessoal, e com maestria aos 93 anos.

    Primeiro CN, usando a marca Tribuna da Imprensa, tentou arranhar a biografia do lutador Maurcio Azdo, agora quer usurpar os legados de HF e Tribuna da Imprensa, que se fundem na cabea dos leitores e admiradores do jornalismo crtico e com compromisso social.

    Se diz dono do blog http://www.tribunadainternet.com.br desde 2009 e ao mesmo tempo diz que foi demitido?? Hora quem dono no demitido, e quem demitido na maioria dos casos no cumprem aviso, so indenizados pelo patro. Que por sua vez deseja ver o trabalhador bem longe da sua empresa o mais rpido possvel. HF HISTRIA VIVA, j CN… faa um blog em seu nome, siga e deixe o HF em PAZ!

  12. Grandes Hlio Fernandes e Carlos Newton. Vamos passar por cima desta pequenas diferenas. Vocs dois so muito maiores do que elas. No nos privem dos ensinamentos de vocs. Toro para que cheguem a um bom termo.

  13. Concordo com o Fernando Orotavo Neto, quem perde com isso somos nos leitores , ropupa suja e lavada em casa, Obrigado Carlos Newton por todo esse trabalho de manter a TRIBUNA, Obrigado Helio Fernandes pelos artigos passados, agora senten-se e arrume a casa , o BRASIL precisa MELHORAR e voces dois fazem parte dessa luta .

  14. Acertou o pequeno “clube-fanzoca” do “imortal” entreguista-traidor-sacripanta, Sulto de higieno[polis em cheio,,, aqui carinhosamente chamado pelas inicias de fhcorleone.

    “Vaidoso FHC, que disse adorar os fencios, s porque eles inventaram o espelho. Vaidosos no combatem ditaduras, aderem a elas.”

  15. Neste Mar de Corrupo que se instalou no Brasil, fica dificil imaginar que um nico partido (psdb) e seus integrantes sejam todos HONESTOS,,,,,,,
    Vai pra grupo…..eh1eh!eh

  16. Ilmo. Sr. Cncer Germani, a tua emenda ficou pior do que o soneto, como disse o HF, no se pode considerar o inexistente, ainda bem que o sr. resolveu se recolher, vai com deus e as pulgas!

  17. Pessoal,

    Essas “crianas” (CN e HF) conhecem muito de jornalismo. Jornal escrito precisa de leitores para emitir tiragens, seno obviamente quebra. Blog precisa de leitores para visitar os posts, seno obviamente fecha. Ento como esses “meninos” j participaram de muitas “quebras” e “fechamentos” –essa foi boa! kkkkkkkk– so matriculados e com muito expertise no assunto. Essa desavena uma “briga armada” com dia e hora marcada para retorno, enquanto isso tome visitas, comentrios e mais e mais !!!!.
    Com a palavra “Sr. Tempo”.
    Mas confesso que continuo lendo CN e HF.

    Abs

  18. Mestre dr. Hlio Fernandes.
    No ttulo, substitu “eternecido” e li ENTERNECIDO, justo por partir do senhor, pessoa meiga, fraterna e amorosa.
    Mestre, ainda acredito que de uma hora para outra, a harmonia e a paz voltaro. Mas, perdoe-me, Mestre, me custa crer que Carlos Newton durante tantos e tantos anos tenha usado, indevidamente, seu precioso nome, o nome da Tribuna da Imprensa e a respeitada foto do senhor no blog, com publicaes dirias de seus escritos. Tanto mais do que suficiente para demonstrar que jamais existiu, digamos, uma apropriao indbita, no autorizada, no permitida, clandestina,ou seja, uma contrafao de tais bens.
    Cordialmente,
    Jorge Bja

    • Prezado Senhor JORGE BJA,

      Ajude-nos a entender o que vem ocorrendo entre HF e CN.
      Pela proximidade entre voces tente com todas as foras possveis demover ambos do rompimento. Somos assduos aqui e sentiremos bastante a falta da TI. Abrao fraterno.

  19. “Fazer publicidade da nossa virtude significa que nos preocupamos com a fama, e no com a virtude em si.
    No queres ser justo sem gozares da fama de o ser?
    Pois fica sabendo: muitas vezes no poders ser justo sem que faam mau juzo de ti!
    Em tal circunstncia, se te comportares como sbio, at sentirs prazer em ser mal julgado por uma causa nobre.”

    Sneca

    A ambos, juntos ou separados, o meu agradecimento pelo que veem me ensinando.

  20. Depois que CN elevou a ira dos petistas contra si, ao denunciar as pilantrages do Capil, RoseGate, Genono e tantas outras, este blog, que vinha bem, sofreu incessante ataque dos hackers chapas brancas. Chegou a sumir da rede mundial de computadores. Graas ao esforo do Newton e de alguns colaboradores j reconhecidos neste espao, voltou. Porm, espantosamente, surge essa trama inacreditvel. Hlio Fernandes, de quem j fui leitor dirio, desde que retornou a escrever neste espao afirmou que estaria na trincheira para DEFENDER o mollusco. De certo que, o HF alegar: “jamais falei ou estive perto de Lula, Dirceu, Genoino, Dilma e todos os outros” no o impediu de ter declarado apoio explcito ao Molluscus farsantis. Basta percebermos que os artigos recentes de HF no botam o dedo nas feridas putrefatas petistas. JBarbosa e os tucanos tambm so alvos prediletos das crticas ferinas de HF. De certo que est patente que o HF se tornou mais um jornalista amestrado. Newton, promova novamente aTribuna da Internet ou Tribuna da Liberdade como j sugerido por algum daqui e vamos em frente na luta pelo esclarecimento dos fatos polticos que impedem que sejamos de fato um pas rico para todos os brasileiros. Saudaes brizolistas

    • Atacar os tucanos no o problema, sr. Darcy. O problema PROTEGER os bandidos petistas. Lembro muito bem que HF sempre foi um ferrenho crtico do FHC. Mas, lamentavelmente, no vejo mais o HF fazer as crticas necessrias acerca dos “malfeitos” dos cumpanhero. Sem contar que HF afirmou que estaria na trincheira junto com o mollusco! O que foi dito pode ser negado, mas quem pode negar o que est escrito? E mesmo em relao a trajetria de HF, houve uma poca em que atacava implacavelmente o governador Leonel Brizola e tempos depois era s exaltao ao LB. De certo que, a despeito da histria de luta do HF pela democracia neste pas, considero que esse jornalista no esteja acima do bem e do mal.

  21. Meus Caros CN e Hlio Fernandes, que a paz esteja convosco sempre, pelo o amor de DEUS, no deixe a Tribuna acabar,pensem nos que ficaro rfos de uma boa leitura, a luta dever continuar, no importa se amanh ou depois outros hackers chapa brancas venham a intervir nas matrias, teremos sempre um anti-vrus, mas se voces acabarem, nada mais teremos.

  22. Prezada Dorothy,
    Como dizia meu pai, “o bom inimigo do timo”. Conversei longamente com Hlio Fernandes, e tambm com Carlos Newton. Chegaram, eles, a um acordo; bom para ambos os lados (e vontades). O “timo” vir com o tempo. Pelo menos, rezo para que isto acontea. Nada alm de ouvi-los, no julg-los e devotar-lhes a minha sincera amizade, pude fazer. Em breve, muito breve, voc conhecer o contedo do acordo. Caber a eles inform-los; a todos. Espero lhe ter ajudado com esta resposta. E confie no tempo…tenho certeza de que s ele tem o poder de transformar o bom em timo.
    Fraterno abrao,
    Fernando Orotavo Neto

    • Prezado Fernando Orotavo Neto,

      timo, chegamos a bom termo.
      Sua interferncia amigvel foi fundamental.
      Continuaremos leitores assduos.
      Obrigada pela ateno.
      Abrao fraterno.

  23. PARABNS, DR. OROTAVO!
    Umm fortssimo abrao e minha gratido pela sua intermediao que unir novamente esta dupla extraordinria:
    Hlio Fernandes e Carlos Newton.

    • Exatamente, viva o dr. Orotavo. Sou ateu, mas vou dizer: CN e HF, paz na Terra aos homens de boa vontade. Eu reconheco que voces dois tem muito boa vontade. Entao vamos em frente. Em paz, sempre.

  24. Meus caros,
    Na verdade, no sou merecedor desse “VIVA”. Nada intermediei. S os ouvi e ponderei, com ambos. So duas pessoas extremamente inteligentes, cultas e civilizadas. Decidiram por vontade prpria. A “Unio Plena” seria o timo. O acordo, a meu ver, simplesmente bom. Mas, vocs logo sabero.
    Abraos,

  25. Ilmo. Sr. (*) Germani, acho que intuitivamente captei uma afeco de rancor e de super-emoo, muito caracterstico nos cancerianos, quando no esto em suas melhores fases; pela forma como o sr estava se referindo ao ILUMINADO Mestre HF. De qualquer forma, aceite antecipadamente minhas desculpas se lhe pareceu agressivas minhas ltimas postagens, quando me referi ao senhor. Pode ficar certo, que no padeo do mal que o dio pode causar, porque jamais odiei algum em toda minha vida e com certeza no seria o senhor. Sugiro que aproveitemos este momento que as coisas parecem caminhar para o entendimento e um possvel final feliz, para no ficarmos colocando lenha numa fogueira, que passou da hora de apagar. A propsito, suas verdades me parecem relativas, seus ltimos recados tambm interminveis, e, espero sinceramente que nessas suas idas e vindas ao blog, o sr. realmente volte somando e no dividindo.

  26. Prezados Srs Hlio Fernandes e Carlos Newton:

    No entrando no mrito, reitero, do profissionalismo das duas notrias figuras de nosso jornalismo, no sendo advogado nem tendendo para nenhuma das partes, venho, com iseno, tentar colocar ordem na confusa relao, voltado aos seus leitores que tanto apreciam seus comentrios, no intuito de que haja um entendimento e parem com essa briga infantil.

    Como fiz anteriormente, venho solicitar especial favor que os ilustres jornalistas Sendo o Sr Hlio Fernandes, histrico jornalista, patrimnio nacional da liberdade de expresso que esclaream de uma vez por todas o que est acorrendo entre os dois, afinal, transformaram-se em notcia com o tamanho do imbrglio pblico, reiteradas notas de ambas as partes que mais confundiram, diversificaram, do que esclareceram.

    Transcrevo abaixo os ltimos textos de ambos e levanto dvidas que pairam quanto ao assunto atravs de breves comentrios. Editei tais textos, tentando ser objetivo:

    TEXTO EMITIDO POR HLIO FERNANDES

    HF: (…) O que eu preciso ou peo: que Bja e Orotavo, como advogados, convenam ao CN que ele est cometendo crime de apropriao indbita do meu nome. E tambm de explorao da imagem histrica e jornalstica da Tribuna da Imprensa.
    COMENTRIO: quando solicita que seus amigos hajam como advogados, no deixa claro se pede seus manejos em negociaes de conflito ou uma velada ameaa jurdica. Quanto a apropriao indbita, custa crer que houve. O Sr vem postando rotineiramente no Blog, demonstrando com isso, claramente, que sempre aceitou que seu nome, foto e o ttulo Tribuna da Imprensa constassem no Blog. Demonstra um acordo tcito de sua parte.

    HF: As razes no precisam nem de explicao, s existe um fato: h meses e meses digo ao CN que no quero escrever mais, insisto que ele faa o Blog prprio. Mas tirasse tudo que indicasse meu nome ou da Tribuna, e fizesse o Blog do CN. No pode usar meu nome e minha vida, contra a minha vontade.
    COMENTRIO: ao que tudo indica, no houve, nos ltimos meses interrupo de suas postagens. Caso houvessem sido interrompidas, ficaria constatado sua recusa. Se o Sr fez a solicitao, porm, continuou postando, houve sua plena concordncia.

    HF: Insistiu na deslealdade,
    COMENTRIO: favor esclarecer melhor. O Sr Carlos Newton sempre demonstrou total lealdade ao Sr. Lealdade, respeito,admirao e submisso amplamente demonstrada.

    HF: eu continuava longe, mas presente pela usurpao.
    COMENTRIO: Usurpao igual a falsificao. Mas, como? O Sr permaneceu escrevendo seus textos e os mesmos sendo publicados. Onde a usurpao?

    HF: At que surgiu com a invencionice (que a inveno humilhada) da demisso com aviso prvio,
    COMENTRIO: pelo que deu para se entender, o Sr Carlos Newton funcionrio com carteira assinada pela empresa S\A Editora Tribuna da Imprensa e, por motivos que no sabemos, pediu demisso como empregado da empresa da qual o Sr o titular.

    HF: uma forma de aparecer como vtima e continuar imaginando que minha imagem propriedade dele.
    COMENTRIO: como empregado (se realmente for essa a circunstncia), tem todo o direito de solicitar demisso dando, concedendo, aviso-prvio conforme Legislao Trabalhista no sendo cabvel ser considerado como vtima, nem de ter se apropriado de sua imagem.

    HF: Bja e Orotavo, s quero reaver o que meu, o CN nem ser prejudicado. Ele fica com o espao, s colocar no alto o nome dele, e perseverar na conquista da glria fugaz e nada altaneira.
    COMENTRIO: bastaria, caso as divergncias serem insanveis, o Sr dirigir uma carta nominal ao Sr Carlos Newton solicitando tal providncia pedindo que assinasse uma cpia como comprovante. Essa carta poderia ser encaminhada via Cartrio como Ao Extra Judicial. Caso no fosse realizado seu desejo em data pr-estabelecida, poderia sim entrar na Justia fazendo valer os seus direitos.

    HF: (…) Ficarei livre do Blog (…). Mas quero a minha liberdade de escrever ou deixar de escrever, nica e exclusivamente obedecendo minha vontade.(…)
    COMENTRIO: para ficar livre do Blog basta fazer como disse no pargrafo anterior e deixar de escrever. Quanto a querer liberdade, no conheo nenhum jornalista obrigado a exercer seu ofcio. Talvez exista um engano quanto a tal afirmativa, afinal, houve perodos em que o Sr no emitia textos, no sendo claro da sua obrigatoriedade.

    TEXTO EMITIDO PELO SR CARLOS NEWTON

    CN: NOTA DA REDAO DO BLOG Infelizmente, os juristas Jorge Bja e Fernando Orotavo Neto no podero atender ao Helio Fernandes. Motivo: em artigo publicado aqui no Blog, eu j havia anunciado publicamente que cederia graciosamente ao HF, ao seu bastante procurador RMP e s duas empresas que os procuraram para fazer um novo blog ou site, todos os direitos sobre os domnios deste Blog, que me pertencem desde 2009.
    COMENTRIO: o Sr Carlos Newton demonstrou e demonstra boa vontade, por escrito, em ceder tal domnio na Internet. O Sr Hlio Fernandes poderia vir a aceitar tal doao e fazer do Blog o que bem entendesse. Alm disso, fica clara a declarao da propriedade do Blog http://www.tribunadainternet.com.br/ ser dele, registrado em nome dele Carlos Newton, o que se subentende. E pelo ttulo, Nota da Redao, claro que o mesmo se coloca como Redator Chefe. importante no confundir esse link, creio eu, com a razo social S\A Tribuna da Imprensa, pertencente ao Sr Hlio Fernandes.

    CN: Mas s posso faz-lo depois do dia 20, pois ainda no fui oficialmente dispensado de cumprir o aviso prvio previsto em lei. (…)
    COMENTRIO: pelo texto se compreende que trata-se sim de uma relao formal, trabalhista, regida pela CLT. Ou seja, o Sr Carlos Newton pediu demisso, provavelmente, da S\A Tribuna da Imprensa.

    Essas as minhas consideraes, certo que, em nome da liberdade de expresso, no encerrem com o Blog. Os Srs so diferentes por natureza, em idade avanada, experientes, possuem imensos defeitos, mas so imprescindveis na divulgao de ideias, formando opinies nos trazendo avaliaes que nos ajudam a entender a histria de nosso pas.

    No se deixem dominar por picuinhas e mal entendidos. No sejam ranzinzas!! Cedam!! Por favor…

    Certo que daro ouvidos, no s a mim, como a todos os colaboradores e leitores desse espao nico aproveito para sugerir, no comentem mais coisa alguma, voltem ao trabalho que o que sabem fazer de melhor!!

    Abraos
    Mauro Moraes
    Leitor da TI desde criancinha

  27. Marco Opala, confesso que tambm pensei que tudo isso no passasse de um mise-en-scne dos dois jornalistas para que futuramente tenhamos dois blogs um do CN e outro do HF.

  28. Carssimo Hlio, a Tribunada Imprensa cria sua, pois voc o remanescente do que era anteriormente um jornal imparcial, digno, em busca da verdade e da defesa dos interesses do Brasil.
    Infelizmente, pouco a pouco ele foi incorporando jornalistas sem qualquer equilbrio emocional e intelectual, e abrigando at mesmo matria dos jornales da imprensa amestrada (absurdo!!!).
    Peo-lhe, em nome certamente de grande nmero de seus leitores e admiradores, que no abandone a lide, e congregue colegas igualmente insuspeitos como Pedro do Coutto, Mauro Santayana, Carlos Chagas e gente desse quilate para nos brindar com um NOVO blog (que poder ter o nome original, ao qual voc faz jus como ningum, ou outro).
    Estamos fartos do personalismo de seu redator, que escreve metade das matrias publicas. Quremos DEMOCRACIA E IMPARCIALIDADE!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.