Pelé e os Beatles

Sebastião Nery

Quando se aposentou do futebol profissional e foi brincar de jogar no Cosmo dos Estados Unidos, Pelé entrou em um curso intensivo de inglês. Uma tarde, ia saindo da escola, quando um rapaz alto, cabelos longos, de óculos, o cumprimentou na calçada, fez-lhe um punhado de elogios e pediu para fazerem uma foto.

A foto foi feita, o rapaz agradeceu muito, despediram-se, cada um foi para seu lado. Depois de atravessar a rua, Pelé se lembrou de já ter visto aquele tipo em algum ligar. Olhou para trás, reconheceu John Lehnon.

###
BRASÍLIA

A Copa do Mundo de 66 foi na Inglaterra. A delegação brasileira ficou instalada em Liverpool. Uma tarde, aparecem lá quatro cabeludos oferecendo-se para fazerem um show musical em homenagem à seleção brasileira, sem cobrar um tostão. A comissão técnica nem quis recebê-los.

Eram os Beatles.

Pelé relembrou estas histórias em janeiro de 2008, numa conversa com o então governador José Roberto Arruda, de Brasília.

O governo de Brasília decidiu realizar em junho uma grande celebração dos cinqüenta anos da Copa de 58, a primeira que o Brasil ganhou, na Suécia. E Pelé foi chamadao para ser o presidente de honra da festa.

Deveriam ter convidado McCartney e Ringo.

###
ELEONORA

Magistral este trecho da jornalista Eleonora de Lucena, da Folha, sobre a crise econômica, os executivos dos bancos e as tais agências de risco:

“Mocinhos engomados e arrogantes colhem seus robustos bônus. Suas apostas foram catapultadas pela arquitetura fácil de riqueza. Tiveram o incentivo dos chefes dos bancos e o beneplácito das autoproclamadas agências de risco. Embrulhadas em números gostosos, as projeções esconderam um mundo oco. Enrolaram cidadãos, empresas, governos. Os acrobatas garantiram seus ganhos e agora assistem ao castelo desmoronar. Com o rabo entre as pernas, clamam por socorro do arquiinimigo, o Estado. São apenas peças mais visíveis dessa engrenagem chamada capitalismo”.

Nada a acrescentar.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

One thought on “Pelé e os Beatles

  1. Beatles em Liverpool em 1966 querendo tocar de graça para a seleção brasileira.
    Bom, os Beatles moravam em Londres e não em Liverpool. Segundo, os Beatles estavam em meio a uma tour, que por sinal seria a ultima.
    Ninguém sabe disso, nenhum outro jogador, a não ser o Pelé?????
    Me cheira mais um dos factoides do Edson Arantes para auto promoção (não precisa disso, mas insiste em fazer talvez por que sua vida fora dos campos não seja para se orgulhar.
    Como eu disse, outro factoide igual aquela guerra de não sem quem contra não sem contra, não sei onde nem sei quando que ele diz ter parado….aff

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *