Pelos teólogos, Jesus é Deus e homem; na Bíblia, é só homem

José Reis Chaves
O Tempo

O Concílio Ecumênico de Constantinopla (553) decretou que Jesus, além de ser um homem, é também outro Deus, o que gerou a maior polêmica de todos os tempos do cristianismo. Os teólogos trinitários dizem que as pessoas é que são três, mas que Deus é um só. Mas eles se contradizem, afirmando contundente e dogmaticamente que Jesus é Deus igual ao Deus Pai todo-poderoso, o único Deus. Ademais, ensinam que o Espírito e verdadeiro Santo é também outro Deus. E ensinam que esse assunto é contraditório, porque é mistério de Deus.

Na verdade é mistério deles, pois foram eles que criaram essa e outras doutrinas contraditórias transformadas em dogmas por eles. E, na época da Inquisição, quem negasse um dogma morria na fogueira. Por isso, eles estão aí até hoje como sendo a base do cristianismo, mas são também a causa principal da própria crise do cristianismo! O espiritismo é a exceção, pois se fundamenta naquele cristianismo anterior aos dogmas. Daí ser chamado também de “cristianismo redivivo”.

NOS TEXTOS BÍBLICOS

Abordaremos, nesta matéria, Jesus e o Deus único e verdadeiro, com base em textos bíblicos.

“(…) Meu ensino não é meu, e sim daquele que me enviou” (são João 7: 16). O que envia é superior ao enviado. E foi Deus, o Pai, que enviou Jesus, Filho de Deus e nosso irmão maior. E porque Ele é um homem, é chamado também de “Filho do Homem”.

E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste” (João 17: 3). O que enviou Jesus, o Filho de Deus, é que é o único Deus verdadeiro, o Pai.

Jesus, ao ressuscitar ou aparecer (“ressuscitar” é sinônimo de “aparecer”), aparece a Maria Madalena, dizendo-lhe: “(…) Mas vai para meus irmãos, e informe-lhes que eu subo para meu Pai e vosso Pai, Meu Deus e vosso Deus” (João 20: 17). Esse texto nos mostra, com uma clareza meridiana, que Jesus é mesmo nosso irmão. Se Ele fosse Deus, Ele seria nosso Pai, e não nosso irmão! Deus é que é nosso Pai e Pai Dele, também. E Jesus é unigênito do Pai no sentido de que Ele é o único Filho de Deus que já atingiu a sintonia plena com Deus, a ponto de Ele ter podido dizer que Ele e o Pai são um. E nós, um dia, com a nossa evolução espiritual, seremos também um com Ele e com o Deus Pai.

A fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste” (17: 21). “Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que eles sejam um, como nós o somos; eu neles e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste, e os amaste como também amaste a mim” (João 17: 22 e 23). Esses últimos textos dispensam comentários.

Só destacamos esta parte: “a fim de que eles sejam aperfeiçoados na unidade”, o que nos demonstra que nós temos mesmo que evoluir muito para chegarmos à unidade entre todos os filhos de Deus com Jesus e o próprio Deus Pai, o que já aconteceu com Jesus, o nosso Irmão Maior e modelo, e o Pai, e deverá acontecer, no futuro, com todos nós e com Eles dois, tornando-nos todos nós um só em sintonia.

E, em parte, inspirando-nos no professor Sabino, dizemos que, se aceitarmos que Deus seja pessoa, nós temos que admitir que Ele tenha cometido também pecados, dos quais, primeiramente, como nós, Ele teria que se livrar igualmente, para que possamos todos nós ser um com Ele!

10 thoughts on “Pelos teólogos, Jesus é Deus e homem; na Bíblia, é só homem

  1. Ótimo artigo. Acrescento que, infelizmente, há no Brasil, uma Espiritismofobia, Umbandafobia e Candoblefobia, que não condiz com a mensagem de Cristo. Evidencia um país preconceituoso, uma lástima. Meu apoio e solidariedade à recente vítima da intolerância religiosa no Rio, a menina Kailane, de 11 anos, que levou uma pedrada na cabeça, por estar vestida de branco, ao sair de uma cerimônia de Candomblé, próxima à Vila da Penha, RJ. Amanhã, domingo, 21/06/2015, no Largo do Bicão, haverá às 10 horas, reunião pública e aberta da CCIR – Comissão de Combate à Intolerância Religiosa, CONIC – Conselho Nacional de Igrejas Cristãs – RJ, Koinonia, MIR – Movimento Inter-Religioso etc. contra o absurdo da agressão.

  2. A situação das igrejas cristãs se assemelha ao marxismo. Se aferraram à dogmas e agora não sabem como sair. Ou reconhecem o erro, ou continuam seguindo por uma estrada sem futuro.
    Até a ciência já reconhece, não obstante denominando de forma diferente, o mundo espiritual como muito vivo e ativo e não apenas povoado por “demonhos”.

  3. É apenas questão de fé, quem não tem fala o que quer. Deus, que é Pai, Filho e Espírito Santo, deu liberdade ao ser humano criado por Ele e na liberdade a criatura se volta contra o Criador. Fazer o que!

  4. O profeta Isaias anunciou Cristo como Deus…
    Porque um menino nos nasceu, um filho nos foi dado, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Poderoso, Pai Eterno, Príncipe da Paz
    Isaías 9:6

    Jesus se fez igual a Deus…
    Eu e o Pai somos um
    João 10:30

    Somente Deus pode ser adorado, Jesus foi adorado pelo cego de nascença…
    Jesus ouviu que o haviam expulsado, e, ao encontrá-lo, disse: “Você crê no Filho do homem? ”
    Perguntou o homem: “Quem é ele, Senhor, para que eu nele creia? ”
    Disse Jesus: “Você já o tem visto. É aquele que está falando com você”.
    Então o homem disse: “Senhor, eu creio”. E o adorou.
    Disse Jesus: “Eu vim a este mundo para julgamento, a fim de que os cegos vejam e os que vêem se tornem cegos”
    João 9:35-39

    Tomé reconheceu Cristo como Deus e Senhor…
    E Jesus disse a Tomé: “Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia”.
    Disse-lhe Tomé: “Senhor meu e Deus meu!
    João 20:27,28

    Como o Deus Filho, obediente, acatou a ordem do Pai…
    Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus,
    que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se;
    mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens.
    E, sendo encontrado em forma humana, humilhou-se a si mesmo e foi obediente até à morte, e morte de cruz!
    Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome,
    para que ao nome de Jesus se dobre todo joelho, no céu, na terra e debaixo da terra,
    e toda língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para a glória de Deus Pai
    Filipenses 2:5-11

    Fiquem na paz!

  5. Sr. Carlos Newton,
    Não se pode mensurar o corpo físico com o corpo etéreo. Os Deuses e os Budas não renascem mais, porque se libertaram da Lei do Renascimento e Morte. O Concílio de Constantinopla foi baseado na Bíblia Católica ( um Ensino Provisório, como o Taoísmo, Bramanismo, Xintoísmo, Budismo Provisório (Hinayana e Mahayana), Catolicismo de qualquer facção, Islamismo, entre outras). Por que essas Doutrinas são Provisórias? – PORQUE NÃO LIBERTAM SEUS CRENTES DA LEI DO RENASCIMENTO E MORTE. Elas só conhecem os Seis Baixos Mundos da Existência Cósmica. Sobre os Quatro Nobres Mundos ( Céus do Mundo da Forma (Deuses) e NIRVANA ( Céus dos Budas) , aqueles Ensinos nada sabem. Nem os Santos nem os Apóstolos se libertaram da Lei do Renascimento e Morte, afirmou o Buda NICHIREN DAISHONIN (Gosho Zenshu).

  6. Muito bom o artigo, há uma diferença enorme entre o antigo testamento e o novo.
    No antigo testamento Deus ficava irado, mandava matar, tinha que se temer a Deus ainda mostra várias contradições, quem ler com atenção pode verificar. O novo testamento
    prega o amor ao próximo a bondade a tolerância o desprendimento das coisas materiais.
    As religiões foram criada pelo homem e grande parte delas estão riquíssimas, mas Jesus ensinou
    quando lhe foi mostrada uma moeda: dai a Cezar o que é de Cezar e a Deus o que é de Deus.
    Em verdade, Buda não era budista; Jesus não era cristão; Maomé não era muçulmano, eram mestres
    que ensinavam o amor. O amor era sua religião.
    Há diferenças entre o espiritismo chamado científico ou de mesa, a Umbanda e o Candomblé.
    NO Candomblé verdadeiro, não se trabalha com espírito ( não se manifesta espírito ), trabalha-se
    com as forças da natureza e tudo é ditado no jogo de búzios. A Umbanda adota alguns fundamentos do
    Candomblé, mas os médios recebem a manifestação dos espíritos. O Espiritismo de mesa, embora haja
    manifestação dos espíritos, dedicam-se mais a estudos. Acredito até que num futuro não muito longo, os
    cientistas vão descobrir que o espiritismo é ciência. Os negros africanos e os índios das Américas
    não tinham a Bíblia, mas Deus em sua infinita bondade lhes deu a luz para descobrirem sua religião.

  7. Sempre nos vemos presos aos conceitos. Damos mais importância às formas que ao fundo (mensagem).

    Sem qualquer intuito de menosprezar as discussões dogmáticas, penso que maior importância tem a mensagem primorosa que Jesus deixou, havendo menor relevância nas indagações sobre quem foi ou qual aparência teve; se é Deus ou o filho d’Ele.

    Somos ainda muito limitados moralmente, para compreendermos a dimensão do que é Deus. É essencial que, primeiro, evoluamos espiritualmente, usando a nosso favor a mensagem que foi deixada pelo Mestre.

    Um dia, provavelmente, tenhamos condições de compreender melhor o que, hoje, tentamos definir com nossos parcos conhecimentos. Não ponhamos a carroça na frente dos bois.

    E não é tão difícil quanto parece, já que a mensagem-alicerce compila todos os outros ensinamentos: amai-vos incondicionalmente, pois, assim agindo, estarão automaticamente amando Deus.

    Simples assim!

    Abraços fraternos.

  8. Sr. José Reis, parabéns pelo artigo, e os demais comentários, que nos levam a meditar e refletir, sobre a “VIDA”, e o que fazemos com ela.
    Infelizmente a “COMUNIDADE CHAMADA CRISTÔ, deturparam os ensinos de JESUS, “DE AMOR A DEUS E AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO”, “materializando-o”, com os dogmas e a parafernália de culto, quando a “recomendação do MESTRE é ‘FAÇA DO TEU CORAÇÃO O TEMPLO DE DEUS”.
    No decorrer desses 2 milênios, EM NOME DE JESUS, quanto sangue, torturas, guerras santas, na Idade média, no “CRÊ OU MORRE”, E CONTINUA ATÉ HOJE, E O EXEMPLO DA MOEDA, É A SÍNTESE, DA HIPOCRISIA DO HOMEM.
    O VELHO TESTAMENTO, COM UM DEUS RANCOROSO, PARCIAL E INJUSTO, NADA MAIS É QUE A HISTÓRIA DO POVO JUDEU, QUE LIDO AO PÉ DA LETRA, É INCOERENTE, COM A CRIAÇÃO DO PLANETA, E INICIO DA “VIDA DO HOMEM”, E JESUS, REFERENDOU APENAS OS 10 MANDAMENTOS RECEBIDOS POR MOISÉS, QUE FALA DE UM “DEUS DE AMOR, MISERICORDIOSO E JUSTO” PARA NÓS EXEMPLIFICARMOS.
    JESUS, ENSINOU E EXEMPLIFICOU, NOS DANDO O “CÓDIGO DA VIDA” O “EVANGELHO DE JESUS”, “A BOA NOVA”, QUE NO CONCILIO DE NICÉIA, NO SÉCULO 3, O PACTO COM O PODER ROMANO, SUAS PARÁBOLAS DE LUZ, FOI ENTERRADA, E CRIADA A PARAFERNÁLIA DA SITUAÇÃO QUE O MUNDO VIVE HOJE: HIPOCRISIA, QUANDO A MORAL DE JESUS, DEVERIA ESTAR NO CORAÇÃO DE CADA HOMEM.
    DEUS É “UNO” PRINCIPIO DE TODAS AS COISAS, E O UNIVERSO INFINITO PROVA ISSO, COM SUA HARMONIA DINÂMICA DE TRANSFORMAÇÃO.
    ÀS ÚLTIMA PALAVRAS DE JESUS: “PAI, PERDOA , ELES NÃO SABEM O QUE FAZEM” MAIS CLARA E CONTUNDENTE, QUE ELE TAMBÉM É FILHO, NOS LEVA AOS FALSOS PASTORES, QUE CHAMO EM CONDUTORES DE ALMAS, QUE PREZAM AS BENESSES DO MUNDO MATERIAL, EM DETRIMENTO DO MUNDO ESPIRITUAL, CONFORME A 2 MIL ANOS, CONTINUAMOS A PREGÁ-LO NA CRUZ, COM NOSSAS AÇÕES.
    Encerro com a frase de Gandhi, publicado nesse BLOG, “NÃO CONHEÇO NINGUÉM QUE TENHA FEITO MAIS PARA HUMANIDADE QUE JESUS. DE FATO, NÃO HÁ NADA DE ERRADO NO CRISTIANISMO. O PROBLEMA SÃO VOCÊS,CRISTÃOS. VOCÊS NEM COMEÇARAM A VIVER SEGUNDO OS SEUS PRÓPRIOS ENSINAMENTOS”.
    Gandhi, viveu “à MORAL PREGADA POR JESUS”, APESAR DE TER COMO CRENÇA, O HINDUISMO, E ACABOU ASSASSINADO COMO JESUS, POR PREGAR O AMOR E A PAZ, PARA ALCANÇAR À LUZ DIVINA: DEUS-PAI.
    Meditar é preciso, para exemplificarmos o AMOR, estamos vivendo a era da separação do joio de trigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *