Pequena alta nas Bolsas do Brasil, EUA e Europa, não significam de modo algum, fim da crise no mundo

Todos querem dar palpites, alguns com interesse, outros com credibilidade, e a maioria, pelo fato de serem jogadores. Hoje, na Europa, (que fecha primeiro, por causa do fuso) nos Eua e no Brasil, (terminam juntos) houve a tentativa de influir e influenciar a jogatina.

Larry Summers, principal conselheiro de Obama, declarou tolamente: “Escapamos da catástrofe”. Como ele sabe? E os TRILHÕES que desperdiçaram favorecendo apenas os que estão no mais alto da elite financeira?

Na UE, (União Européia) a ascensão foi mínima, mas badalaram de forma retumbante. Não acreditem.

No Brasil, ao meio dia a Bovespa estava em 51 mil 948 pontos alta de 0,70%. 5 horas depois perdia esse ganho, fechava rigorosamente estável. Em 2 horas do pregão inicial, negociou 1 bilhão. Em 5 horas mais, movimentou apenas outros 3 bilhões (media de 600 milhões por hora) totalizando 4 bilhões. Menos da metade do habitual 14 meses antes. A crise está longe de acabar. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *