Perícia conclui que a mulher no banco é a esposa de Vaccari

As irmãs são tão parecidas que a perícia durou quase um mês

Vera Magalhães
Folha

Peritos da Polícia Federal concluíram que não é a cunhada de João Vaccari Neto, Marice Lima, quem aparece em vídeos fazendo depósitos à mulher do ex-tesoureiro do PT, mas, sim, a própria Giselda. A versão do Ministério Público de que era Marice quem aparecia em imagens de câmeras de duas agências bancárias foi usada pelo juiz Sérgio Moro para prorrogar a prisão preventiva da cunhada de Vaccari. Ela foi solta depois de sua defesa levantar dúvida sobre a versão da Procuradoria.

Ao identificar Marice nas imagens, o Ministério Público a acusou de ter mentido em depoimento ao negar ter feito depósitos à irmã. Moro escreveu que não havia margem para dúvidas de que era a cunhada no vídeo.

O laudo, assinado pelo grupo de perícias em equipamentos audiovisuais da PF em Curitiba, foi encaminhado à força-tarefa da Operação Lava Jato.

9 thoughts on “Perícia conclui que a mulher no banco é a esposa de Vaccari

  1. Teve por estas bandas uma “perita” que so faltou afirmar que conseguiu comprovar, atraves das imagens que, pela sua inquestionavel competencia, que sim, o DNA era sim da cunhada do Vacari. E teve trouxa que aplaudiu de pe’. Sitezinho udenista e sem credibilidade.

  2. Entao era da mulher que mais amigos secretos tem no pais ? Alguem aqui ja teve mais de R$ 580.000,00 depositados por pessoas nao identificadas em sua conta ?

  3. Caro Bendl e demais comentaristas, esta TRIBUNA, alimenta à ESPERANÇA DE DIAS MELHORES PARA O BRASIL DECENTE E JUSTO PARA SEU POVO, desde a TRIBUNA PAPEL, do Helio Fernandes, da qual era leitor diário, pela DEFESA DA PÁTRIA E HONRADEZ.
    Creio em um “DEUS” que escreve certo por linhas tortas, E QUE O UNIVERSO, GIRA NO INFINITO DE SEU AMOR PELAS CRIATURAS QUE CRIOU, DANDO À RESPONSABILIDADE DE SUAS OBRAS, CONFORME O USO DO LIVRE ARBÍTRIO, PERANTE À CONSCIÊNCIA- TRIBUNAL DIVINO, CONFORME DISSE SEU MENSAGEIRO A 2 MIL ANOS, E PAGARÁS ATÉ O ÚLTIMO CEITIL, QUANDO A PORTA LARGA DO TÚMULO SE ABRIR.
    AS LEIS CÓSMICAS DE PROGRESSO E AMOR, NOS FOI DE CLARADA POR JESUS, SEM CUNHO DE RELIGIÃO, MAS…. DE “UNIVERSO”, QUANDO DECLARA; ‘FAÇA DE TEU CORAÇÃO O TEMPLO DE DEUS”, “E EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA”. “A REDENÇÃO ESTÁ NO EVANGELHO- CÓDIGO DA VIDA” SEM CORES DE RELIGIÃO.
    DA VIDA MATERIAL SÓ LEVAMOS O QUE SOMOS, PELA OBRA: NO BEM OU NO MAL, OU NO BEM QUE DEIXAMOS DE FAZER.

  4. Bendl, sempre altivo, elegante e conciliador, a leitora Dayse em momento algum afirmou quem era a pessoa da foto. Apenas expôs seu trabalho e o deixou ao exame e conclusão dos leitores, leigos no assunto. Trabalho importante e sério. E tudo isso por causa da repercussão da foto e do fato. Fato público e notório, portanto, a despertar a atenção, a curiosidade e a opinião do público. A minha, ao ver o trabalho da leitora e a forma didática como o apresentou aqui no blog, foi a de que a pessoa da foto era mesmo a cunhada. Certamente a de outros foi a mesma que tive, e de tantos e tantos outros a opinião foi diversa. Nada mais que opinião, sobre intrigante questão, qual seja, visualizar as fotos de duas irmãs, muitíssimo parecidas, e apontar quem é quem, sem mais. A princípio, e firmadas em outras circunstâncias e dados de convicção, até mesmo as autoridades judiciárias federais do Paraná e o próprio Dr. Juiz Federal também tinham identificado a pessoa da foto como sendo a cunhada, razão que levou o Magistrado a levá-la para Curitiba para ser inquirida.

    Com a conclusão, agora, do exame pericial oficial, realizado pela PF, constata-se que todos estávamos enganados. Um engano perfeitamente justificável, porque a semelhança é enorme. O laudo da perícia oficial será anexado (encartado, juntado) nos autos do processo, para que todos os advogados de todos os réus e o Ministério Público sobre ele se manifestem, concordando ou discordando. É sempre assim. Toda vez que um documento é apresentado em autos de processo, as partes são chamadas para se manifestarem sobre o documento novo. E se manifestarão com sobriedade, sem emprego de expressões e vocabulário reles e não edificantes. Sem agressões, sem desprezo e com o máximo respeito, o mesmo respeito que tivemos com a leitora que nos apresentou seu trabalho (trabalho de porte e sério e que continua sério) e suas credenciais e que teve uma única intenção, que foi a de colaborar. Tanto é verdade que o enviamos à Secretaria do Juízo da 13a. Vara Federal de Curitiba, com pedido à sua Diretora para que o submetesse ao Juiz Dr. Moro. Todos temos o dever e a obrigação de colaborar com a Justiça do nosso país.
    Jorge Béja

    • Caro Dr.Béja,
      O senhor é meu mestre, em se tratando de relações humanas conciliadoras.
      Tenho aprendido muito com articulistas e comentaristas deste espaço democrático, pois todos se esforçam para que a verdade prevaleça.
      Obrigado pela parte que me toca, mas os agradecimentos devem ser canalizados ao senhor e ao Newton também, haja vista terem levado adiante um tema de suma importância à elucidação da foto, e à dedicação da senhora Daisy, que adotou uma técnica que não foi posteriormente ratificada pela polícia.
      Mas, a intenção nossa, inegavelmente foi oferecer à autoridade competente subsídios para melhores análises sobre a tal foto, de modo que não pairasse nenhuma dúvida a respeito de quem se tratava.
      Um abraço forte e caloroso, Dr.Béja.

  5. Meu querido Theo,
    Não existem exemplos melhores e mais contundentes que a tua vida, que atinge mais de oitenta anos e continua produtiva, inteligente, e nos colocando à disposição esta experiência extraordinária que absorveste durante este período da tua existência.
    Na condição que desfrutas neste espaço democrático, de seres o nosso decano, teus comentários não só enaltecem a Tribuna da Internet como a enriquecem sobremaneira, pois registras neste blog opiniões e pareceres de sábio, de uma pessoa que acredita na crença que professa, e que deseja o bem de todos.
    Ao ler nos teus textos o meu nome, confesso que fico orgulhoso e honrado, mas, muito mais, sinto-me comovido por ter sido citado pelo Theo Fernandes, um ícone que reverenciamos, um cidadão que admiramos, um ser humano que dignifica o seu semelhante!
    Um abraço, meu caríssimo Theo.

  6. Continuo não gostando de comentários agressivos, depreciativos, quer à coluna, quer a quem nela expõe seus pontos de vista. Peritos são apenas isso, peritos. Se fosse infalíveis, não haveria na Justiça a figura do segundo perito, ou desempatador, como popularmente se chama. A dra. Daisy expôs a técnica que utiliza e, com base nela, deu seu parecer.Confesso que eu mesma, pela observação da foto, já estava convencida de
    que não se tratava da cunhada, mas da esposa. Vamos, no entanto, aguardar. O perito da PF é apenas isso, um perito. Pode vir a ser superado no que entendeu ser sua constatação. Hoje em dia, caros, as emoções se sucedem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *