Perigo à vista

Paulo Peres

O corrupto governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, cuja administração está eivada de práticas ilegais, afimou que pretende profissionalizar as escolas de samba. Logo, o perigo está à vista, pois pode ser mais um ato de corrupção que está sendo armado com a desculpa de que é preciso, cada vez mais, tirar patronos e dar às escolas um sentido mais profissional.

Antigamente o jogo do bicho era visto de maneira romântica, segundo Cabral, mas provou envolvimento com outras atividades ilícitas. “É a ilegalidade em cima da ilegalidade. O romantismo acabou há muito tempo. “A gestão econômica e administrativa tem que ser profissional, para não ficar dependendo de alguém ligado a uma atividade ilegal”.

O governador disse ainda que o Poder Público pode ajudar as escolas na reforma das quadras para gerar eventos e receber artistas. “A gestão econômica e administrativa tem que ser profissional, para não ficar dependendo de alguém ligado a uma atividade ilegal. Que a escola seja autossuficiente o ano inteiro e possa sair do controle de quem quer que seja – bicheiros ou milicianos, qualquer agente ilegal que esteja dominando a escola”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *