Pesquisas censuradas

Ainda não saiu nenhuma pesquisa sobre um possível julgamento de Sarney no plenário do Senado. Foi eleito com 49 votos, não teria hoje nem 40. E com tendência visível de crescer o número contra ele. Isso parece visível em levantamentos pessoais, incluindo este repórter.

Mas os vários institutos de pesquisa (dos maiores aos menores) foram DESENCORAJADOS de fazerem qualquer levantamento técnico. Daí a força de uma parte (grande) do PMDB, e outra (menor) do PT-PT, para que a questão não chegue à avaliação e votação do plenário, “que sempre foi soberano”. Não é mais. (Exclusiva)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *