Pesquisas de boca de urna saem às 17 hs (governador) e 19 hs (presidente)

Resultado de imagem para pesquisas de boca de urna charges

Charge do Mariano (Charge Online)

Léo Simonini
Jornal O Tempo

As pesquisas de boca de urna são aquelas realizadas logo após o fim da votação e, geralmente, trazem os resultados mais parecidos com o oficial. Neste domingo, dia 28 de outubro, nos Estados onde há eleição em segundo  turno também para governador, as pesquisas boca de urna são divulgadas em dois horários distintos.

Para o governo do Estado, o resultado será divulgado logo após o fechamento de todas as urnas, às 17 horas. Já para presidente da República, a divulgação da boca de urna ocorre somente às 19 horas (de Brasília), horário em que se encerra a votação no Acre, que tem duas horas a menos de fuso horário em relação à capital federal.

 

23 thoughts on “Pesquisas de boca de urna saem às 17 hs (governador) e 19 hs (presidente)

  1. Nas ruas, percebi uma nítida divisão de um ponto a outro da cidade (Zona Sul / Oeste).
    Mas o que me chamou mais atenção foi o fato de que na Zona Oeste (Bangu/Campo Grande) muito poucas pessoas manifestando o voto nesse ou aquele candidato através de camisas e adesivos. O que mais vi foi santinho nas ruas.

  2. Parciais da eleição:
    Janot é PT. Marina é PT. Ciro começou a campanha para 2022 (até Lula o chamar para uma conversinha).
    Temer é PT. Barbosa se aliou aos bandidos que condenou, é PT.
    Petista só acredita em notícias se a fonte for a Globo!

  3. Nossa, os eleitores do boçal estão com medinho, tadinhos, fiquem calmos, kkk.
    Se ganharem vão ……. de verde amarelo, eu não ganho nada com isso, só o país que perde, estou me lixando, sou mais do que bem de vida, sou bótima, vão tomar seus remedinhos sulibanos….

  4. A surpresa que poderá vir das urnas contra Bolsonaro, virá daquele eleitorado que Bolsonaro mais teme, que são os milhões de eleitores pobres que Lula tirou da miséria e para miséria estão voltando com o Temer e camarilha serviçais do rentismo abusivo. Se essa gente faltar com Lula, que, aliás, votou quietinha com medo de represália bolsonariana, Bolsonaro já está com a mão na taça, embora, na minha opinião, por ora, não seja digno dela, que estaria nas mãos certas se o PSOL tivesse aberto espaço para a grande liderança revolucionária das Jornadas de Junho de 2013, cujas ideias levaram milhões de pessoas às ruas, de todos os segmentos sociais, todos juntos e misturados, direita, esquerda e centro, por um grande e nobre ideal comum de nação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *