Pesquisas indicam que a terceira via tem cada vez mais chances de vencer em 2022

Imagem

Ilustração reproduzida do Arquivo Google

Carlos Newton

As pesquisas políticas são sempre questionadas, porque geralmente refletem o interesse de quem as encomendou e está pagando a despesa. De repente, tivemos três levantamentos seguidos – Ipec (ex-Ibope) MDA e Datafolha. Os resultados tiveram diferenças expressivas e isso indica que há erro, mas não se sabe em qual pesquisa.

Conforme já registramos aqui, pesquisas podem ser confiáveis e trazer informações sólidas. Todo recenseamento é precedido de pesquisas, chamadas de amostragens, que abrangem apenas parte do grupo a se recenseado, mas já dão uma noção bastante próxima do resultado final.

QUEM PAGA? –  No caso das pesquisas eleitorais, é sempre conveniente sabe quem é o patrocinador, pois os organizadores sempre dão um jeito de conduzir as perguntas de forma a agradar a quem paga as contas.

Nesses três últimos levantamentos, sabe-se apenas o patrocinador de um deles,  a cargo do Instituto MDA, que foi encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes. As outras duas pesquisas (Ipec e Datafolha), por mais que eu procurasse, não consegui identificar quem patrocinou. (Se alguém souber, por favor nos informe, para que possamos incluir aqui.)

Quando não há menção a quem encomendou, isso significa que há um patrocinador oculto, e isso deve ser levado em consideração na análise.

TERCEIRA VIA – Como tenho deixado claro, sou adepto da terceira via. Por isso me interesso por um quesito em especial – a rejeição dos candidatos. É justamente a parte em que há maiores discrepâncias.

No Ipec, a rejeição de Lula aumentou de 36% para 44%; a de Bolsonaro subiu de 56% para 62%, enquanto a de Ciro caía de 53% para 49%. Ou seja, Ciro teria uma rejeição maior do que Lula. Desculpem, mas não acredito.

Na pesquisa MDA, a rejeição de Lula seria de 44,5%, coincidindo com o Ipec; a de Bolsonaro iria a 61,8%, também igualando ao Ipec, e a de Ciro estaria em 52,4%, oito pontos acima de Lula. Desculpem, também não acredito.

E no Datafolha o favorito Lula teria 37% de rejeição; Bolsonaro, 59%; e Ciro, 31%. Desculpem, continuo sem acreditar.

TODOS SABEM – Parodiando Machado de Assis, até as paredes do TSE sabem que Lula tem uma rejeição muito alta. Lembrem-se que as pesquisas anteriores mostravam empate técnico entre Lula e Bolsonaro no quesito rejeição. De repente, a rejeição a Lula passou a diminuir, enquanto a de Bolsonaro aumentava, como se houvesse uma migração de votos de um para o outro. Desculpem, mas não acredito, mesmo.

Tenho convicção de que Lula continua com forte rejeição, um pouco inferior à de Bolsonaro, porém bem superior à rejeição de Ciro Gomes.

Por fim, apenas o MDA fez a pergunta que interessa: Quantos não votariam em Lula ou Bolsonaro, em nenhuma hipótese? E o resultado deu 30,1%, que seria hoje o grau de preferência da terceira via, que pode ter Ciro Gomes, João Doria, Henrique Mandetta ou Simone Tebet como cabeça da chapa.

###
P.S. –
Em tradução simultânea, se houver realmente uma frente ampla, a terceira via pode chegar ao segundo turno facilmente, com 30,1%, e no segundo turno ganha de Lula ou Bolsonaro com a maior facilidade. (C.N.)  

12 thoughts on “Pesquisas indicam que a terceira via tem cada vez mais chances de vencer em 2022

  1. Só falta a terceira via pensarem ser um salvador igual Jânio Quadros, Fernando Collor, Lula ou Bolsonaro.

    “Cada povo tem o governo que merece!”
    Conde Joseph-Marie de Maistre (Savoia, 1 de abril de 1753 — 26 de fevereiro de 1821) escritor, filósofo, diplomata e advogado.

  2. O problema todo, senhor Newton, é que as vias que temos no Brasil são as mesmas de sempre.
    Vendo suas origens, percebe-se que lá na frente, se encontrarão.

    Todos já se apoiaram, já se “desapoiaram”.
    Resumindo, todos do mesmo balaio….

  3. A diminuição na rejeição do Lula não pode ser um reflexo de uma nova visão, por parte dos eleitores, de minimização de danos?

    Quem não votava no Lula, em hipótese alguma, agora pensa em votar nele num eventual segundo turno, pois nada é pior do que Bolsonaro. Acho bastante plausível e percebo isso em muitas conversas.

  4. Sr. Newton
    Não sei não, mas acho que essas pesquisas estão sendo feitas dentro da Redação do Jornaleco do Vampiro Brasileiro., A Pequena e desmamada Foice do Tucanistão…

  5. Que vá para o inferno a sua terceira via fake, mais dos mesmos, como diz o Homem, e que venha a Terceira Via de Verdade, antissistema, do lado de fora da máfia partidária, digo, do lado de fora das ditaduras partidária, militar, midiática e econômica, porque em em sã consciência ninguém aguenta mais tanta mentira e enganação de gente que gosta de enganar em parceria com gente que gosta de ser enganada. Newtão tá doido de vontade de inventar mais um Bolsonaro, ou coisa ainda pior, ou é impressão minha ? Me convença a votar no seu pupilo, Newtão. Não aprendeu nada com o desastre Bolsonaro, né ? Basta de mudar para nada mudar, agora temos que mudar o sistema, como diz o Homem, chega dos mesmos, chega de carrapichos que grudam no poder e não querem sair mais.

  6. CangaCiro, Mutreta, Doriana e a atriz de 3ª da CPI da Gangue dos 7. Isso aí é a terceira via do Partido do Crime Organizado (pt+ psdb+ stf e seus puxadinhos), a primeira é o ladrão-mór, Lula da Silva, e a segunda, também.

    Em 2022 teremos o Presidente Bolsonaro contra o Partido do Crime Organizado, uma frente ampla reunindo todos os bandidos, traficantes, corruptos, mamadores desmamados e degenerados. Infelizmente, o único nome que poderia representar uma alternativa a essa polaridade em 2022, Sérgio Moro, tornou-se, por sí mesmo, inviável.

  7. Nos últimos tempos, as terceiras vias que se têm interpolado são frustrações previsíveis tanto quanto as seitas protestantes. -A única ungida e autorizada por Deus é a minha igreja – diz um heresiarca qualquer. Sentenas doutras propalam a mesma “autenticidade” das demais já atuantes. Qual seria a verdadeira?
    A experiência mostra que mesmo aqueles que se autoproclama apolíticos, a exemplo de Collor de Mello, isso não os exceptuam da contaminação e seus efeitos sobre a nação.
    O problema é bem mais complexo e muito distante de um atenuante via teclado digital. E mais difícil ficará se o eleitor, em vez de se incluir como sujeito e objeto do processo, pôr-se apenas a fazer conbranças difusas e confusas.

  8. O problema da terceira via é encontrar o candidato, porque ele precisa ser um só não diversos canga Ciros, porque o coronel cearense se autodenominou como sendo ele a terceira via, já combinou com os demais pretendentes? Tanto o mito quanto o LuLadrão devem estar morrendo de rir da tal terceira via, eles querem que a disputa seja só entre eles dois, aí quem conseguir mais amedrontar mais a população já apavorada leva esta. E no quesito “tocar o terror” o mito ganha de lavada do LuLadrão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *