PF põe seu efetivo em ‘estado de sobreaviso’ e já está investigando o locaute

Resultado de imagem para rogério galloro

Galloro manda apurar a participação de empresários

Camila Bomfim
TV Globo, Brasília

A Polícia Federal abriu inquérito para investigar a associação para prática de locaute e de crimes contra a organização do trabalho, a segurança dos meios de transporte e outros serviços públicos por causa do protesto de caminhoneiros, que teria sido organizada por empresas transportadoras.

O diretor-geral da Polícia Federal, Rogério Galloro, enviou determinação na noite desta sexta-feira (25) para que todo o efetivo da Polícia Federal fique “em estado de sobreaviso” por causa da paralisação de caminhoneiros.

DE SOBREAVISO – A ordem vale para delegados, agentes, peritos, papiloscopistas e escrivães. Na prática , eles precisam estar prontos para serem acionados a qualquer momento e se deslocarem para a PF.

Galoro também determinou que sejam adotadas todas as medidas necessárias à economia de combustível, e decidiu que devem ser priorizados serviços essenciais.

O comunicado do diretor-geral estabelece que os servidores com carteira de motorista categorias “D” e “E” deverão ficar à disposição para eventual recrutamento. A categoria D é a que permite a condução de veiculos utilizados no transporte de passageiros, cuja lotação exceda oito passageiros, como microônibus e ônibus. A categoria E permite a condução de veículos com unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulados.

DECRETO – Editado nesta sexta-feira, o decreto do presidente Michel Temer permite, entre outras medidas, a remoção ou a condução de veículos que estiverem obstruindo a via pública.

No comunicado, Galloro também determina que seja feito contato com o Poder Judiciário nos estados para verificar a possibilidade de adiamento ou suspensão de providências, como movimentação de efetivo ou transporte de presos — a fim de economizar combustível e priorizar o trabalho de investigação sobre os protestos.

As ordens foram enviadas a superintendentes e diretores, para que sejam repassadas às equipes.

33 thoughts on “PF põe seu efetivo em ‘estado de sobreaviso’ e já está investigando o locaute

  1. Bom dia leitores(as):

    Salve !!!!!
    A greve legítima das CAMINHONEIROS BRASILEIROS , fez o milagre de despertar (lembrar) nas OTORIDDADES do país que existem várias demandas não atendidas da POPULAÇÃO , e que só agora com o movimento grevista tornou-se prioridade às avessas.

  2. Interessante que combater criminosos no Rio o Exército não pode. Mas para uso da força contra trabalhadores isso pode, é o silêncio da esquerda como complacente com essa pouca vergonha do governo Temer. Vamos caminhando e sobrevivendo até às eleições presidenciais, o qual tenho opinião que deveriam ser antecipadas.

  3. ….. “A greve foi um momento em que nos sentimos muito sós.
    Mas abre a chance de nos reunirmos em torno da ideia de um país, uma cultura, enfim, de retomar algum nível de sentimento nacional. Isso passa por uma grande sacudida no país da fantasia.”

    – F. Gabeira

  4. Boa tarde leitores (as):

    Segundo reportagem do jornalista FILIPE COUTINHO da revista Crusoé, sobre a sociedade entre o Presidente da Petrobras Pedro Parente e o presidente do Banco Norte-Americano JP Morgan, que recebeu R$ 2 bilhões antecipados da Petrobras , que só venceriam em 2022.

  5. Essa greve (ou seja lá que nome tenha) está suscitando uma curiosidade: PORQUE NUNCA TRATARAM COM O MESMO RIGOR AS MILÍCIAS DO MST E AFINS?

  6. Dizer que a política de preços do monopólio estatal está de acordo com o livre mercado é um verdadeiro absurdo. Não há livre mercado, quando este é dominado por um monopólio, que cobra o preço que quiser e os consumidores que se virem para pagá-lo. Os caminhoneiros estão fazendo o que deve ser feito contra esse monopólio, denunciando o achaque diário a que são submetidos.

  7. Corrupto e incompetente, o governo Temer é também muito burro!
    Antes de anunciar que convocou o Exército para enfrentar os caminhoneiros grevistas, que pegasse seus caminhões e abastecesse o país.
    Buscasse nas refinarias o combustível necessário.
    Nas distribuidoras de medicamentos o básico para hospitais.
    Nas indústrias o alimento que falta nos supermercados.
    A greve murcharia porque os caminhoneiros não iriam impedir que os caminhões do Exército com escoltas levassem as mercadorias e produtos imprescindíveis.
    A carência nos hospitais de oxigênio e demais produtos, assim como nas farmácias, o povo deixa de dar razão aos grevistas.
    A greve se tornou abusiva.

  8. A Petrobras detém o monopólio do refino de petróleo, o que a permite estipular preços sem concorrência interna. Adicionalmente, os postos de combustível atuam em um setor fortemente regulado pelo governo: de um lado, as regulamentações restringem o surgimento da concorrência, o que é bom para os postos já estabelecidos; de outro, elas geram vários custos operacionais extremamente altos, o que é ruim para os postos.

    Ambos os fatores empurram os preços para cima e, no final, quem é o real prejudicado é o consumidor.

    Por isso, apontemos o dedo para os verdadeiros culpados pelo “cartel” do combustível: os governantes contrários à total abertura ao livre mercado desta atividade econômica, o que inclui a desregulamentação do setor de postos e a desestatização da Petrobrás (mas aí acabariam o aparelhamento e o loteamento de cargos para apadrinhados políticos).

    Por fim, é o paroxismo da ironia o governo, o real protetor dos carteis, dizer que irá “combater os cartéis”.

    Retomando a manchete lá do início, é possível fazer uma releitura do enunciado levando em consideração o exposto aqui, propondo uma versão mais condizente com os fatos:

    “Governo diz haver fortes indícios de manipulação de preços no setor, problema causado e mantido por ele mesmo”….

  9. Lock out?
    Pera aí! E os empresários não são brasileiros também ou são de um outro Planeta?
    O que o DESGOVERNO quer, é NÃO RECONHECER que EMPRESÁRIOS, EMPREGADOS E A POPULAÇÃO que, na sua maioria apoiam o movimento dos caminhoneiros.
    Esta é uma reivindicação que expresse a ANSIEDADE todos os brasileiros com relação aos ALTÍSSIMOS E INSANOS que só servem pra sustentar a corja de ladrões!
    Reduzir benesses e salários, nem pensar!
    Simples assim.
    Atenciosamente.

  10. Acho que tem caminhoneiro ou representante deles escrevendo aqui.
    Só assim podemos admitir que pessoas possam se solidarizar com esse movimento de bandidos travestidos de empresários e trabalhadores.
    Porrada e cadeia neles!

  11. O direito à greve está assegurado na Constituição.
    Os caminhoneiros que sempre foram ignorados sobre a importância de suas funções, com esta paralisação mudaram o pensamento do povo.
    Se o país cresceu levemente de uns anos para cá foi em cima de pneus de caminhões.
    Que a lição tenha sido aprendida pelo governo e população, que a logística se reflete em todas as áreas.
    Se alguns grevistas levaram o movimento ao seu extremo, a categoria de trabalhadores e que compõe o povo brasileiro deve ser melhor avaliada e respeitada.
    A greve se tornou abusiva, mas pela irresponsabilidade de meia dúzia, e não de todos os profissionais motoristas e donos de caminhão.

  12. Acho que tem prole do Marun, ou representante da ignorância letárgica escrevendo aqui também! Só assim pra entender como tem bitolado desse porte…
    Acreditar que a maioria dos caminhoneiros é pau mandado, quando mais de 40% da frota e de autônomos, donos dos seus próprios caminhões é o cumulo da imbecilidade, e acreditar na pífia agenda do Temer e do Padilha….

    Quero ver as besteiras que estarão vomitando quando não tiverem uma cerveja no bar e a comida também acabar….
    Até segunda acaba a comida! Hoje tinham 2 sacos de batata no Entreposto do RJ….
    Pode ate acabar a greve hoje, não vai ter comida segunda feira pra muita gente.
    Culpa dos caminhoneiros?
    Se nao fizessem a greve eram eles quem ficavam sem comida.
    Foram as ruas, chamaram pra briga, HUMILHARAM como ninguém esse governico patético, reivindicaram direitos políticos, enfim, exemplar….
    Pois se houvesse união do povo numa hora dessas, 50 pessoas finalizavam a gestão Temer e a questão das casas do povo: FECHAVA TUDO.
    Medo de anarquia? Comida nao teria faltado, como vai faltar….
    Ai e que eu quero ver….

    PARABÉNS Caminhoneiros!
    Morre mais gente de fome e falta de hospitais e medicamentos do que no tempo de bravura que voces encurralaram esse bando de porcinos comandados por um vampiro das trevas!!!

    Podem tachar de Locaute.
    Aguardem a resposta,
    Lá vem NOCAUTE!!!!

    FORA TEMER !!!!

    Quero ver se tem 1 macho no governo pra proclamar eleição indireta se o vampiro pedir pra sair!!

  13. Sabe por que está aumentando a paralisação? Porque a solução apresentada pelos “gestores públicos”é diminuir os impostos do combustível, mas tirar verba de outro lugar (saúde, educação, etc).
    Não vi proporem tirar do FUNDO PARTIDÁRIO, das MORDOMIAS, do enxugamento da MÁQUINA PÚBLICA,…. , ou seja, eles não querem mexer em suas fortunas roubadas de nós!!!

    É difícil entendeu, comunas da TI? Acabou pra vocês!!!

  14. Mais uma vez se vê que o governo administra o país com as calças na mão.
    Exposto a pressões como a greve dos caminhoneiros, a calça cai.
    Os roubos praticados pelo PT na Petrobrás estão sendo compensados pelo Parente.
    Quem diz que se trata do preço internacional do petróleo, mente.
    A gasolina não poderia ser tão diferente do preço vendida no Brasil como é oferecida na Bolívia e Paraguai.
    O custo dessa reposição aos cofres da estatal pelo diesel, se manter com o litro vendido inalterado por 30 dias, o governo não esclarece de onde pretende tirar, e que será o povo que vai pagar.
    Os altos salários, fundo partidário, os custos sem controle do Legislativo, deveriam ser as fontes naturais para se tirar esta verba para a Petrobrás.
    De nada adianta o diesel custar menos, se pagaremos mais caros outras mercadorias, de onde o incompetente governo arrecadará mais impostos para compensar.
    Talvez aumente os impostos dos livros e material escolar, do arroz e do feijão, do leite e do açúcar.
    E da gasolina.

  15. Incompetente e burro, o governo se zerasse os impostos do óleo diesel, o frete seria obrigado a diminuir sensivelmente.
    Se a produção nacional roda em mais de 70% em cima de pneus, os alimentos, a gasolina, os remédios, insumos, teriam os preços diminuídos.
    Com os produtos mais baratos, mais consumo.
    Mais vendas, mais impostos.
    Com mais dinheiro no bolso, e as vendas mais aquecidas, a oferta de emprego iria melhorar.
    O governo burro iria arrecadar mais porque o mercado estaria vendendo mais, arrecadando mais.
    A Petrobrás venderia mais e compensaria a isenção total de impostos do óleo diesel.
    Providência a ser tomada pelo governo, a proibição de veículos que não fossem utilitários e fabricados com os motores a óleo.
    Camionetes com cabine dupla a diesel não mais.
    Cabine simples, sem problema.
    O diesel produzido seria somente utilizado em caminhões leves, médios e pesados, tratores e máquinas agrícolas, onde a produção do campo também teria os seus preços menores.

  16. Os petroleiros em Betim, se juntaram aos caminhoneiros e decidiram paralisam as atividades.

    “Os petroleiros não estão lutando por melhores salários nem por benefícios ou privilégios. Estamos lutando para que o gás de cozinha volte a ter o preço que tinha antes, pela baixa da gasolina, pela baixa do preço do diesel”, disse o coordenador do Sindipetro de Minas Gerais, Anselmo Braga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *