PF prende doleiros da Lava Jato que também operam para o narcotráfico

O chefão Cabeça Branca já tinha sido preso pelos federais

Deu em O Globo

A Polícia Federal deflagou, na manhã desta terça-feira, uma operação para combater a lavagem de dinheiro proveniente do tráfico internacional de drogas. A ação, batizada de Operação Efeito Dominó, acontece no Distrito Federal e também no Rio de Janeiro, em Pernambuco, no Ceará, na Paraíba, no Mato Grosso do Sul e em São Paulo. No total, oito pessoas já foram presas, incluindo um doleiro investigado na Lava-Jato que teria quebrado acordo de delação premiada.

A Efeito Dominó é um desdobramento da Operação Spectrum, que desarticulou a quadrilha chefiada por Luiz Carlos da Rocha, o Cabeça Branca, um dos maiores traficantes internacionais de drogas da América do Sul com conexões em dezenas de países. Ele foi preso em operação anterior, na cidade de Sorriso, no Mato Grosso. Nesta terça, cerca de 90 agentes cumpriram 26 ordens judiciais — 18 mandados de busca e apreensão, cinco mandados de prisão preventiva e três mandados de prisão temporária.

DOIS DOLEIROS – Entre os presos estão dois doleiros já conhecidos pela PF — um deles alvo da Lava Jato e outro, da Operação Farol da Colina. O doleiro Carlos Alxandre, o Ceará, que já foi alvo da Lava-Jato, retomou suas atividades ilegais após mesmo tendo firmado acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República (PGR) e depois homologado pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Tanto a PGR quando o STF serão comunicados sobre a prisão dele para avaliar quanto a quebra do acordo.

A operação também tem o objetivo de levantar informações complementares da prática dos crimes de lavagem de dinheiro, contra o Sistema Financeiro Nacional, organização criminosa e associação para o tráfico internacional de entorpecentes.

48 thoughts on “PF prende doleiros da Lava Jato que também operam para o narcotráfico

  1. “Te amo, irmão”

    (O Antagonista) 14.05.18 06:21

    “Acusado de envolvimento no assassinato de Marielle Franco, o vereador Marcello Siciliano foi grampeado conversando com milicianos.

    Numa dessas conversas, reproduzida pelo Fantástico, um criminoso pede a Marcello Siciliano para acionar o 31° Batalhão da PM:

    Miliciano: Uns bandido lá mataram um amigo nosso. Você podia dar um toque no pessoal do 31 pra ficar de olho. Se botar uma blitz ali, vai pegar.

    Siciliano: Vou mandar botar agora. Na volta eu passo aí. Beijo.

    Miliciano: Tá bom. Beijo, fica com Deus.

    Siciliano: Te amo, irmão.”

  2. Reinaldo Azevedo: Espremidos os dados, pesquisa CNT/MDA acena para Ciro; dificuldades de nomes pró-mercado decorrem das lava-jatices. A especulação está em festa!

    Tudo somando e subtraído, a pesquisa CNT/MDA está a apontar que, com Lula fora do páreo, e ele está, é Ciro quem está em ascensão.

    Durma-se com um barulho destes: 65,6% dizem que levarão em conta a honestidade, mas entre 44,4% e 49% poderiam votar em Lula no segundo turno.

    Resultado: o crescimento já entrou em marcha-a-ré, as expectativas se deterioram, e cresce a incerteza. Não é por acaso que os especuladores são hoje os maiores entusiastas do lava-jatismo, que é coisa distinta do combate à corrupção. Quanto mais bagunça, melhor. Mais eles ganham com a especulação.

    https://goo.gl/JYsVd9

    • Clésio Andrade, que preside a Confederação Nacional dos Transportes (CNT), foi condenado a cinco anos e sete meses de prisão pela 9ª Vara Criminal de Belo Horizonte. Ontem, 14/05.
      Super idônea a pesquisa da CNT/MDA. Credibilidade 1.000%…

  3. Investimentos da União em 2019 podem ficar perto de zero; equipe econômica deve propor congelar reajuste de servidores

    Por Valdo Cruz, do G1

    A equipe econômica do presidente Michel Temer já discute a elaboração do Orçamento da União de 2019, o primeiro do próximo comandante do Palácio do Planalto. Em reunião nos últimos dias, os ministros da Fazenda, Eduardo Guardia, e do Planejamento, Esteves Colnago, mostraram ao da Casa Civil, Eliseu Padilha, os dados de um orçamento muito apertado no próximo ano por causa da falta de redução dos gastos obrigatórios da União.
    As primeiras análises indicam que o novo presidente terá uma margem muito estreita para gastar, porque as despesas em 2019 estão superando o teto dos gastos públicos. Sem reforma da Previdência, os investimentos estão caindo nos últimos anos. Em 2016, foram de R$ 80 bilhões. Em 2017, de R$ 50 bilhões. Em 2018, devem fechar o ano abaixo de R$ 20 bilhões.
    E, em 2019, os investimentos da União vão ficar perto de zero na avaliação atual do Palácio do Planalto. Enquanto isso, o rombo da Previdência deve fechar este ano em R$ 310 bilhões e no ano que vem na casa de R$ 350 bilhões. Com isso, o próximo presidente já vai assumir, pelas contas da equipe atual, sendo obrigado a fazer um corte de R$ 20 bilhões no Orçamento.
    Para ajudar o próximo ocupante do Planalto a fechar suas contas, a equipe atual vai enviar a proposta de Orçamento de 2019, que tem de ser encaminhada ao Congresso até o dia 31 de agosto deste ano, com a sugestão de congelar por um ano o reajuste do funcionalismo público, o que pode gerar uma economia de R$ 12 bilhões caso a medida seja aprovada e inclua servidores civis e militares. Neste ano, o governo tentou aprovar a medida, mas ela foi barrada provisoriamente pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
    Na avaliação da equipe atual, o novo governo, no ano que vem, precisa assumir aprovando uma reforma da Previdência para reduzir os gastos obrigatórios da União e voltar a abrir espaço para investimentos. Por enquanto, o risco, segundo técnicos, é o próximo presidente assumir com possibilidade apenas para pagar o que já foi contratado até este ano.
    E não será por falta de recursos, porque a tendência é a arrecadação melhorar neste e no próximo ano. Mas o mecanismo do teto dos gastos públicos impede que as despesas de um ano superem a inflação do anterior. Isso devido ao elevado déficit primário da União, que precisa ser reduzido para que o país reequilibre as suas contas públicas. Neste ano, ele pode ficar em R$ 139 bilhões.

    • -Quando o dono da casa, endividado, deixa todo o salário do mês nas mãos dos agiotas, não lhes restam dúvidas: Precisa se desfazer de parte dos bens para poder quitar as dívidas e cuidar melhor da família. Começa vendendo o carro e finda em vender as terras ou, até mesmo, a própria casa.

      No caso brasileiro, não sobrou mais nada para ser vendido, já que, além do dinheiro das contribuições feitas pelos aposentados, o orçamento só existe para manter o essencial da fazenda funcionando para que os bois de arado não morram no pasto e impossibilite, definitivamente, o pagamento aos credores. Até mesmo quem trabalha, trabalha seis meses de graça e trabalha o resto do ano para se manter vivo… trabalhando!

      -Então, quando começaremos a vender as terras que não usamos e as que não podemos usar? Bem que poderíamos começar pelo Estado de Roraima, já que ele não nos serve para nada mesmo, talvez por não mais pertencer ao Brasil.

  4. Se a justiça for rápida como um raio, inabilitando Lula, antes da eleições, escancarando ainda mais a perseguição a Lula e cassando a vontade de milhões de eleitores, Ciro será o herdeiro dos votos do PT no 2o turno. Apesar da máquina e do $ do governo, do tempo de TV, do apoio do mercado e da mídia, será uma derrota vergonhosa para o MDB e PSDB golpistas.

  5. O impressionante é que há falcatruas em todos os cantos deste país, virou bagunça generalizada, roubam, traficam, para todos os cantos do país, virou terra de Malboro.

    • Verdade, Roberto, é impressionante…

      A gente procura outro tipo de informação, até pra arejar, mas não consegue, pra onde vc se virar vai se deparar com alguma grande m**…

        • É o primeiro caso que vejo, fora aquele médico do sul que foi preso por envolvimento no assassinato de seu filho, o menino Bernardo,muito triste e revoltante.

          • Ah, esta obsessão contra os gaúchos!

            Doença mental grave, indiscutivelmente, além de preconceito e ânsia de contestar qualquer fato que se relacione ao RS!

            Curiosamente, esta necessidade de criticas até mesmo infundadas ao Sul não são mencionadas pelo Mediador, que não enxerga nesta perseguição doentia “mancada” alguma de seus autores, só de quem ouse duvidar de suas declarações!

            Outros pais que mataram seus filhos em outros Estados da Federação, inclusive no Rio de Janeiro, evidentemente que não vêm à tona porque simples casos de “surtos”.

            Mas é não ter o que fazer, mesmo!

          • Pelo que eu sei o sul é constituído pelos estados do Paraná,Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
            Parece que tem gente querendo criar caso,para variar!!!!
            A moça escreveu “aquele médico do sul”.
            Em absoluto ela falou de algum gaúcho.

          • Na ânsia de salvar a “mocinha”, o seu cavaleiro tenta tergiversar!

            O médico “do sul” que está envolvido no assassinato de seu filho é da Região Sul, claro, mas se sabe que o caso pertence ao RS, na cidade de Três Passos, onde o crime aconteceu pelas mãos de sua madrasta.

            Se não escreveu que o médico era gaúcho, das duas uma:
            Ou porque a loucura ofusca a mente pela obsessão com os gaúchos ou a ignorância é tão grande sobre o lamentável episódio, que desconhece até mesmo a cidade onde o crime foi cometido!

            Mais:
            Foi um tema largamente postado neste blog à época, tanto por artigos excepcionalmente bem feitos – o do dr.Béja foi um deles -, quanto de alguns comentaristas.

            Em outras palavras:
            A “moça” quis dar o tapa e esconder a mão.
            Típico de quem sequer assina o seu nome.

  6. Desde que estourou a Lava Jato eu venho pensando que, associado a esse grande conluio de corrupção político-empresarial, se chegaria, muito provavelmente, aos verdadeiros barões do tráfico. Que, como se sabe, estão nas áreas urbanas mais nobres, não nas comunidades. Pelo que parece, os meus presságios estão se confirmando, tomara que sim…

    • Espero não ser bloqueada de novo, pois não posso me referir a uma certa região, que a loucura ataca, não persigo ninguém, o senhor seja justo por favor, obrigada.

      • Bom, ainda bem que o anônimo confirmou que se trata de sua mente perturbada, ao referir-se a “uma certa região, que a loucura ataca”!

        Constata-se facilmente que tais surtos são quase que diários, logo, um tratamento psiquiátrico se faz necessário!

        • Também acho que é necessário e urgente um tratamento psiquiátrico.
          Para começar uma camisa de força GGG cairia muito bem!

          • Pois me surpreendo que não tenha levado a sua amiga íntima para tratamento!

            Sabendo que está perturbada – “também acho que é necessário e urgente um tratamento psiquiátrico” – e nada faz, lamento pela imperdoável omissão!

            Amigo, assim, inimigo para quê?!

  7. Perseguição, minha??!!

    Eis a comprovação da loucura que me refiro!!!

    O RS não sai da mente doentia do indivíduo anônimo – mais uma demonstração que não merece a mínima confiança porque usa de pseudônimo -, mas a perseguição é de minha autoria!

    Cada doido que aparece …

  8. Na medida do possível sempre leio os artigos que os link postados recomendam.

    Este, publicado pelo Alverga, me animou a saber o que continha na sua essência.

    No entanto, mais uma decepção, e enorme!

    O autor, ao publicar as três causas que defende Lula e ataca a Lava Jato, onde um desses itens publica o seguinte:
    ” “falta de ponderação econômico-social”, bastou para eu deletar o artigo em questão.

    Em outras palavras:
    Os roubos foram em tão grande monta contra o povo e país, que Sérgio Moro seria o responsável pelo desemprego e a inadimplência atuais, juros extorsivos e porque combate a IMPUNIDADE!!!

    Caso o Brasil continuasse como se nada tivesse acontecido com a Petrobrás, por exemplo, a crise não teria acontecido e Lula estaria solto e candidato à reeleição!!!

    Depois desse raciocínio absurdo e inexplicável, rendo minhas homenagens ao juiz federal de Curitiba e a operação que tem lavado também a alma do trabalhador!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *